22/07/2013

Made of Honor (Mini fic Capitulo 7)

Demi sendo... DEMI! KKKKKKKKK






Capitulo 7 – Modigliani

No dia seguinte, Joe levou Ian para jogar basquete com os seus amigos, que estranharam a presença do rapaz junto com ele na quadra.
- O que esse cara ta fazendo aqui? (Nick)
-Ele me pediu pra ficar com ele enquanto ela resolvia uns problemas, me pediu com aquela carinha que eu não consegui resistir. (Joe)
-Ninguém merece (Kevin)
-Relaxa gente, vai ser divertido (Joe olhou com um sorriso malicioso pros amigos que logo entenderam)
O jogo começou e Ian estava meio perdido, o time de Joe estava ganhando com certa vantagem e os caras estavam rindo e se divertindo, incluindo Ian que estava adorando. De repente, depois de um passe, Ian que era alto pra caçamba, deu uma enterrada com a bola, fazendo todos pararem boquiabertos.
-Espera, você deu uma enterrada? (Kevin)
-Não sei, isso é permitido nesse jogo? (Ian perguntou confuso)
-Se é permitido? É claro que é permitido filho, você fez o que todos nós sonhamos fazer desde que começamos a jogar aqui. (Nick disse)
-Legal (Ian disse sorrindo)
-Enterrada, ele deu uma enterrada... ELE DEU UMA ENTERRADA! AAAAAAAAAA MULEKE! (Kevin disse já zoando)
Depois disso foram uma infinidade de enterradas e o time de Ian e Kevin ganhou o jogo. Joe já estava bem puto, mas ficou calado. Na hora de tomar banho quando todos entraram no vestiário encontraram Ian no chuveiro e se espantaram com o tamanho dele.. Se é que vocês entendem. Logo depois Ian vai embora e os outros seguem no vestiário se trocando e conversando sobre o acontecido enquanto se preparam para ir.
- Bom o que você vai fazer agora? (Kevin)
-Como assim? (Joe)
-Bom como você vai lidar com o fato de que o cara é gente boa... (Kevin)
-E rico, e bonito e a Demi esta fascinada por ele, o babaca é o cara dos sonhos (Joe)
-Sem falar naquele bagulhão dele (Justin disse)
-É melhor você pensar em algo e rápido antes que você perca essa irmão (Nick)
No dia seguinte Joe foi buscar Ian e Demi que o levaria ao aeroporto e depois iriam falar com o reverendo que faria o casamento. Ao chegar, Ian e Demi desceram e Joe ficou no carro esperando. De onde estava ele podia ver os dois que estavam aos beijos na porta.
-Afe, que nojo, solta ela cara, deixa ela respirar, ninguém merece (Joe murmurava enquanto via a cena fazendo uma careta de desgosto, até que eles se separam e ele finge não olhar)
-Tchau Joe! (Ian)
-Adeus Ian, boa viagem! (Joe)
Ele foi e Joe murmurou.
-Já vai tarde imbecil (Joe)
-Falou comigo? (Demi disse entrando no carro)
-Eu? Não, não, manteiga de cacau? (Joe)
-Oh sim por favor ( ela pega e Joe da um sorriso forçado)
-Então pra onde vamos? (Joe)
-Centro, igreja de Saint Valentine (Demi)
-Ok, vamos nessa (Joe)
E os dois seguiram rumo à igreja, no caminho Demi ligou o radio e começou a cantar a canção que tocava alegremente. Joe apenas ria da amiga, e secretamente observava o quão linda ela era, e o quão idiota ele era por não ter percebido isso antes.
Ele estacionou e eles foram andando até o outro lado da rua onde a igreja ficava conversando.
-Obrigada por vir comigo, estou tão perdida que nem sei por onde começar (Demi)
-Imagina amor, faço com prazer, mas me diz uma coisa, por que o Ian não ficou pra fazer isso com você (Joe)
-Bom porque ele precisou voltar pra Escócia pra pedir a aprovação do conselho pra se casar, porque eu não sou escocesa (Demi)
-Conselho, como assim? (Joe)
-É uma tradição entre a realeza (Demi)
-Realeza? Ele é rei? (Joe)
-Não, ele é um Duque (Demi diz entrando na igreja enquanto Joe tem uma síncope do lado de fora)
-Duque? O DESGRAÇADO É UM DUQUE! (ele já pulava e tinha um ataque que nem o seu madruga quando apanhava da dona Florinda kkk)
-JOE?? (Demi grita de dentro da igreja o fazendo parar e ajeitar o terno)
-ESTOU INDO (ele entra atras dela)
Eles estavam na sala esperando o reverendo e Joe olhava os livros enquanto falava com Demi.
-Há quanto tempo você conhece o reverendo Calligan? (Joe)
-Calahan! Kkkk Eu o conheço desde criança, ele celebrou o casamento dos meus pais, é um amor de pessoa e fez questão de viajar a escócia pra realizar o casamento. Você vai adorar ele. (Demi disse sorrindo a Joe que a olhava também sorrindo quando o reverendo entrou na sala)
-Ah Demi querida! Que bom te ver! (ele abraçou Demi que correspondeu sorrindo)
-Como vai reverendo? (Demi)
-Estou muito bem, obrigado. (ele olha para Joe) E você deve ser o sortudo que vai se casar com a bela Demi! (reverendo)
Os dois ficam completamente sem graça nessa hora, e Demi logo trata de esclarecer.
-Ah, não reverendo ele é a madrinha, Joe, esse é o reverendo Calahan, reverendo esse é o Joe, minha madrinha. (Demi)
O reverendo e Joe se cumprimentam com um abraço.
-Madrinha? Bom seja bem vindo, aqui na paróquia nós temos muitos membros gays e lesbicas se quer saber. (o reverendo disse deixando Joe mais sem graça e envergonhado ainda)
Eles se sentam em volta da mesa e Joe continua de pé olhando os livros na estante.
-Bom vamos começar, eu preciso de algumas informações sobre você e o.. (reverendo)
-Ian (Demi respondeu)
-Ian, pois bem, algumas coisas sobre vocês para pode saber o que dizer no casamento. (reverendo)
-Bom, tudo aconteceu muito rápido. (Demi)
-Bom, mas eu preciso saber Demi, não se acanhe, pode me contar tudo (o reverendo disse sorrindo a Demi que ficou extremamente incomodada por não saber o que dizer)
-Demi você precisa abrir o coração pros votos e contar pro reverendo tudo que sabe sobre o Ian, tudo que te fez gostar dele e não só as coisas óbvias, mas também as características únicas do Ian, coisas que fariam você rir e dizer “Oh, é a cara do Ian” (Joe)
- Ah, ta legal. (Demi disse sem graça)
-Pois é, e eu acho que o senhor também devia colher todas as informações do Ian e mostrar a empatia exclusiva dele, essa história deles dois. (Joe disse fingindo empolgação)
-Claro (Reverendo)
-Podemos falar de amor a primeira vista. (Demi disse meio incerta)
-Bom, isso sempre agrada o publico, mas... Demi pense melhor, me conte mais sobre ele, o que sente por ele (reverendo)
-Er.. Ahn.. (Demi lutava para encontrar o que dizer)
-Onde se conheceram? (reverendo)
-Na Escócia (Demi)
- Modigliani! (Joe falou do nada)
-Ahn? (Demi olhou pra Joe que estava de costas sem entender)
-No seu primeiro verão em Nova York, tava namorando um cara de Wall Street. Ele te pediu pra morar com ele, você estava insegura e foi nessa época que você descobriu o pintor Modigliani, você ficou obcecada com o quadro dele, que tinha uma mulher usando uma echarpe azul segurando um bebê. A Demi disse “Esse quadro capturou a essência daquela mulher melhor do que qualquer foto” (Joe)
-Eu não acredito que você ainda se lembra disso. (Demi dizia encantada)
- Eu também me lembro que você ficou mais apaixonada pelo quadro do que pelo cara Wall Street, então se perguntou se um dia iria encontrar alguém que te fizesse sentir tão apaixonada quanto por aquela obra de arte (Joe dizia olhando nos olhos dela com emoção)
Os dois ficaram se olhando intensamente até o clima ser cortado pelo reverendo.
-Bom, isso é muito bom, agora eu entendo porque o escolheu pra ser sua madrinha (reverendo)
-É mesmo? Que bom (Joe dizia com um sorriso falso enquanto Demi ainda se recuperava da cena anterior)

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Ta aí galera, mais um. Acho que eu vou postar mais um hoje ainda, to de bom humor e não gosto de numeros ímpares então... Vamos ver como meu humor fica hoje.



bju nas crianças

10 comentários:

  1. vc sou vai volta a posta MY BEST FRIEND condo Acabar com essa fic??
    Adorei o Capitulo Posta logo. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ameeeeeei
    Posta logo gata
    Essa fic ta perfeita

    ResponderExcluir
  3. Hum....esse Ian vale ouro O.O kkkkkkk ~Gato de mais u.u~

    Aaaa que fofo,o joe e sim um cara ideal para casar ~gostoso~ kkkkkkk ~lê eu muito culta~

    Ta perfeito lindas,eu adorei tudoooo <3 <3 <3 <3 <3 <3
    Posta logoooo,não demora
    Kkkkkkk #ansiosa
    Beijos !!!!

    ResponderExcluir
  4. AAAAAAAAAAAAAHHHHH PERFEITO !!! POSTA MAIS.... PF ><

    ResponderExcluir
  5. Kkkkkkk!
    Ainda mais com o tamanho do bagulho! Kkkk
    Não é a toa que chamaram ele pra fazer o Sr. Grey de 50tons *o*
    Ian eu quero lhe usar kkkkkkkkk
    Depois do Joe é claro! Kkkkk
    Meu Deus...
    Que clima foi esse???
    Eu tive vontade de juntar os dois e kkkk
    Esse reverendo é fogo não?
    E ainda chamou o Joe de gay! Kkkkkk
    Essa mini fic esta alegrando meus dias kkkkkkkkk!
    Estou percebendo seu bom humor >.<
    Posta logooooo amor ;)

    ResponderExcluir
  6. Mana... que perfeita....
    Posta mais... me fez rir pra caramba... u.u
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Kra o Ian é tipo oi cara Perfeito.
    Ri do Joe qnd soube que ele era duque. Kkkkk
    Joe no final do cap.. aposto que nem ele percebeu que lembrava de tanta coisa da Demi. Foi fofo. <3

    Postaaa maissss pleaseee

    ResponderExcluir

Sem comentários ........... sem capítulos!