12/12/2015

Sempre Foi Você - Capítulo 8


24 de maio de 2001
Tinha sido uma semana medonha. Em vez de ficar sentada ao ar livre, aproveitando a primavera, Demi ficou enterrada sob livros e mais livros tentando estudar para as provas de fim de semestre. No dia anterior,
recebera uma ligação de Ruby – a menina tinha sido convidada por um garoto para ir ao baile da escola com ele e depois descobriu que ele fizera aquilo por uma aposta. Demi não tinha conseguido acalmar a garota, e por fim, ligou para Joseph para pedir ajuda.
Para piorar, o maldito Josh Chambers tinha acabado com o artigo dela e colocado-o nas últimas páginas da revista. Ela queria arrancar o coração dele e dar de comida para os patos do lago da universidade.
Ela ignorou os olhares curiosos dos outros alunos enquanto passava por eles no caminho para o escritório da revista. Era uma garota com uma missão, que era arrancar o coração do maldito Josh Chambers.
Ignorando os cumprimentos de amigos, ela atravessou a sala principal, indo diretamente até o escritório do editor. Envolvendo a maçaneta de aço inoxidável, Demi girou-a com força, puxando-a em direção a si mesma com um movimento ríspido. A porta bateu na parede, fazendo todos se virarem para ela.
Josh estava sentado num canto falando com a editora de arte, que tinha seu portfólio de fotos aberto sobre a mesa.
– Demi, não estava esperando você. Não pode esperar? – não era bem uma questão, e sim uma ordem. Ela escolheu ignorar.
– Não, não posso esperar. Pode nos dar licença, Ciara? – ela teve que se esforçar ao máximo para manter um tom educado com a editora de arte, que nunca fizera nada para inflamar sua ira. – Preciso falar com você agora, Josh – ela tinha uma cópia da revista enrolada na mão e abanou-a na direção dele.
– Pode nos dar um minuto, Ciara?
– Claro, sem problemas – Ciara recolheu todas as fotos em velocidade recorde. Ela parecia ansiosa para sair de lá e se afastar daquela atmosfera tóxica.
Josh permaneceu em silêncio enquanto Ciara saía e fechava a porta atrás de si. Ele encarava Demi com os olhos apertados.
– Seria bom se você me dissesse por que diabos eu deveria ouvir qualquer coisa que você tem a me dizer depois de ter feito showzinho.
Ela sentiu a raiva revirar o estômago.
– Não espero nada de você. Não tem nem coragem de me falar que editou meu artigo inteiro. Achei que tinha mais classe que isso.
Ela jogou a revista na mesa, por pouco não batendo na coxa dele.
– Seu artigo estava um lixo. Tinha erros de digitação, erros de gramática e, pior de tudo, estava entediante.
Foi como um soco no estômago. A reação dela foi revidar.
– O artigo estava bom. É você que não sabe editar.
– Não me irrite – aproximou-se de Demi. Era muito mais alto que ela, e ela lutou contra o instinto de se encolher.
– Então não corte as minhas palavras – o coração dela batia rápido cheio de adrenalina e indignação. – E eu te irrito se quiser – como se estivesse demonstrando, ela cutucou-o bem no meio do peito.
Josh agarrou o pulso dela e puxou-a em sua direção.
– Estou perdendo a paciência. Pare de agir como uma criança.
– Então pare de me tratar como uma.
Os lábios dele lançaram-se sobre os dela, uma mão puxando seu cabelo enquanto ela sentia o corpo dele tremendo violentamente. Ele estava colado nela, puxando-a para perto até que as pernas de Demi envolvessem a cintura dele. Ela podia sentir que ele já estava duro, e se perguntou se estava daquele jeito há algum tempo – se tinha ficado excitado pela raiva dela. Então Josh abriu a boca e deslizou a língua contra a dela. Demi puxou-o pela nuca, tentando trazê-lo para mais perto. Queria se perder nele.
– Estou te tratando como uma criança agora? – Josh gemeu contra a boca dela, fazendo suas pernas tremerem enquanto tentava se esfregar ainda mais contra ele. “Impróprio” não era uma palavra forte o suficiente para descrever o nível baixo a que tinham chegado.
Sem ar, Demi separou a boca da dele, tentando respirar enquanto Josh a encarava.
– Merda.
– Porra.
O coração dela bateu mais forte. Ela queria arrumar o cabelo dele, retirá-
lo da frente de seus olhos para poder ver o azul penetrante deles. Sua camiseta cinza estava torta, expondo seu ombro direito. Ela sentiu uma
vontade súbita de tocá-lo.
– Tudo isso é um pouco A mulher do dia, não é? – ela tentou aliviar a tensão.
– Um pouco o quê? – ele franziu as sobrancelhas em confusão.
– Aquele filme com Spencer Tracy e Katharine Hepburn. Eles são jornalistas rivais que no fim se cas… – Demi parou de repente, corando de vergonha. Ela olhou para o chão, evitando o olhar dele, e murmurou: – Não importa.
Josh soltou uma risada súbita, as bochechas inflando-se de divertimento.
– Como você pode me irritar tanto num momento e me fazer rir como um idiota no próximo?
– Puro talento – ela conseguiu erguer os olhos para ele e dar um sorrisinho. – É um dos meus muitos atributos incríveis.
– Estou vendo. Só pra você saber, acho que você é uma jornalista extremamente talentosa, e não tenho dúvidas de que vai chegar longe. Mas precisa aprender a ouvir críticas construtivas sem virar um pé no saco. 
– Eu sei – era a vez dela de passar os dedos pelo próprio cabelo, irritada.
– Quando olhei a revista, perdi a cabeça. Queria arrancar suas bolas.
– Eu deixei um bilhete na sua mesa semana passada falando que tinha editado o artigo. Você não viu?
– Deve ter caído da mesa. Talvez da próxima vez você possa me falar pessoalmente?
– Se eu prometer, você me deixa te beijar outra vez?
– Se eu deixar você me beijar outra vez, me dá uma matéria de capa?
– Não.
– Ah, droga. Valeu a tentativa – ela deu um sorriso sem-vergonha para ele. Josh inclinou-se e pressionou a boca contra a dela. Demi fechou os olhos e sentiu os lábios deles se moverem juntos. Ele passou a ponta da língua ao longo dos seus lábios até que ela os abriu, convidando-o a explorar sua boca.
A mão dele acariciou seu pescoço, esfregou os ombros, então o indicador dele passou pela coluna de Demi, o toque fazendo-a estremecer. Ela soltou um gemido baixo contra a boca dele, fazendo-o aumentar a pressão dos lábios e da língua até ela não pensar em mais nada.


------------------------------------------------------------------------------------------

Hey pessoas, hoje ainda tem mais capítulos!
Curtam ai! 
Bjsss




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sem comentários ........... sem capítulos!