07/07/2014

Meu Erro Favorito - Capitulo 5




(Linda)


— Onde diabos você conseguiu isso?

Ele compartilhou um olhar com os caras.
— Eu tenho minhas fontes. Vá, fique pronta. Você não está usando isso.
— O que há de errado com isso? — Eu nunca iria sair com o meu traje atual, mas eu queria empurrar seus botões.
— Eu quero transar com você, não importa o que você está vestindo, mas você pode querer enfeitar-se um pouco, então, todos irão querer você. — ele disse.
— Foda-se. — eu disse, jogando a identidade no seu rosto e indo para o meu quarto. Eu ouvi os caras tirando onda com Joe enquanto eu fechava a porta.

Eu vasculhei minha cômoda, escolhendo um par de leggings pretas, uma túnica vermelha e um par de botas pretas. Eu puxei meu cabelo fora do coque e escovei-o furiosamente antes de desenhar com um rápido golpe de delineador em volta dos meus olhos azuis-esverdeados e passar algum gloss. Entrei em uma nuvem do meu favorito spray corporal de grapefruit e eu estava pronta.
— Melhor? — eu disse, inclinando-me contra a parede.
— Fodível. Vamos.

Selena e Miley já estavam conversando com os outros caras como se eles se conhecessem desde sempre.
Eu não ia admitir que eu estava com medo de ser pega. Eu estava nervosa, com certeza, mas era mais que isso. Estar no clube significaria que eu estaria pressionada contra uma tonelada de estranhos suados. Essa era a parte que eu não gostava. Mas não havia nenhuma maneira de que eu ia deixar Joe chamar-me de covarde. Então, eu empurrei a identidade falsa no bolso da calça, peguei algum dinheiro e segui todos para fora.
A noite estava agradável, o verão ainda não havia afrouxado seu controle sobre o Maine. Todos nós andamos em uma bolha grande, ninguém realmente na frente. Felizmente, o clube estava a uma distância pequena do campus.
— Você não terá que comprar quaisquer drinques esta noite. — disse Joe, virando-se e andando para trás, ao mesmo tempo olhando de soslaio para mim.
— E por que isso?
Ele balançou a cabeça.
— Você seriamente não vê isso? Nick, homem. Quer transar com a Demi?
— Bem, sim. — disse Nick, dando-me um sinal de ok. — Quero dizer, se você quiser.
— Dev?
— Sim, claro. — Sean também concordou que ele gostaria de ficar comigo.
— É tudo o que você pensa? Sexo?
— O que mais há para pensar? Todo mundo pensa sobre isso. Nós estamos programados para pensar sobre isso. Mesmo você, Missy. — Ele parou de andar, e eu quase esbarrei nele.
Ele agarrou meus braços para me firmar.
— Deixe-me ir.

— É com você, Missy. Eu vou embora em cinco segundos. Apenas me prove que você me ama ou me odeia.
— Amor e ódio são completamente diferentes.
— Não realmente. Eles são os dois lados de uma mesma moeda. Um empurrãozinho e você pode estar do outro lado antes que perceba. Vou pegar qualquer um de você.
— Eu te odeio agora. O que eu tenho que fazer para provar isso para você?
Ele tocou o machucado no rosto que eu não podia ver no escuro.
— Eu tenho certeza de que você vai descobrir alguma coisa. — Ele se virou e pulou sobre Nick de volta, quase levando-o para baixo.

Os garotos estavam agindo como se eles já estivessem bêbados, empurrando e rindo e falando muito alto. Eu permaneci perto de Selena e Miley, porque elas tinham experiência anterior no clube. Eu não.
Quanto mais perto eu estava do clube, mais nervosa eu ficava. Eu praticamente podia sentir a música batendo através da calçada em frente. O prédio era pequeno e não tinha janelas. Várias pessoas fumavam em torno das bordas, e algumas garotas, que usavam roupas que mal podiam ser qualificadas como roupas, tropeçaram para fora, rindo e agarrando-se umas às outras.

Esfreguei meus braços, mesmo que eu não estivesse com frio. Fizemos uma linha, e Joe colocou-se em minha frente. O segurança parecia que estava, provavelmente, no time de futebol e cumprimentou Nick como se fossem amigos há muito tempo, fazendo aquele estranho abraço de um braço só, aquela coisa de bater nas costas do outro quando eles não querem abraçar. Ele acenou para os outros caras e deu para as garotas uma checada superficial nas identidades.
— Jay, cara, como você está? Muito tempo sem te ver. Esta é a minha nova amiga, Demi.
— Outra amiga, Z? Você tem mais amigas do que eu tenho meias. Prazer em conhecê-la. Tenha cuidado. — disse ele, rindo e acenando-nos antes que eu pudesse dizer: — Prazer em conhecê-lo, também.

O clube estava escuro, barulhento e quente, assim como eu pensei que seria. O teto era baixo, havia muitas mesas e muitas pessoas. Luzes piscavam, quase me cegando.
— Deixe-me pegar uma bebida. — disse Joe no meu ouvido.
Ele teve que gritar, porque a música estava muito alta. Eu não podia ver um DJ em qualquer lugar. Meus olhos procuraram e finalmente encontrei Selena e Miley e os caras em uma mesa de canto. Todos eles tinham bebidas.
— Vamos lá. Deixe-me pagar uma bebida.
— Tanto faz. — eu disse, e fui ficar ao lado de Selena.
— Você conseguiu. — disse ela, colocando a mão sobre sua boca para que eu pudesse ouvi-la.

— Sim, ele nem sequer notou. — eu disse, dando de ombros.
Não admira que este lugar esteja sempre sendo fechado.
— Sortuda. — ela gritou de volta, saboreando sua bebida.
HunterJoe voltou momentos depois, fazendo o seu caminho através da multidão.
Ele tinha um jeito incrível de andar, como se tivesse todo o tempo do mundo.
— Você parece o tipo de garota de rum e Coca-Cola. — disse ele, entregando-me um copo.
Havia uma fatia de limão em cima que eu espremi no copo e depois agitei-o em torno antes de eu tomar um gole. Joe tinha uma Coors Lite (cerveja). Típico.
Tomei minha bebida com cautela. Eu definitivamente não confiava nele.
— Eu não coloquei drogas, eu juro. Eu não preciso de drogas para levar você para a cama. — ele gritou no meu ouvido. Sua mão roçou no meu braço nu, e levou tudo de mim para não jogar a bebida em seu rosto.
— Vá em frente, jogue-a em mim. Você sabe que você quer. — disse ele.
Corpos invadiram a pista de dança, girando e batendo juntos. Alguns tinham movimentos melhores que outros. Alguns estavam praticamente fazendo sexo.

Em vez disso, tomei um gole. A Coca-Cola borbulhava em minha língua e o rum perseguiu-a, o gosto escuro, inebriante e quente. Era malditamente delicioso.
Como Joe soube que eu gostaria disso?
— É bom? Eu pedi para colocarem o rum temperado. Eu achei que você gostaria de um pouco picante. — Oh, morda-me.
Selena e Miley sugavam suas bebidas e conversavam com os rapazes, que estavam de olho na pista de dança. Nicke chamou a atenção de Joe.
— Cara, esses caras são amadores. Quer mostrar-lhes como se faz?
— Eu estou dentro. Dev?
— Isso é como um desafio. — disse Dev, e todos eles foram em direção à pista lotada.
— O que eles estão fazendo? — Miley disse.
— Eu não tenho ideia. — eu disse.
— Você vai ver. — Sean disse, inclinando-se para trás na cadeira.

Nick foi para a parte traseira, onde eu finalmente percebi o DJ. Eles trocaram uma palavra e a música mudou para Party Rock Anthem de LMFAO. Querido Cristo, em que eles se meteram?
Joe e Dev, de algum modo, limparam um espaço e logo que a música foi vindo, eles começaram a dançar. Não apenas dançando, eles estavam quebrando. Nick se juntou e eles abalaram.
O espaço ao redor deles ficou maior e as pessoas começaram a bater palmas. Nick e Joe tinham esta rotina funcionando que era perfeitamente sincronizada, completa com o worm (um tipo de dança), e todos estes giros e movimentos que eu só tinha visto em vídeos de música. Dev estava fazendo o moonwalk na frente deles e fazendo esses spins suaves em seus calcanhares e pés.
Para um cara branco, Joe podia se mover. Tipo, realmente se mover. Se eu não o odiasse com todas as fibras do meu ser, eu diria que era sexy. Não há nada como um cara que sabe dançar, na minha opinião.
Ele fez uma curva e parou, olhando diretamente para mim. Eu não poderia dizer nas luzes de roda, mas eu jurei que ele piscou para mim.
Idiota.
O clube estava enlouquecendo. Todo mundo estava aplaudindo e incitando-os. Então, Joe agarrou Nick de pé e virou-o para trás. O clube explodiu com aplausos e gritos. Eles terminaram a música e todos aplaudiram. Todos eles cumprimentaram-se e fizeram seu caminho de volta para a nossa mesa, ganhando palmas em todo o caminho de volta.
— Isso. Foi. Maravilhoso! — Miley disse quando os caras agarraram suas bebidas e engoliram-nas. Eles estavam todos um pouco sem fôlego e com um pouco de brilho de suor em sua pele.


— O que você achou? — Joe me perguntou.
— Meh. — eu disse, encolhendo os ombros. — Eu já vi melhor. — Bebi minha bebida, saboreando o gosto rico.
Ele apenas sorriu para mim e levantou a cerveja aos lábios.
— Claro que sim, baby.
Agora ele estava me chamando de baby?
Eu ignorei e terminei minha bebida.
— Você quer dançar? — Miley me perguntou.
O álcool já começava a fazer o seu caminho através do meu sistema, fazendo minhas bochechas esquentarem e minha cabeça flutuar.
— Claro, por que não? — Eu disse, mesmo que eu estivesse apreensiva sobre atirar-me para o caos de corpos estranhos.

Miley agarrou a minha mão em uma das suas e Selena na outra, e fomos para o espaço lotado. Eu tive que dizer a mim mesma algumas vezes que eu estava bem, não havia ninguém que iria me pegar e eu estava indo ter um bom tempo. O álcool também ajudou. Eu normalmente não teria entrado em uma roda punk cheia de estranhos, mas quando se está em Roma...
Eu não tinha muitos talentos, mas a dança era um deles. Eu deixei a música me levar e não me importei com quem estava me observando.
Havia um par de olhos que eu sabia que estava em mim. Joe. Em um ponto, eu me virei, girando meus quadris e mergulhando para o chão e, lentamente, voltei. Pode ter sido minha imaginação, mas ele engoliu em seco e seus olhos se arregalaram um pouco. Eu classificaria o breve olhar que atravessou seu rosto como atordoado. Tome isso, idiota. Eu sorri e agarrei o braço de Selena, girando em torno dela e, em seguida, dando-lhe uma pancada no quadril. Nós dançamos mais três músicas antes de ficarmos muito suadas e termos que pegar um pouco de ar. Fiquei aliviada ao sair da massa de corpos. Eu tive alguns momentos em que o pânico ameaçou me atacar, mas eu consegui bater a porta na sua cara e continuar dançando.

Os caras seguiram-nos para fora, provavelmente para nos proteger de bêbados com mãos bobas. Eu tinha lido no ano passado que houve, pelo menos, vários episódios de toque sexual não desejado relatados no jornal do campus. Joe colocou a mão nas minhas costas, mas eu deixei porque era a mão ou um cara estranho, e eu escolhi a mão que eu conhecia ao invés da mão desconhecida. Não que eu conhecesse Joe. Cristo, eu só o conheci esta manhã.
Do lado de fora nós ficamos em uma nuvem de fumaça, mas o ar era bom na minha pele aquecida.

— Eu já vi melhor. — disse Joe no meu ouvido.
Seu hálito quente fez cócegas na minha garganta, e eu mudei meu cabelo para esconder o meu arrepio.
Meu celular vibrou no meu bolso, e eu puxei-o para fora.
Mamãe. 
Ela sempre me manda mensagem nas mais estranhas horas.

Como você está, Kid? Ainda não conversamos hoje :(
Bem. Todos se mudaram. Cidade do Drama. Fora com amigos. 
Falo com você depois?
Parece bom. Amo vc, Kid.
Mwah.

— Era o seu namorado? Ele se preocupa por você estar fora até tarde com homens estranhos? — Joe disse, tentando ler as mensagens sobre o meu ombro.
— Não. — Eu não estava indo satisfazer sua curiosidade. Eu chequei meu telefone. Era quase meia-noite, e eu estava acabada de levantar-me cedo e dirigir da casa da minha mãe em Waterville todo o caminho para Orono e desembalar as minhas coisas. E lidar com idiotas.
— Estão prontos para ir? Eu tenho que acordar cedo para macro amanhã. — Selena disse, imitando atirar na cabeça‘. Ela era uma estudante de Contabilidade, mas odiava economia com a paixão ardente de mil sóis.
— Você está com Wesley na DPC 100? — Nick perguntou.
— Sim.
— Eu também. Acho que vou vê-la lá. — disse ele, esticando os braços sobre a cabeça. Pode ter sido minha imaginação, mas eu pensei que eu vi seu sorriso com a perspectiva de vê-lo de novo tão cedo.

Nós todos caminhamos de volta para o carro de Nick e dissemos boa noite para Sean e Dev.
Nick disse um boa noite extra para Selena.
Oh, querida, definitivamente havia algo ali.
Quando voltamos para o apartamento, percebi duas coisas. Um, eu realmente precisava de um banho, e dois, Joe e eu estávamos indo dormir no mesmo quarto.
Selena e Miley disseram boa noite e arrastaram-se para seu quarto.
— Bem, aqui estamos. — disse Joe.
— Eu vou tomar um banho. — eu disse e preparei-me para o comentário que eu sabia que viria.
— Você sabe o que eles dizem: economize água e tome banho com um amigo.



Passei por ele para pegar meu pijama, sem responder. Tive a certeza de trancar a porta e certificar-me de que estava trancada antes de eu tirar a roupa e entrar no chuveiro. Eu não iria tentá-lo a entrar e me pegar nua. Caras como ele são todos iguais. Eles pegam o que querem e deixam você com nada.



------------------------------------



Heeeeeeey ... Mais um cap >.<
Estou feliz por estarem gostando da fic >.<
Obrigado pelos comentários ... 

Boa noite <3

COMENTEM !!!


7 comentários:

  1. ameeeeei posta mais pllllz
    e Juh
    Oie tudo bem. Nao sei se vc ama Nelena assim como eu. Entao de uma passsadinha nesse blog e leia. E ser der divulgue
    http://jamaisteesquecereijemienelena.blogspot.com.br/?m=1
    Sei q vai amar !

    ResponderExcluir
  2. que perfeito <3 <3
    joe kkkkkkk tão safado
    ameiii <3
    posta logo bebê
    beijos

    ResponderExcluir
  3. eu estou amando ...serio ...não vejo a hora de Jemi ficar juntos :)
    posta logo ...bjss

    ResponderExcluir
  4. eu estou amando a fic, comecei a ler hoje pq eu ainda estava me organizando com as fics que eu estava acompanhando hahaha
    estou amando muito! essa coisa de Demi odiar muito o Joe vai acabar logo logo, só uma brecha que o Joe der ela vai se entregar, já to até vendo hahahaha
    Demi chama Joe para tomar banho com vc mulher!!!
    Beijoos <3 posta logo!!

    ResponderExcluir
  5. Oi, estou amando seu blog, a fic é bem legal e estou acompanhando. Mesmo não comentando nada.
    Queria pedir um favor. Estou voltando com meu blog e gostaria muito que se vc puder, divulgar ele para mim.
    http://jemi-historias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Posta logo pls
    To amando a nova fic
    Bjs

    ResponderExcluir

Sem comentários ........... sem capítulos!