07/07/2014

Meu Erro Favorito - Capitulo 6




(Oh Oh Oh, 
I Really Don't Care)


Quando voltei do banho, Joe estava na cama, sem camisa e de cueca apenas, sentado com as costas contra a parede, o violão no colo. Era uma cena que a maioria das garotas teria desmaiado. Entre as habilidades de dança e violão, ele poderia acumular muitos pontos de atração. Ele arrancou algumas cordas antes de perceber que eu estava no quarto. Por uma fração de segundo, eu vi um olhar sonhador no seu rosto. Ele rapidamente se escondeu atrás de um sorriso.

— Você está toda molhada.
Eu não perdi o duplo sentido. Joguei minhas roupas emboladas no cesto e torci meu cabelo na minha toalha para espremer um pouco da água.
— Não é o tipo de roupa de dormir que eu estava imaginando, mas vai servir.

Eu olhei para as minhas grandes camisetas e calções. Eu tinha pensado duas vezes antes de usar um top e shorts de menino, que normalmente eu teria, dada a temperatura. Eu deixei meu sutiã para meus mamilos não se mostrarem através do material fino da camiseta.

— Você é um desses idiotas com um violão, ou você pode realmente tocar? — Eu tentei manter meus olhos no violão, e não em seu peito nu. Havia outra tatuagem em seu peitoral esquerdo. Um trevo de quatro folhas.
— Eu só toco se você for uma cliente pagante. Embora eu aceite um negócio em vez de dinheiro.
Por que eu tinha perguntado mesmo? Eu estava tentando quebrar o gelo, mas ele não parecia querer. Fui para o meu armário e encontrei uma moeda que eu joguei para ele.
— Tome. Agora toque, garoto músico. — Eu sentei na minha cama e olhei para ele.
— O que você quer?
Eu pensei sobre isso. Eu queria escolher uma música que não havia nenhuma maneira que ele poderia saber. Eu joguei fora nada difícil rockish ou folk. Ele parecia ser um daqueles caras que gostam de Bob Dylan.
— C'est la Mort de The Civil Wars.
Ele me deu um olhar como se não fosse o que ele estava esperando.
— O quê? Não sabe? Não é hip o suficiente para você? — Ele olhou para longe de mim, e para baixo, para o violão. Ele arrancou algumas notas. Eu esperei.

Em seguida, a música surgiu de seus dedos, lenta e assombrada. Sentei-me de volta contra meus travesseiros, perdi-me na música. Eu odiava admiti-lo, mas ele tocava muito bem. Ele não tinha tido apenas algumas lições na semana passada. Ele estava tocando há anos. Ele terminou a canção com um floreio e olhou para mim. O olhar sonhador estava lá novamente, e ele levou mais tempo para escondê-lo.
— Cantar é extra. — disse ele.
— Você pode dançar, você pode tocar violão, Jesus, Joe, o que você não pode fazer?
— Eu sou muito bom em um monte de coisas. Se você quiser vir aqui, eu posso te mostrar um pouco mais. — disse ele, colocando o violão de volta no case. Minha garganta ficou seca de repente, e eu tive que engolir. Seus comentários haviam sido diferentes quando estávamos totalmente vestidos e com um grupo de pessoas. Neste quarto escuro e silencioso, eles assumiram um significado mais pesado, ou pelo menos o fizeram para mim. Eu estava fazendo muito caso disso.
Sentei-me. Havia algo sobre estar deitada que me fazia sentir mais vulnerável.
— Eu não estou triste por socar você. — eu disse sem nenhuma razão em particular. Minha mão ainda estava inchada e dolorida, e eu esperava que seu rosto ficasse ferido por um longo tempo.
— Eu sei que você não está. Eu também não sinto muito. A maioria das garotas me aborrece. Você, Demi, não o faz.
— Graças a Deus, eu posso morrer uma mulher feliz.
— Eu não vou fazer um movimento em você, se é isso que você está pensando.

Eu tinha pensado, mas eu não queria que ele soubesse disso.
— Eu nunca transei com garotas que eu gosto.
— Isso não faz nenhum sentido. — Espere, ele gostava de mim?
— É claro que faz. Todos os relacionamentos acabam, eventualmente, certo? Então por que não acabar com isso antes que comece e salvar-se do problema?
— Isso é um pensamento muito fodido,Joe. O que seus pais fizeram para você? — Na minha experiência, caras como Joe geralmente tinham questões maternais profundas. Era por isso que eles nunca poderiam ter estreitas relações com as mulheres.
— Você não gostaria de saber?

Levantei-me e coloquei meu telefone no carregador, principalmente para que eu pudesse parar de fazer contato visual com ele. Normalmente, minha rotina noturna envolveria colocar meu aparelho, besuntar meu rosto com creme hidratante e colocar uma máscara de olhos, mas não havia nenhuma maneira no inferno de que eu estivesse deixando Joe ver nada disso.

Era muito íntimo, muito pessoal. Talvez a administração estivesse aberta amanhã e lhe encontraria um outro lugar. Gostaria apenas de dizer a eles que eu estava desconfortável morando com Joe. Eu queria acreditar que eu teria a coragem de dizer-lhe para sair. Teria sido muito mais fácil se pudéssemos ter cuidado disso horas atrás. Além disso, se ele não tivesse tocado essa música estúpida. Por que eu escolhi essa? Eu deveria ter escolhido algo estúpido como I Am the Walrus.

Ele desligou a lâmpada, e ficamos na escuridão quase total. A única luz era a da lâmpada pequena no meu armário que eu não tinha desligado ainda.

— Só para que você saiba, eu falo durante meu sono. — Ele mudou de posição na cama e jogou algo no chão. Só podia ser uma coisa. — Além disso, eu durmo nu.

Eu fiz um som de desgosto. Eu estava definitivamente dormindo com o meu sutiã, apesar de que eu teria marcas incômodas no período da manhã. Eu subi na cama e puxei o edredom para cima. Eu era a única que se sentia nua. Eu jurei que podia ouvir seus lençóis esfregando-se contra sua pele. Droga, eu deveria ter pego alguns protetores de ouvido.
Eu não ia dormir.
Eu também falo em meu sono, mas eu não ia dizer isso a ele.

— Bem, boa noite. Sinta-se livre para sonhar comigo nu e gritar o quanto quiser. Eu vou dormir e não me importar.

Eu gostaria de ter um travesseiro, ou talvez algo mais pesado para jogar nele. Em vez disso eu fui para a cama, calmamente pegando meu aparelho e colocando-o, escondendo o case em meu colchão. Eu queria fingir que eu não dava a mínima para o que ele pensava de mim, mas, honestamente, eu o fazia.
Parecia rude não dizer boa noite, então eu fiz. Eu tive um murmúrio em resposta. Deitei-me para trás e olhei para o teto. Mesmo com a almofada de espuma de memória do colchão, a cama do dormitório era tão confortável quanto um saco de feno.

Joe estava respirando tranquilamente, mas sua perturbação no quarto era inconfundível. Eu não sei porque, mas caras respiravam de maneira diferente que as garotas. Mais profundo de alguma forma. Ouvi cada vez que ele se mudou ou se moveu ou se contraiu de algum jeito. Eu sabia o momento exato em que ele estava dormindo quando sua respiração tornou-se lenta e ele parou de se mexer muito. Tentei fechar meus olhos, mas não funcionou.
Peguei meu mp3 player e coloquei em shuffle. Eu tinha toneladas de músicas rápidas lá, então, eu tive que manter-me ignorando as coisas. Normalmente, o álcool me cansava, mas o refrigerante tinha sido uma má ideia. Era tarde demais para tomar minha medicação para dormir, então eu estava presa. Eu só tinha duas aulas no dia seguinte, e não começavam até às 11. Eu esperava que Selena e Miley não fossem muito barulhentas na parte da manhã. Eu esperava que Joenão fosse muito barulhento na parte da manhã.
Eu apertei repetir quando C'est la Mort veio e eu finalmente adormeci.

— Demi, Demi!
Uma mão agarrou o meu ombro, sacudindo-o.
— Que porra é essa? — Eu disse, batendo contra ele, tentando fazê-lo deixar-me ir. — Não me toque! — Eu chicoteei meus braços e fiz contato com algo quente e carnudo.
Um peito.
— Jesus Cristo, pare com isso!
Eu finalmente abri meus olhos e avaliei a situação. Eu estava na cama, e lá estava um cara sem camisa segurando meu braço. Eu congelei, e ele me soltou.
— O que você está fazendo? — Eu estalei para ele, mas saiu arrastado por causa do retentor. Eu cuspi-o na minha mão.
— Você estava gritando em seu sono e em pânico. Isso me acordou. — Merda.
Geralmente, quando eu tomo a minha medicação para dormir, eu não tenho terrores noturnos, mas eu não tinha sido capaz de fazê-lo à noite.
Ótimo, simplesmente ótimo.
— Eu sinto muito. Volte para a cama. Eu estou bem.
— Você, uh, precisa de alguma coisa?
Ele ficou lá, como se ele não soubesse o que dizer. Meus olhos foram para seu peito e vi que ele tinha uma toalha enrolada na cintura. Pelo menos cobria tudo o que precisava ser coberto.
— Não, eu estou bem. Boa noite. — Eu capotei, na esperança de que seria o fim de tudo. Ele suspirou, e ouvi-o rastejar de volta para a cama.
— Boa noite. — disse ele e virou também.


-------------------------------------------------

Hey amores >.<

E ai ............... Serpa por que a Demi tem esses pesadelos hein ?? ............ #Sou #má e não vou contar aushuahsuahsua mas vocês podem ir pensando no por que, quem sabe vocês não cheguem perto =)


GOSTARAM DO CLIPE??? #Lacrouuuuuuuuuu
 Eu gostei muito, na primeira vez que assisti eu achei um pouco estranho, mas depois de ver tantas vezes hoje, posso dizer que eu adorei... a mensagem passada é demais!!!
ASSISTAM, não vamos deixar o video flopar hein !!!! 


Obrigada pelos comentários <3 
vocês são uns amores !!!

COMENTEM !!!!





7 comentários:

  1. Por favor poste logo!!
    Eu adorei o Capitulo

    ResponderExcluir
  2. Que perfeitoo
    bebê amei tudo <3
    demi diva <3 <3 <3
    ansiosa aquii
    joe provoca em kk dormindo pelado então....
    pooosta logooo .
    beijooos

    ResponderExcluir
  3. Ameeei!! super ansiosa, quero saber o que vai acontecer.
    Demi estava doida para se jogar na cama com o Joe que eu sei hahaha
    Joe dormindo nu? eu já teria pulado na cama dele, ou arranjado alguma desculpa para dormir com ele kkkkkk
    Posta logo, beijoos <3

    ResponderExcluir
  4. Acompanho seu blog .. E simplesmente amo amo amo ... E OMG eu preciso de mais capítulos por favor, posta mais :)
    Fabíola

    ResponderExcluir
  5. Senhor porque eu não sou a Demi nessa hora? Joe de cueca e com o violão. Meu deuuuuus do céu já piro lendo imagina se eu estivesse lá? Hahahaha o quarto ia pegar fogo. Demi se joga logo pra cima do Joe delicia Jonas. Já esta mas que na hora ne? Vamos reagir Demetria.
    Esta perfeito o capitulo Jubs . posta mas pelo amor de deus em
    Hhahahaa
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. ameiiii q tudoo , posta maisss pleasee

    ResponderExcluir

Sem comentários ........... sem capítulos!