30/05/2013

My Best Friend (2ª Temporada) Capitulo 21

Loooooooooooooooouca louquinha ♪ amo ♥




Capitulo dedicado a Lycia Evely ;)


“As long as we’re together we’ll get there, ‘cause love never fails...”


Noah que assim que chegou no lado de fora da casa deu de cara com seu pai, que o olhou de soslaio.
-Hum... Como foi lá dentro? (Joe sorrindo de lado)
-Que? Afe pai eu não preciso dizer essas coisas pra você! (Noah sorrindo envergonhado)
-Tá bom, eu confio em você, sei que criei você direito, bom ... Apenas não tenha vergonha em perguntar ou se quiser me contar alguma coisa ok? Você sabe, coisas de pai e filho. (Joe)
-Eu sei pai ... Obrigado (Noah o abraça e logo após volta pra galera)
...
-Nosso menino está crescendo, ou melhor, já cresceu (Demi)
-AI Demi, quase que você me mata de susto (Joe assustado)
-Desculpe ( Sorrindo) não se preocupe, eu não ouvi nada da conversa de vocês (Demi)
- Eu sabia que você saberia logo, hum ... Como soube? (Joe)
-Ele me contou, na verdade eu que o incentivei a ir falar com ela, ele estava sofrendo porque achava que era errado estar apaixonado por ela. Você sabe que eu entendo bem desse assunto (Demi)
-Nós entendemos, até porque você sabe que eu sempre te amei também, mas você nunca me quis, era por isso? Você achava que era errado me amar? (Joe)
-Não, eu achava que isso ia destruir nossa amizade, eu fiquei em pânico depois da nossa... Quer dizer da minha primeira vez, você sabe o quanto eu consigo ser paranóica ainda mais naquela época, eu era uma pirralha, não tinha noção de nada, e eu magoei você pensando que não me amava, que tinha sido carinhoso porque era meu amigo e acabei fazendo a pior merda da minha vida (Demi)
-Ei, não se culpe amor, já tem tanto tempo e agora estamos juntos não estamos? (Joe)
-Estamos, porque a Camilla te largou no altar, se dependesse de mim era ela que estaria aqui agora (Demi disse de cabeça baixa)
-Amor, olha pra mim (ela levanta o olhar pros olhos dele) se as coisas aconteceram dessa forma era porque Deus queria assim, talvez como uma lição pra nós dois aprendermos a lutar pelo que queremos e por quem amamos. Ele escreve certo por linhas tortas, e sempre tudo se resolve quando temos fé e amor no coração e isso, você tem de sobra, nós temos (Joe)
-E sou muito grata a ele pela família maravilhosa que ele me deu (Demi diz sorrindo e abraçando Joe pelo pescoço)
- Eu também, as vezes me pergunto se eu mereço tanta felicidade, tenho dois filhos incríveis, uma mulher maravilhosamente perfeita, sobrinhos sensacionais e os melhores amigos do mundo, o cara lá de cima realmente gosta de mim (Joe diz sorrindo abraçando Demi pela cintura)
-Então você encontrou sua resposta, se não merecesse não teria tudo o que tem, e é por isso que eu te amo cada dia mais (Demi da um selinho demorado nele)
- Você acha que os sogros do Noah vão demorar a descobrir esse namoro? (Joe)
-Não sei quanto ao Nick, mas sei que Selena vai descobrir rápido (Demi)
-Rsrs teremos problemas com eles? (Joe)
-Não sei, mas conhecendo o Nick e o ciúme que ele tem da Liz, é melhor nos prepararmos pro pior kkkkkk (Demi)
-Tá, agora vem cá que eu já estou com saudades (Joe a apertando mais em seus braços)
-Hum ... Jura Sr.Jonas? (Demi)
-Juro Sra.Jonas ... (Joe)
-Mas eu acabei de te beijar homem (Demi)
-E você acha que este misero selinho é o bastante? Eu estou há dois dias sem o cheirinho gostoso do seu hidratante de banho de pêra, sem o seu gloss de morango que deixa a minha boca toda melecada, sem seu xampu de maçã verde (Joe)
-Nossa ouvindo você falar assim me sinto numa feira livre, nem eu tinha percebido que uso tanta coisa de fruta kk (Demi)
-É, ta vendo como eu presto atenção em você? Agora será que você pode me deixar te beijar? To com saudades (Joe faz biquinho)
- Ah não Joe isso é jogo sujo, esse biquinho não, você sabe que eu não resisto (Demi ri e Joe aumenta o biquinho) ai ta bom vem cá criança carente (ela diz rindo)
Joe a beija com muito carinho, depois de 2 dias sem ao menos se falar, uma transa por mais selvagem que fosse não mataria a saudade dele ainda. Becca via a cena junto com a galera, assim como Noah, que se olharam e juntos pensaram que finalmente tudo estava bem novamente, por mais quanto tempo ficaria assim... Só deus sabe.
- Cara, seu pai é um sortudo mesmo (Dylan falou olhando a cena junto com a galera)
-Porque ta falando isso? (Noah)
-Ora porque, pela sua mãe né? Com todo respeito Noah ela é uma gata, eu não perderia tempo em dar uns pegas nela (Dylan falou com um sorriso malicioso)
- TA MALUCO? EU TE QUEBRO SE VOCÊ CHEGAR PERTO DELA TA OUVINDO? (Noah já estava de pé indo em direção a Dylan quando Kevin o segurou)
-Noah, calma irmão, não vale a pena (Kevin)
- Qual é Noah, vai ficar de palhaçada só porque eu falei que sua mãe é gostosa? Te garanto que não é só eu que acho, os caras da escola se amarram quando a tua mãe vai buscar a Rebecca e aquelas amigas estranhas dela (Dylan fala rindo debochado)
-Ei seu idiota não fala assim da minha mãe nem das minhas amigas, bossal (Becca)
-Dylan vai embora, você já falou demais (Liz)
-Ah Liz, eu não to fazendo nada, se ele soubesse o que o Colin e os amigos dele falam quando ela esta lá ele nem estaria ligando pra mim, isso é um elogio, alias tenho certeza que ela iria adorar como você adorava quando eu dizia que você é linda (Dylan disse perto do ouvido de Liz que ficou atordoada mas se afastou)

--------------------------------------------------------------------------------------------


Ta aí galera, bom a Juh só volta domingo como ela disse, e provavelmente não devo postar amanhã, pois tenho mil coisas pra fazer, se eu conseguir escrever no sábado tem mais um pra vocês a noite quando eu chegar. Eu sei que ta complicado e estamos postando pouco, mas prometo que valerá a pena, gosto de escrever capítulos bem escritos senão não fico satisfeita, e pra todas as coisas que eu pensei acontecerem, preciso escrever muito bem os capítulos e não tenho tido muita inspiração pros diálogos apesar de ter muitas idéias nas cabeça, por isso peço que tenham paciência comigo ok?
Obrigado a todas as meninas que estão sempre por aqui e comentam pra me fazer feliz, Rebecca sua linda eu te adoro viu? Obrigada por fazer esse sacrifício dodói aushduashdsaud
Jessie meu amor, vou dedicar um capítulo pra você em breve hein ;) alias mocinha estou vendo que tem umas frases da sua fic que achei bem familiares, porque será? UADUSHDSUDHASUDHSDUSAHDUASD adoro! Inclusive eu morri de rir do Joe desmaiando no capitulo de hoje la do Diário uahsdudhusd muito bom!
Obrigada mesmo a todas vocês de verdade que me fazem ter vontade de vir aqui e postar, e de escrever também e leitoras novas sejam muito bem vindas e espero que curtam nosso Blog.
É isso amanhã tem mais, beijo nas crianças!





Aviso (Juh)



Amores ... todos sabem que  temos um feriadão ai, eu vou viajar , aquele mesmo lugar de sempre... o fim de mundo que não pega sinal de telefone nem quem dirá internet =//
Bom, graças a deus temos (eu agradeço) a Leka leka leka ... kkkkk o blog vai ficar em boas mãos =)

Mas Juh, ela já não toma conta do blog ?? Sim, ela toma ... mas mesmo eu não postando (eu queria muito postar, mas a fic fica com a leka), eu ESTOU SEMPRE AQUI ... anonimamente mas estou, sempre lendo os comentários de vocês e pondo as coisas em ordem, sempre tem aqueles errinhos que passam despercebidos e eu to sempre aqui resolvendo eles, além de escrever com a Leka, e eu acho que devo avisar vocês.

Bom ... era isso ! Bjssssssss MINHAS Pipoquinas
XOXO

Juh Lovato




28/05/2013

My Best Friend (2ª temporada) Capitulo 20



“Romeo take me, somewhere we can be alone, i’ll be waiting, all you have to do is come...”




-Como você pode pensar que eu trocaria essa mulher maravilhosa que eu tenho por qualquer uma? (Joe)
- Eu sou idiota, e morro de medo de te perder, eu te amo, amo seu sorriso, amo a sua gentileza, amo o jeito que você se preocupa comigo, amo o jeito que você cuida das crianças, amo até a sua carinha emburrada quando algum cara olha pra mim na rua. Acho que se eu perder você um dia eu enlouqueço. Você é meu porto seguro, meu farol que indica o caminho. (Demi)
- Você também é meu norte Demi, eu me senti tão perdido hoje, não sabia o que fazer sem você por perto. (Joe)
-Eu também estava assim (Demi suspirou)
-Então vamos combinar uma coisa? (Joe)
-O que? (Demi perguntou olhando pra ele)
- Que a gente sempre vai conversar antes de sair falando besteira e brigando, que a gente vai tentar se entender ao invés de ficar separados. Combinado? (Joe)
-Combinado! (Demi sorriu antes de receber um beijo de Joe)

Eles namoraram mais um pouco no quarto, depois tomaram um banho e trocaram de roupa. Quando desceram todos ainda conversavam animadamente e os meninos comiam e riam de alguma coisa que Becca dizia. Selena ao vê-los vindo de mãos dadas sorriu. Sabia que eles tinham se entendido e agradeceu aos céus por isso. Eles se amavam demais pra continuar naquela palhaçada.

- E podemos saber onde o casal se meteu que sumiu? (Nick perguntou)
- A gente foi conversar um assunto importante (Joe)
-Avá, sabemos bem qual é esse assunto importante aí (Miley disse rindo)
-Afe Destiny deixa de ser chata e vai agarrar o Liam vai (Demi disse rindo)

Todos voltaram a conversar e rir, os pais de Demi e Joe preferiram se recolher pois estavam cansados. Por volta de uma da manhã, os meninos saíram da piscina pois começava a esfriar um pouco. Eles tomaram banho e voltaram ao jardim, abaixaram o volume do som já que era madrugada e se sentaram num pequeno lounge que havia no lugar pra conversar. Os mais velhos continuavam conversando animados.

-Poxa Miley, já tem um século que a gente não sai juntas como antigamente, você sumiu mulher, nos trocou pelo Liam (Selena)
-Que nada Sel, se fosse pelo Liam eu tava feliz, é o trabalho mesmo, eu to enlouquecendo com a produtora, mas não reclamo não porque trabalho nunca é demais e eu adoro aquilo lá, mas prometo que vamos poder passar um tempo juntas sua ciumenta (Miley abraça Selena rindo)
-Ah é só a sel que você vai ver né Destiny? Bom saber (Demi fala fingindo indignação)
- Oh meu Deus mas como vocês são dramáticas, vem cá Demetria sua linda ( ela corre e abraça Demi que cai na gargalhada quando a outra enche ela de beijos nas bochechas)
-MONTINHO NA DEMETRIA! (Selena grita e se joga em cima das duas que caem na gargalhada e os meninos também)

Enquanto isso, a troca de olhares entre Noah e Liz era intensa. Eles queriam poder estar juntos, eles podiam se abraçar e agir normalmente e estavam fazendo isso, mas não podiam se beijar, pois os pais de Liz não sabiam ainda da relação deles. Liz fez um sinal com os olhos pra Noah que entendeu prontamente. Ela levantou-se e foi em direção a casa, um tempinho depois Noah também entrou. Os mais velhos nem se ligaram e continuaram a fofocar. Os garotos sabiam de tudo, pois durante a noite eles contaram ao resto. Vanessa era amiga de Liz por isso já sabia e conseqüentemente Zac por ser seu namorado. Dylan ficou bolado por ele ter chamado Liz pra sair primeiro, não se manifestou nem deixou transparecer, mas ele ainda iria tirar a forra com Noah, disso ele tinha certeza. Já dentro da casa o clima era o melhor possível, Liz esperava Noah no escritório e quando ele chegou tratou de matar a saudade com um beijo daqueles. Logo depois se separaram com selinhos e sorrindo ofegantes.

-Eu to me sentindo a Julieta te encontrando as escondidas (Liz)
-É mas não se esqueça que ela e o Romeu morrem no final da estória e eu quero continuar bem vivo ta (Noah)
-AI NOAH! (ela se desfaz do abraço) você é a pessoa mais corta clima do planeta ¬¬’ (Liz)
-Ah amor desculpa, mas é que Romeu e Julieta é a pior estória de amor do mundo, eles sofrem até não poder mais e ainda morrem no final? Pó isso desmotiva, é no mínimo broxante, será que podemos escolher outra menos trágica? Hein?(Noah foi se aproximando e abraçando Liz pela cintura)
-Não sei não, você foi muito ogro (Liz)
-Ta aí, essa estória de amor e legal (Noah)
-Do que exatamente você ta falando? (Liz)
-Dessa, do ogro, Shrek, ele amou a princesa mesmo ela sendo um ogro feio e sem educação, e ela quando teve a oportunidade de voltar a forma humana, desistiu por amor aquele mesmo ogro. Eu acho muito legal, nos mostra que quando amamos alguém, não importa quem ele seja, amamos do jeito que a pessoa é, com defeitos e qualidades, alem do mais essa tem final feliz (Noah fala sorrindo com todos os dentes /‘Demetria feelings kkk)
-Noah isso é um desenho animado criança perdida do Peter Pan (Liz diz rindo)
-E daí? Só porque é um desenho não pode ser bom? Eu acho a estória incrível ( Noah)
-Mas é um bebezão mesmo (Liz fala rindo)
-Ei, eu não sou um bebezão ta (Noah)
-É sim, é o MEU bebezão, e vem cá que eu quero outro beijo

Liz sorrindo abraça Noah pelo pescoço ainda emburrado, ela começa a dar beijinhos nas bochechas, na testa, no nariz de Noah que já sorri quando ela chega aos seus lábios. Eles se beijaram calmamente e trocaram mais alguns destes antes de voltar ao jardim sorrateiramente e separados.


----------------------------------------------------------------------------------------------


Então meninas ta aí o capítulo, e fiquem calmas, o que vem por aí será bem legal, e peço paciência a todos pra poder escrever algo bom pra vocês porque vocês merecem =D amo vocês e obrigada pelo carinho sempre ;)
Bju nas crianças!






27/05/2013

Aviso

Alguém pede pra ela PARAR de ser LINDA? SOCORRO! *-*



Negadaaaaaaaaaaaaaa!
Então, vim avisar que hoje vai ter post na fic, peço desculpas por demorar, é que como expliquei ainda estamos escrevendo os próximos capítulos e não tivemos tempo pra nada esse final de semana, mas hoje tem post e se preparem porque os próximos capítulos vamos ter grandes emoções, personagens novos e muita confusão, diversão, romance e lágrimas, MUITAS lagrimas, por isso preparem - se pois a nova fase  vai acabar com o coração de vocês, em todos os sentidos, bom assim espero né? Ausdhudhsdushduasdhasd

Bju nas crianças!




23/05/2013

My Best Friend (2ª temporada) Capitulo 19

Own *-*




“But you’re the harmony to every song I sing, and I wouldn’t change a thing...”



-Joe (Demi)
-Huum (Joe disse de olhos fechados)
-Faz amor comigo? Agora! (Demi disse num sussurro)
-Tem certeza amor? Mas e a festa? (Joe disse ainda na mesma posição)
- Que se dane a festa, a gente volta depois, estamos aqui há séculos e ninguém percebeu, uma hora a mais não fará diferença, eles estão se divertindo, e eu também preciso me divertir senhor Jonas (Demi fala com uma voz sexy ao pé do ouvido de Joe que se arrepia inteiro)
-VEM (Joe)

Joe a puxa pela mão e eles dão a volta pelo outro lado da casa para não serem vistos, entram em casa e sobem quase correndo pro quarto.
Aos trancos e barrancos se beijando pelo corredor, eles chegam finalmente ao seu destino. Demi já arrancava a camisa pólo que ele usava e a jaqueta já tinha ido pro chão. Ela tentava abrir o botão da calça de Joe sem sucesso e ele riu dando beijos molhados em seu pescoço.

-Ei, calma senhora Jonas, porque essa violência toda? (Joe)
- Eu estou há dois dias sem sexo, não tenho condições de ser delicada não. Alem disso, tem um cara super gostoso beijando meu pescoço nesse momento, não consigo nem raciocinar quanto mais bancar a comportada. (Demi)

Joe deu uma sonora gargalhada e se livrou da calça jeans ficando só de boxer preta.

-Eu acho que você está com muita roupa senhora Jonas, vamos dar um jeito nisso né? (Joe disse sensualmente se aproximando de Demi que sorria mordendo os lábios)

Joe retirou sua calça jeans e sua regata, deixando Demi apenas de calcinha e soutien. Ele fazia tudo beijando cada pedacinho do corpo dela, a fazendo sorrir abertamente. Como ela havia sentido falta daquilo. Foram apenas dois dias, mas pra ela parecera uma eternidade assim como para Joe. Quando se ama alguém, qualquer minuto longe é uma tortura, ainda mais quando se esta brigado. Joe foi dando beijinhos e mordidinhas em sua barriga, que davam cócegas e faziam Demi rir. Ele foi subindo ate chegar ao seu rosto que ele encheu de beijos enquanto ela sorria.

-Ei, sabia que eu te amo? (Joe)
-Sabia, mas eu não canso de ouvir (Demi disse com aquele sorriso que Joe amava ver)

Ele sorriu e sussurrou em seu ouvido...

-Eu te amo, te amo ,te amo, te amo...

Demi sorriu e o puxou para um beijo quente. Em poucos minutos os dois já não tinham nenhuma peça de roupa e Joe brincava com seus seios, beijando e mordiscando seus mamilos e os acariciando com a mão livre, deixando Demi  louca. Ela bagunçava e puxava os cabelos de Joe  enquanto dava pequenos gemidos mordendo os lábios, mas ele não estava satisfeito. Ele desceu fazendo um caminho de beijos por sua barriga.

-J-joe.. o que você est.. J-O-OOE (Demi)

Ela quase gritou ao sentir a primeira investida da língua de Joe em sua intimidade. Logo ele já sugava com vontade e Demi gemia tão alto que ele pensou que se a musica não estivesse alta, a casa inteira escutaria. Ela arqueava o corpo a cada investida e Joe sentia que ela estava chegando ao seu limite.

-J-joe.. eu..eu..vou.. (Demi)
-Deixa vir amor (Joe)
E logo ele sentiu ela se contrair inteira e soube que havia chegado ao orgasmo. Ele subiu dando beijos carinhosos em sua barriga, colo e chegou ao pescoço onde ele deixou seu rosto e a abraçou de lado. Ele ainda estava exitado, ouvir sua mulher gemer daquele jeito o havia entorpecido, mas precisava esperar até que ela se recuperasse, ele queria satisfaze-la, deixar ela feliz. Faria o que ela quisesse do jeito que ela desejasse.
Demi estava entorpecida, aquele orgasmo a paralisou tamanha a violência, mas ela queria mais, ela queria sentir Joe por completo, dois dias sem ele a estavam enlouquecendo, por siso quando ela sentiu que seu corpo havia voltado a reagir, acariciou o braço de Joe.

-Agora é a minha vez (Demi)

Joe se assustou ao ouvir a voz de Demi rouca em seu ouvido, quando deu por si, ela já se sentava em seu colo de frente pra ele. Ela se deixou penetrar e o contato o fez arfar e Demi conter um gemido. Logo ela começou a se movimentar devagar e contraindo as paredes de sua intimidade fazendo com que Joe quase tivesse uma síncope. Em um dado momento, Joe já estava fora de si, Demi se movimentava devagar de propósito, fazendo ele quase enfartar. Ele gemia e Demi sorria a cada som que ele emitia em desespero.

-D-demi.. (Joe)
-Diz amor (Demi)
-E-eu...M-a-a.. (Joe)
-Você quer mais rapido amor? (Demi perguntava coma voz sexy deixando Joe louco)
-huum... uhum (Joe)
-Então pede amor, pede pra mim (Demi)
-M-mais.. r-rap-pido a-amor (Joe)

Demi sorriu e aumentou a velocidade, Joe perdeu as estribeiras e começou a gemer mais alto, deixando Demi mais exitada.

-Diz que me ama, diz? (Demi)
-E-eu te amo (Joe)
-Diz que eu sou a única na sua vida? (Demi)
-V-voce  S-sabe que s-sim (Joe)

Demi já estava quase tendo outro orgasmo e Joe já gemia alto outra vez.

-Demi..Demi (Joe)
-isso amor, fala o meu nome vai (Demi disse aumentando a velocidade e fazendo Joe gemer mais alto)
-DEMI.. VAI DEMI.. DEMI.. VOCÊ ME DEIXA LOUCO, VAI DEMI.. DEMI...OH (Joe)
-JOOOE (Demi)
-DEEEMI (Joe)
-OH JOOOOE (Demi)

E em questão de minutos os dois chegaram ao ápice.  Caíram deitados e Demi se aninhou no peito de Joe. Estavam cansados e pingados de suor, mas com um sorriso no rosto por estarem ali, juntos, e não era preciso mais nada.


-----------------------------------------------------------------------------------------------



Ta aí meninas o tão esperado HOT kkkkkkkkkk espero que tenham gostado, não sei escrever essas cenas muito bem então..
Bom agora devo pedir paciência a vocês, pois vamos dar uma virada na história mas ainda estamos escrevendo e vai demorar um pouquinho portanto não haver posts todos os dias, mas prometo que vai ficar bom gente
É isso e amo oceis meus doces!
Bju nas crianças!




22/05/2013

My Best Friend (2ª temporada) Capitulo 18

Meus bebês




“Cause we fit together right... “



Demi observou todos se divertindo, seus filhos, sobrinhos, amigos, até seus pais e sogros estavam lá, todos conversando animadamente e a musica alta dos meninos nem os incomodavam. Parou pra pensar o quanto aquilo era no mínimo irônico, já que sempre fazia de tudo para ver todos ao seu redor felizes, e quem não estava feliz era ela.
Ao passar os olhos ao redor do jardim notou que Joe não estava ali, e nesse instante sentiu um aperto no peito. Ela não suportava mais esse clima que ela mesma havia criado, por algo que nem aconteceu, que ela mesma fantasiou em sua mente por conta dessa insegurança ridícula que ela alimentava dentro de si. Suspirou e andou em direção ao outro lado do jardim, estava mais silencioso e era melhor pra pensar. Foi até o balanço de madeira duplo que ficava de frente pra elevação da casa, a mansão ficava na parte alta da cidade e a rua era uma subida, ela se lembrou que esse foi um dos motivos dela ter escolhido essa casa, por causa da vista incrível que havia naquela parte. Ela mesma mandou colocar aquele balanço ali, e Joseph claro o fez sem pestanejar, como tudo que ela pedia ou queria fazer. Ela deu outro suspiro derrotado ao andar, sabia que havia sido injusta com ele, ele sempre fez tudo por ela e pelas crianças também, nunca deu motivos pra desconfiança. Ela queria abraçá-lo e beijá-lo agora, queria comemorar com ele as coisas boas daquele dia, mas seu orgulho besta a fez não tentar. Ao chegar à outra parte da casa olhou pra frente e viu Joe sentado no balanço olhando pro horizonte com um olhar perdido. Suspirou mais uma vez, pensou em dar meia volta, mas sua vontade de estar com ele naquele momento venceu seu orgulho imbecil. Então ela seguiu adiante, ele notou sua presença mas ficou calado esperando até que ela se manifestasse.

- Oi (Demi)
-Oi (Joe respondeu na mesma posição ainda sem olhar pra ela)
-Posso sentar aqui? (Demi)
-Pode (Joe deu de ombros e ela se sentou ao seu lado)
-Você viu como o Kevin esta feliz? Ele parece que vai explodir cada vez que sorri (Demi)
-Eh, ele merece, já sofreu muito o coitadinho (Joe)
- Eh... (Demi)
-O Noah também ta numa alegria só por causa da Liz, eu acho tão lindinho os dois juntos (Demi)
- É sim, eles formam um casal bem bonito (Joe)
- Sim, o Nick vai ter um colapso então se prepara (Demi da uma risadinha e Joe fica calado)
- Demi você ta querendo me dizer alguma coisa? (Joe)
- Eu? Por que você acha isso? (Demi)
- Você está nervosa, suas mãos estão suando, você não para quieta um segundo, ta mexendo a perna e estalando os dedos, além de estar falando sem parar.

Joe disse sem ao menos olhar pra ela, como ele estava vendo tudo isso? Demi pensou.

-Na verdade eu quero falar sim. (Demi)
-Pois diga, sou todo ouvidos (Joe)
- Tudo bem, mas será que você pode olhar pra mim?

Joe virou o rosto e quando ela olhou em seus olhos, percebeu que ele havia chorado, estavam vermelhos e lagrimados. E ela se sentiu a maior filha da puta do planeta por ter causado essas lagrimas.

-Me perdoa? Eu sei que fui uma imbecil e que não mereço, mas eu te amo demais Joe, (Demi falava com a voz embargada e algumas lagrimas já desciam por suas bochechas) eu fiquei desesperada quando eu liguei pro hospital e disseram que você já tinha saído. Eu liguei pra todo mundo, pros nossos amigos, pros hospitais, corpo de bombeiros e até necrotério. Eu estava nervosa demais e quando vi que você não estava em nenhum desses lugares, eu comecei a pensar bobagem. Eu sei o quanto as mulheres querem você, eu vejo o jeito que as enfermeiras do hospital te olham. Você é gostoso Joe, tudo quanto é piriguete quer você, você é rico, bem sucedido, gostoso, competente alem de fofo e gentil, que mulher não iria querer um homem como você? (Joe ouvia tudo calado, apenas olhava pra Demi que seguiu falando) e talvez, um dia você possa encontrar uma mulher melhor que eu, mais jovem que eu, mais bonita que eu, menos insegura e problemática e me deixe. Eu tenho tanto medo de te perder que eu fico louca. Se eu te perder, eu me perco também. Eu só espero que você me desculpe.

Demi olhava pra Joe que não esboçava reação, ela suspirou, se levantou e ia saindo quando sentiu seu braço sendo puxado de volta.

- Onde você pensa que vai? (Joe)
-É que eu pensei que... (Demi)
-Cala a boca Demetria (Joe)

Joe num movimento rápido a puxou pra perto e colou seus lábios aos dela. Logo ela deu passagem pra que sua língua encontrasse a dele. Foi um beijo intenso, cheio de saudade, e principalmente cheio de amor, pois era isso que havia entre os dois, por mais que brigassem e tivessem problemas, o amor era maior, sempre era, e por isso estavam juntos por quase vinte anos. Separam se com selinhos demorados e ficaram abraçados ali olhando a vista incrível da cidade acesa.

- Me desculpa pelas coisas que eu disse? Eu fiquei puto quando discutimos e falei coisas sem pensar, eu não acho você chata nem covarde, eu... Eu tava com raiva por você não querer acreditar em mim e estar gritando feito uma maluca, eu perdi a cabeça, me desculpa? (Joe)
- Tudo bem, eu mereci, e também falei poucas e boas pra você, é claro que eu te desculpo (Demi disse e Joe a apertou no abraço) e você? Perdoa essa maluca, insegura e barraqueira que é louca por você?
- É obvio que eu perdôo, eu não sei viver sem essa maluca, insegura e barraqueira (Joe disse rindo, fazendo Demi rir também) mas agora é sério ( Joe a fez o olhar nos olhos e ficou sério) Demi presta atenção, você precisa parar com essa insegurança, você pode ter 30,40,50,60 não importa, eu jamais te trocaria por mulher alguma. A felicidade que eu tenho do seu lado vale mais do que qualquer aventura. Eu posso ter todas as mulheres do mundo aos meus pés, mas nem todas elas juntas vão valer pra mim o que VOCÊ vale, a mulher que VOCÊ é. Eu poderia ir pra cama com todas, mas nenhuma vai me satisfazer como VOCÊ e SÓ VOCÊ consegue, nenhuma vai ter o seu sorriso, nenhuma vai ter o seu cheiro, a suas mãos, a sua voz rouca ronronando no meu ouvido quando fazemos amor, o carinho que só você sabe fazer depois que terminamos, nenhuma vai me mandar mensagem no meio do dia pra saber se eu almocei, se eu peguei a roupa na lavanderia ou se eu levei uma camisa reserva em dia de reunião da junta médica porque eu sou um desastrado que sempre se suja de barbecue (ele sorriu e Demi também apesar das lagrimas que voltaram a cair) nenhuma vai ser a mãe mais incrível do mundo, que sempre sabe o que dizer e quando dizer, que sabe dar espaço sem deixar de cuidar, que faz o melhor cafuné e a melhor caneca de chocolate quente do planeta, palavras do Noah kkkkk... Que cuida de todos nós e às vezes se esquece de si mesma. Nenhuma vai vestir a camisa dos Yankes mesmo torcendo pro Lakers por mim e nem vai ficar tão sexy quanto você (ele sorriu malicioso e ela apenas abria mais o sorriso dela a cada coisa que ele dizia, mesmo entre lagrimas) e sabe por que nenhuma vai conseguir fazer tudo isso? (ele olhava pra ela que negava com a cabeça) porque nenhuma vai ser VOCÊ, e eu AMO VOCÊ e não importa quanto tempo passe isso nunca vai mudar, eu te amo desde os 8 anos Demi, eu jurei que te amaria pro resto da minha vida duas vezes, jurei pro Deus da Tailândia, pro nosso Deus, não me arrependo e nunca vou me arrepender. Eu fiz uma escolha Demi e escolhi ser SEU e de mais ninguém, por inteiro, de corpo e alma, porque meu coração sempre foi seu desde o dia que eu te encontrei naquela praça com o joelho machucado. E além de tudo isso, você é a mulher mais linda que eu já vi na vida e me faz querer explodir toda a população masculina do mundo quando saímos juntos e você fica irresistivelmente GOSTOSA com aquele vestido preto colado, salto agulha e aquele batom vermelho nessa sua boca perfeita, então pelo amor de Deus para de pensar que você não é boa o bastante, porque você é melhor do que eu jamais sonhei.

Ele sorria dizendo a ultima frase e Demi estava chocada, como ela poderia pensar em desconfiar dele, “como eu sou idiota meu pai” ela pensou. Ela o abraçou forte e Joe continuava a sorrir, ele achava que dessa vez ela havia acreditado que ele jamais a trairia e era verdade. Ele a amava e não a trairia nunca. Demi se separou do abraço e o agarrou com força para beijá-lo. O beijo foi quente e eles se separaram ofegantes. Demi apoiava os braços no pescoço de Joe e ele a abraçava pela cintura, suas testas estavam coladas.

-Joe (Demi)
-Huum (Joe disse de olhos fechados)
-Faz amor comigo? Agora! (Demi disse num sussurro)

--------------------------------------------------------------------------------------------


Meninas quero agradecer pelo carinho no capitulo anterior, e quero que saibam que é por vocês e pela Juh que vou continuar aqui.. Então, ta aí mais um capitulo.. Se rolar bastante comentários quem sabe eu posto o resto, vocês vão me matar mas eu adoro fazer vcs darem a louca UAHSDUSAHDUSHDSAUDHASUDSAHDUASHU amo vocês nenems.
Bju nas crianças!




21/05/2013

My Best Friend (2ª temporada) Capitulo 17

Cara de sedução da Demetria kkk



“I never meant to let you all down, now i’ve got to try to turn it all around…”




Enquanto isso, Kevin era chamado ao pódio para receber sua premiação.

-E agora para receber o troféu God Of War regional e um cheque de 10 mil dólares HG TRIIIIIBUTOOOOOOOO!
Kevin subiu ao pódio ovacionado pelo publico, recebeu o troféu e o cheque e o microfone pra falar ao publico.
-Er, eu nem sei o que dizer, estou muito feliz. Quero agradecer a presença de todos, e principalmente pelo apoio e torcida de vocês. Quero agradecer a minha família por estar aqui me apoiando, eu sei que isso tem dedo seu tia Demi ( Ele riu e Demi sorriu) obrigado por trazer meus pais principalmente. Mãe, Pai, obrigado por virem, significa muito pra mim. Bom vejo vocês em LA BABY!
O ginásio voltou a gritar, e as mulheres já choravam emocionadas com o discurso de Kevin. Depois que o evento terminou todos esperavam Kevin no estacionamento. Ele chegou e foi recebido com palmas e assovios. Chegou próximo a Mãe que estava abraçada ao seu Pai.
-Mãe, Pai, me desculpe, eu tinha medo de contar a verdade e vocês surtassem. (Kevin)
Nick colocou a mão no ombro do filho que voltou seu olhar pra ele e viu o seu emocionado, Selena já tinha os olhos cristalinos devido às lagrimas.
-Olha só pra você, meu garoto é um campeão (Kevin sorriu) filho nós que devemos desculpas a você por não termos sido pais tão atenciosos. Nós amamos você de qualquer maneira e estamos muito orgulhosos. (Nick disse e o abraçou)
-Valeu Pai.. Mãe, isso é pra você ( ele entregou o troféu a Selena que já chorava)
- Oh meu querido, estou tão orgulhosa (ela também o abraçou carinhosamente) você vai pra Los Angeles representar Nova York, sabe o que isso significa? (ele negou com a cabeça) Significa que você vai representar todas essa pessoas que estiveram aqui hoje, e não só elas, mas todos os nova yorquinos, a cidade onde você nasceu e cresceu filho. (Selena)
-Isso mesmo Kev, e vai exigir de você muita responsabilidade de lidar com a pressão (Joe falou)
-Exatamente Kevin, você acha que consegue lidar com isso? (Demi)
-Se vocês estiverem la pra gritar no meio de um momento tenso, subir nas cadeiras e fazer dancinha eu consigo qualquer coisa (Kevin)
Todos riram e abraçaram Kevin ao mesmo tempo quando Becca gritou, ABRAÇO COLETIVO NO KEVÃO! Logo depois Demi chamou todos para sua casa comemorar.
- mãe a gente queria comemorar só a gente, afinal meu aniversário foi ontem e o Kevin também merece (Noah)
-Nossa, falando assim parece até que minhas festas são horríveis (Demi)
-Mamacita do meu coração, sua linda, a gente só quer algo mais a nossa cara, sem aquela baboseira toda de etiqueta, e cá pra nós mãe, eu te amo, mas você como organizadora de festa é uma ótima arquiteta (becca falou arrancando risadas de todos, menos de Demetria que a olhava carrancuda) oh meu Deus ela ficou magoada (ela correu e se jogou no pescoço de Demi enchendo ela de beijos, e ela não resistiu e sorriu abraçando a filha)
- Meninos, dêem um desconto pra ela, vamos pelo menos abrir uma champanhe la em casa e depois vocês fazem o que quiserem fechado? (Joe falou)
-Ai ta bom, o que a gente não faz pra ver esse asilo feliz (Becca disse arrancando risadas de todos)
-Rebecca me chama de velha de novo e você nunca mais vai saber o que é internet, What’s up, 30 Seconds to Mars, mesada e Skate na sua vida (Demi disse com um sorriso maléfico)
-Ai mãe eu tava brincando não precisa apelar não, você ainda dá um caldo Kinor gata ;) aushduashdsuadh (becca fez todos rirem outra vez, nem Joe aguentou)

Todos se encaminharam pra casa de Demi que no caminho ligou pro delivery e o mesmo já estava esperando com a encomenda.
Todos foram pro jardim enquanto Joe ia buscar o champanhe na adega e Demi arrumava tudo na cozinha. No caminho de volta os dois se esbarraram.

-Desculpe (Demi e Joe ao mesmo tempo)
-Joe eu, queria te falar.. (Demi)
-Olha Demi não precisa ta, eu não quero forçar a você a fazer nada, a vida é sua, mas acho que você deveria parar pra pensar nas coisas antes de fazer, e que devia confiar mais em mim, somos casados há quase 20 anos e eu nunca, ouviu bem, nunca te dei um motivo sequer pra desconfiar da minha fidelidade a você. E achei que você me conhecesse o bastante pra saber que eu jamais faria isso, porque eu tenho caráter. Mas já vi que a sua insegurança besta e sem razão, é maior que o seu amor e sua confiança em mim. Eu não vou falar mais nada nem tentar fazer você me perdoar, vamos comemorar a vitória do Kevin e o aniversario do Noah. Não se preocupe eu não vou mais te importunar. (Joe)

Dito isso ele saiu, deixando uma Demi sem palavras e arrasada na sala. Mas bem ele tinha razão, iria comemorar o sucesso de Kevin e o Aniversario do filho. Foi pro jardim e todos estavam reunidos enquanto Joe abria a champanhe.

- Bom, devo informar que a festa formal foi cancelada (Demi disse sorrindo e todos a olhavam sem entender)
-Como assim tia? (Liz perguntou)
-Bom vocês queriam uma coisa simples, e eu tive uns imprevistos hoje e não tive tempo de organizar algo melhor, ou pior na opinião da Rebeca (todos riram) então eu fiz algo simples, Hot dogs, Hambúrgueres, Pipoca, Pizza e Sorvete .. Alguém ta afim? (Demi disse sorrindo)
-É sério isso mãe? (Noah)
-Sim é sério então mexam essas bundas e vão pegar tudo na cozinha e trazer pra cá, andem logo antes que eu mude de idéia (Demi)

Logo eles foram correndo pegar tudo, em minutos tudo estava arrumado na mesa do jardim enquanto Joe enchia as taças com champanhe. Todos beberiam um pouquinho, não iria fazer mal, era apenas pra brindar.

-Ao Kevin por ser o senhor da guerra, e ao Noah por mais uma primavera! Olha rimou! (becca disse arrancando risadas de todos)
-Mãe, podemos entrar na piscina? Por favorzinho? ( becca falava com um tom quase angelical, Demi riu do jeito da filha)
-Podem sim, mas não fiquem muito tempo na água, de madrugada vai esfriar. (Demi)
Todos assentiam e foram se trocar, logo todos voltavam pulando e correndo pelo jardim em direção a piscina, os amigos de Kevin também haviam ido e estavam junto com eles. Rebecca ligou o som ambiente do jardim e se dirigiu a porta.
-Esta aberta a after party Kevin/Noah minha gente! (Becca gritou antes de o ambiente ser tomado por “How You Love Me Now” do Hey Mondey e ela se jogar na piscina com tudo)
  

------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Enfim, não quero falar nada nesse capítulo porque não estou com humor, só estou postando por todas as meninas que comentaram hoje.
E não sei se vou continuar a postar essa fic, estou pensando seriamente em parar.
Mas ainda não decidi.
É isso.




20/05/2013

My Best Friend (2ª Temporada) Capítulo 16

Que coisa mais fofa *-*



This is the last game so make it count, It's now or never…” ♪




Demi logo ligou pra Selena pra poder encontra –los no meio daquela multidão pois o local estava lotado.

Ligação ON*
-Sel onde vocês estão? Estamos aqui mas esta muito cheio (Demi)
- Estamos na arquibancada B na terceira fileira da esquerda Demi, vem logo pra cá, já vai começar (Selena)
-Ok estamos indo (Demi)
Ligação OFF *

- E aí? Onde eles estão? (Joe falou no ouvido de Demi devido ao barulho e ela estremeceu ao sentir sua respiração em seu pescoço)
-Arquibancada B terceira fileira da esquerda, e não tenho idéia de como sou vou saber onde fica isso (Demi)
-Relaxa eu sei, vem (Joe)

Ele passou na frente de Demi e a puxou pela mão entrelaçando seus dedos aos dela. Por um instante ela sentiu como se nada tivesse mudado e que eles ainda estavam bem. Nem sabia pra onde estava indo, mas sabia que se ele estivesse ao seu lado, não haveria perigo algum e quando se deu conta, já estava sendo abraçada por Miley.

- Mulher você demorou, vocês poderiam deixar as safadezas de vocês pra depois dos eventos, assim vocês atrasam menos (Miley disse rindo)

Joe ficou sem graça e Demi ficou vermelha feito um pimentão, Selena sabia o que estava acontecendo e tratou de interromper antes que ela fizesse outra piada.

- Hey será que dá pra fofocar depois? Meu filho vai ganhar um campeonato aqui, então será que vocês poderiam sentar a bunda de vocês nas cadeiras? (Selena)

Nick riu com o comentário da mulher fazendo todos rir também. Demi e Joe se sentaram lado a lado e logo os meninos chegaram com pipocas e refrigerantes nas mãos e se acomodaram próximo a eles.
Se sentaram na ordem : Paul, Eddie, Denise, Dianna, Selena e Nick em uma fileira, Miley, Liam, Demi, Joe, Noah e Liz na fileira de trás, Becca, Matt, Dylan, Daniel, Vanessa e Zac na outra fileira.
Kevin estava nervoso, estava em uma sala sozinho se concentrando como todos os outros.  Ele pensava em tudo que ele passou até aquele momento. Ele precisava ouvir a voz da mãe, era a única coisa que o acalmaria naquele momento, mas como falar com ela se ela nem sabia o que estava acontecendo?
Resolveu ligar assim mesmo, respirou fundo quando ouviu o telefone começar a chamar.
Selena sentiu o celular vibrar e se assustou ao ver o nome de Kevin no visor. Ela se levantou e foi até o topo da arquibancada na entrada, onde ela poderia ouvir melhor.

Ligação ON*
-Alô? Mãe? (Kevin)
-Oi meu amor, aconteceu alguma coisa? Você não é de me ligar. (Selena)
-Não, quer dizer, é que eu vou.. Er.. Vou participar de uma prova da escola de.. Atletismo.. Isso.. ér.. E eu queria que você me desejasse boa sorte (Kevin)
Selena sentiu seu coração apertar, sabia que ele tinha medo de falar a verdade e devia estar se sentindo sozinho. Suspirou antes de responder.
-Filho, eu te desejo toda a sorte do mundo, que você dê o seu melhor hoje e quero que saiba que não importa o que aconteça eu e o seu pai amamos você. Agora vai lá e arrebenta ok? (Selena)
Kevin sorriu abertamente antes de responder, agora se sentia confiante, por mais que ela não soubesse o que de fato estava acontecendo, ouvir a sua voz desejando boa sorte era tudo que ele precisava ouvir.
-Obrigado mãe, eu também amo vocês.
Ligação OFF*
 Ele desligou o celular e ouviu o chamarem pra entrar. Chegou a hora, e Kevin mesmo sem entender como, sabia que aquele dia ficaria marcado pra sempre.
Selena voltou ao seu lugar, com a certeza de que fez a coisa certa, apoiar seu filho sempre.

Apresentador:

-BOA NOITE MADISON SQUARE GARDEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEN! (Galera grita)
Sejam bem vindos ao Level Up Games Section. Hoje teremos uma batalha épica onde os cinco melhores jogadores classificados na batalha de ontem irão disputar o direito de representar o estado de Nova York no campeonato nacional em Los Angeles, Califórnia.
Mas vamos parar com o papo porque o show vai começar, vamos apresentar nossos competidores de hoje.
-No primeiro console, ele que já detonou a vera em campeonatos on line, ele é CEEEEEEEEEEENTAUROOOOOO! (logo um garoto aparentando quase a mesma idade que Kevin apareceu na quadra e foi recebido com palmas e gritos do publico. Ele se dirigiu a seu lugar e o Mestre de cerimônias continuou.
-No segundo console, ele que não está pra brincadeira, o campeão estadual do ano passado, ele é ZEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEED! ( logo um garoto tb aparentando ter a mesma idade que Kevin, talvez um pouco mais velho adentrou a quadra com cara de poucos amigos e foi para o seu lugar, ao invés de palmas recebeu vaias, o que mostrava que ele não era la muito querido do publico.)
-O próximo competidor é um prodígio, com apenas 11 anos é o jogador mais jovem a chegar às finais, para ocupar o terceiro console, ele é THE BIG BANG MAAAAAAAAAAAAAX! ( e um garoto mais ou menos do tamanho de Daniel entrou na quadra e se dirigiu ao seu lugar, foi aplaudido e  agradeceu sorrindo pra platéia que emitia sons de fofura tipo “oooown” com o garoto)
-Nosso próximo competidor diz ser o próximo Steve Jobs e que chegou pra detonar no nosso quarto console, ele é I PAANIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIC! (um garoto todo playboyzinho adentrou a quadra com ar superior, foi para o seu lugar sem nem olhar a platéia que estava dividida entre aplaudir ou ficar quieta)
- E pra fechar com chave de outro nossa roda de jogadores, no quinto e ultimo console, ele, o fenômeno vencedor de todas as competições on line desse ano, o misterioso HG O TRIIBUUUUTOOOOOOOO! ( nessa hora Kevin adentrou a quadra, e o ginásio quase veio abaixo,todos aplaudiam e gritavam seu apelido. Selena estava chocada, porém feliz, Nick todo orgulhoso, Demi sorria largamente e Joe estava cheio de orgulho também. Miley e Liam gritavam e assoviavam super orgulhosos e os garotos gritavam feito doidos. Kevin olhou a platéia e sorriu. Pôs a mão de punho fechado no coração como uma reverencia e a apontou pra platéia que irrompeu em gritos e aplausos e foi para o seu lugar.)
- Atenção competidores, vamos as regras para que comecem as batalhas. Serão quatro rodadas onde todos jogarão juntos e acumular pontos, os dois melhores pontuados seguem para a batalha final onde terão que competir um contra o outro no mesmo campo. Se houver algum tipo de macete ou trapaça para acumular pontuação, o jogador será desclassificado imediatamente, e se seu avatar for morto você será automaticamente eliminado. Todos entenderam? (eles ascentem com a cabeça), pois bem todos se preparem (eles colocaram os equipamentos e se posicionaram) e que vença o melhor, atenção... GAME ON!

O jogo começou e todos no local ficaram em completo silencio para acompanhar as campanhas dos jogadores. Zed logo ganhou a primeira rodada por passar de nível em tempo record. Kevin ganhou a segunda e Big Bang Max a terceira. Centauro foi descartado por não atingir pontuação suficiente e I Panic teve seu personagem morto porque Zed não voltou para dar cobertura no ataque.  Agora seria a última rodada e dois iriam pra batalha final. O ginásio estava em total silencio. A rodada começou e foi muito competitiva, porém depois de ficar com a pontuação maior que Kevin, Big Bang Max foi atingido em curso e caiu. Ele pediu ajuda a Zed que por sua vez passou direto e sequer parou para olhá-lo. Kevin estava em desvantagem e sabia que se Zed terminasse o percurso ele seria desclassificado, pois estava com a pontuação abaixo da de Big Bang, mas se Big Bang fosse a Batalha final, morreria fácil, por ser inexperiente pra jogar com um babaca apelão feito Zed que iria usar de truques válidos pela organização, mas proibidos pelo código pessoal de conduta dos jogadores para vencer. Kevin corria e já tinha passado por Big Bang até ouvi-lo chamar por ajuda. Ele hesitou, mas no fim acabou voltando para ajudar Big Bang, o que causou um OH! Coletivo no ginásio.

-Otário, você vai voltar pra ajudar o panaca que está na sua frente na pontuação.. Mas é bom, porque pego um pateta maior na final.. Vai ser fácil (Zed falava no head set com desprezo)
 - Tributo, eu não posso continuar, meu avatar esta perdendo energia muito rápido (Big Bang)
-Então porque me pediu ajuda? (Kevin)
-Porque eu sou um mago seu tonto, e posso passar minha pontuação pra você (Big Bang)
-Não Big, você vai pra final, você conseguiu essa pontuação sozinho (Kevin)
-Eu sei cara, mas prefiro ver você na final, do que ver o babaca do Colin ser campeão regional e sabemos que é isso que vai acontecer se eu vencer agora, por isso para de reclamar e me ajuda, pega a espada na minha cintura (Big Bang)
Kevin pegou a espada e fez o que ele pediu, em segundos houve uma magia e Kevin ganhou todos os pontos e prendas que Big Bang conseguiu no jogo.
-Agora vai e detona esse Mané! (Big Bang)
-Pode deixar! (Kevin)

O avatar de Big Bang morreu e Kevin terminou o percurso. Big Bang foi aplaudido de pé antes de se retirar da quadra.
Só restaram Kevin e Zed. Eles iriam pra batalha final e todos estavam mega preocupados, inclusive todos que estavam torcendo por Kevin de sua família.
Os dois lutaram muito, e estava empatado com uma vitoria pra cada um. O terceiro round começou e tudo estava se complicando. Kevin estava em muita desvantagem e perdendo energia. De repente ele levou um grande golpe e seu avatar caiu no chão. Kevin estava nervoso e se desconcentrou.. Seu avatar estava quase morrendo e ele precisava ganhar essa rodada. Estava quase desistindo.

-E aí otario, vai pedir penico ou vai correr como faz na escola? (Zed falou rindo)

Todos no ginásio observavam apreensivos e o silencio era perturbador. Os amigos e a familia de Kevin estavam mega nervosos. Nick e Selena só faltavam pular da cadeira da arquibancada e Demi num ato involuntário, segurou a mão de Joe e este por sua vez a segurou firme passando segurança.
Selena não agüentava mais aquela situação, seu filho estava perdendo e ela sabia que ele precisava dela. Então ela se levantou decidida.

-TRI-BUTO, TRI-BUTO, TRI-BUTO (Ela gritava com a mão direita fechada em punho socando o ar)
-Selena, o que você ta fazendo? (Nick perguntou sem entender)
-Estou tentando apoiar nosso filho, anda me ajuda ( ela sussurrou)

Nick se levantou ainda meio receoso e começou a gritar também. Logo todos entenderam o recado e estavam todos gritando. Kevin ouviu um grupo de pessoas gritando seu apelido em meio ao silencio e involuntariamente olhou para arquibancada. O garoto quase teve um troço ao ver sua mãe e seu pai ali gritando seu apelido e... Sorrindo? Mas que droga estava acontecendo? Ele pensou ser uma visão, mas logo descartou a hipótese quando viu que os outros também estavam ali, até sua tia Demi e seu tio Joe, e ele tinha quase certeza que isso tinha o dedo dela. Logo o ginásio inteiro gritava a plenos pulmões, mas ele só conseguia ver o sorriso de sua mãe e o olhar carinhoso de seu pai. Ele sorriu pra eles e decidiu tentar uma ultima vez, se morresse, morreria com honra.
Ele percebeu que Zed se aproximou perigosamente para caçoar de sua desgraça, e sua guarda estava aberta. Ele pensou em algo, era arriscado, pois ele gastaria quase toda sua energia e provavelmente morreria, mas ele precisava tentar, e só teria uma chance.
Ele esperou calado enquanto acumulava energia para o golpe e esperava o momento certo de agir. Enquanto isso, Zed continuava seu discurso que era abafado pelos gritos do publico no ginásio. Foi quando ele pegou no pescoço do avatar de Kevin que todos ficaram em silencio novamente. Kevin nem se mexia, estava com os nós dos dedos brancos tamanha era a força que fazia com o controle. E Zed continuava a falar.

-CONTEMPLEM A VITÓRIA DE ZED, O SENHOR DA GUERRA! Ultimas palavras otario?
-Volta pra caverna, filhote de cruz credo! (Kevin)

Dito isso, Kevin aplicou o golpe certeiro no avatar de Zed. Ele nem sequer tomou conhecimento de onde veio a seqüência de especiais que o atingiu. O avatar de Zed caiu morto no chão. O tiro foi certeiro e a proximidade piorou o ataque, alem do fato de por Tributo ser meio mago, graças à transferência de poder de Big Bang nas rodadas anteriores, todos os golpes que envolviam magia tinham peso dois.
Ao ver o console de Zed se apagando, o ginásio irrompeu em gritos e aplausos. Kevin mesmo com a força vital no vermelho, conseguiu chegar ao castelo e terminar o percurso para validar a vitória. O publico nem sequer percebeu esse detalhe, estava eufórico pelo espetáculo ali apresentado. A família de Kevin estava em frenesi, os garotos pulavam e gritavam feito loucos.

-NICK, O KEVIN GANHOU, O NOSSO KEVIN NICHOLAS, ELE GANHOU.. AAAAAAAAAAA MEU DEUS! ( Selena gritava abraçando Nick que sorria emocionado)
-É CAMPEÃO, É CAMPEÃO (Miley)
-DETONOU KEVIN, ORGULHO DO TIO! (Liam)
-JOOOOOOOE, ELE CONSEGUIU, NOSSO MENINO GANHOU! (Demi num ato involuntário se jogou nos braços de Joe o abraçando)
-Eu sei querida, nosso menino agora é campeão (Joe)
Eles estavam muito próximos, pois estavam abraçados, e Joe não resistiu. Ele a beijou com carinho, aproveitando cada segundo porque não sabia se levaria um tapa depois, mas com certeza valeria o risco.
Demi sentiu seu coração bater a 350km por hora, estava há dois dias sem sequer um beijo de Joe. Numa situação normal ela estaria tendo uma síncope. Mas essa não era uma circunstância normal, alias ela nem deveria estar beijando Joe, mas preferiu terminar o beijo antes de cortar o clima. Não sabia quanto tempo seu orgulho idiota a impediria de te-lo de volta.
Eles se separaram devagar e Demi não o olhava. Joe percebeu que ela estava sem graça, e ele amava vê-la assim.

-Joe você não devia ter feito isso (Demi)
-Por que não? Você pode não querer olhar na minha cara mas ainda é minha mulher. (Joe)
-Eu não quero brigar com você agora Joe, então vamos esquecer que isso aconteceu ok? (Demi)

Joe não respondeu, bufou irritado e sentou em seu lugar outra vez. Demi também sentou e suspirou, não queria que aquilo estivesse acontecendo, mas ficaria feliz por Kevin e pelos meninos, a noite era deles, depois ela resolvia os seus problemas.

---------------------------------------------------------------------------------------------


Bom meninas ta aí o capitulo, espero que as moçoilas comentem bastante porque só postarei o próximo se passarmos de 12 comentários.
Sei que posso estar sendo má com vocês, mas sei também que tem leitores o suficiente pra isso, portanto, espero e conto com a colaboração de vocês. A fic vai dar uma virada um pouco mais pra frente e vou precisar da paciência e carinho de vocês enquanto escrevo, pois estou sem tempo e demoro um pouquinho... Mas sei que vcs entendem e vão me ajudar ;)
Gente a Juh trocou o Layout do Blog vocês viram? Eu tive uma síncope quando vi, ficou LINDO! E tem tudo a ver com a MBF 2 vocês não acham?
Ahazou gata ;) Somos Batman e Robin Rapá! Aqui missão dada é missão cumprida!
É isso meninas, e bom, SE... E apenas SE houver no mínimo 13 comentários até mais tarde la pela 23:30/0h talvez eu fique muito feliz e poste mais um. Vai depender de vocês ;)
Los quiero meus doces de Cosme e Damião! Kkk (de onde eu tirei isso? Kk ta parey)
Bju nas crianças!