13/03/2013

My Best Friend (Mini fic Cap 2)





“Pensa em mim que eu to chegando agora, não precisa mais chorar...”



A relação deles era algo mágico, uma amizade madura e acima de tudo verdadeira!
Havia sido colocada em prova por diversas vezes e, permaneceu por todos esses dezessete anos.

Joseph sempre tratou
 Demi como uma princesa, carinhoso e extremamente atencioso.
Não fazia dessa maneira com mais ninguém, nem mesmo com suas namoradas, algo que sempre colocava a amizade à prova, pois, nenhuma namorada dele aceitava essa relação de amizade que havia entre eles...
Os que os cercavam, até faziam algumas piadinhas insinuando que o amor entre eles não era de amigo e amiga e, sim de homem e mulher, mas, eles dois tratavam sempre de acabarem com esse assunto!

Mas por que um sentia ciúmes um do outro?
Por que
 Demi sentia como se estivesse sem uma parte do coração ao não estar em Londres?
Por que Joseph sentia vontade de matar todos os caras que se aproximavam dela?
Por que sentiam as pernas bambas e o coração acelerado com a presença do outro?

Perguntas que gritavam na cabeça dos dois, mas, talvez se trate de um engano...
Uma carência que faz delirar!
Uma ilusão...

Demi
 voltou para seu quarto, deitou na cama e abraçou seu travesseiro.
Toda vez que recebia alguma notícia de Joseph, ela tinha vontade de pegar o primeiro avião com destino à Londres!
Ela sempre ficava confusa...
Suspirou e fechou os olhos, ainda sentia o corpo dolorido, mas, agora sua cabeça pensava em mil e uma coisas...
Odiava quando isso acontecia, ela perdia até mesmo o sono!
Um acontecimento que martelava em sua consciência, um segredo...
Uma ocasião, uma decisão que havia sido a certeza de um sentimento!
Algo que ela jamais havia esquecido, uma marca...

Foi nesses pensamentos que
 Demi acabou adormecendo!

- Devonne, Dem, Lovato! (Danny batia na porta)
- Será que está tudo bem? (Selena perguntava preocupada pela demora da amiga)
- O máximo que pode acontecer, é entrarmos e ela estar morta no quarto ou com algum cara bonitão se divertindo! (Danny exclamou rindo)
- Como você é sem graça... (Selena)

Selena também era amiga de
 Demi, ela era prima de Joseph...
Na verdade quase uma irmã, quando era pequena seus pais morreram em um acidente de carro e, ela foi criada pelos pais de Joseph!
Ela mais do que ninguém torcia por
 Demi e Jospeh... Mesmo que essa chance fosse remota, mas, não na cabeça dela!

- Que porcaria, será que ela está aí mesmo? (Selena)
- Claro que está, o porteiro afirmou que ela não saiu hoje! (Danny)
- Ela deve estar dormindo, vamos embora... (Selena)
- Fazer o que não é mesmo? (Danny
- Deixe-a descansar, depois desse porre que você disse, ela deve estar jogada na cama! (Selena exclamou rindo e chamando o elevador)
- Sem dúvidas... (Danny)
- Hei, o que querem hein? (Demi
 abriu a porta toda descabelada, com fortes olheiras e cara de sono)
- Falei que ela estava morta! (Danny exclamou rindo)
- Morta e sem educação, pra variar um pouco! (Selena afirmou rindo e abraçando a amiga)
- Desculpe, não sabia que eram vocês! (Demi
 falou bocejando)
- Pelo que vejo seu humor está bem azedo! (Danny exclamou beijando a testa da amiga)
- Ressaca das bravas! (Demi)
- Ninguém manda beber feito uma alcoólatra... (Selena)
- Sel, sem lições de moral, por favor! (Demi)
- Queria ver se eu estivesse com vocês, não ia beber nem a pau... (Selena)
- Quem beberia seria você, não é mesmo? (Danny debochou)
- Eu tentando botar algum juízo na cabeça dela e, você debocha? (Selena)
- Ele me defende, isso sim... (Demi
 afirmou abraçando Danny)
- Debochei porque ela é pior do que você bebendo, mas, não acho certo o que fez ontem! (Danny)
- Aff, bebi só um pouquinho e além do mais se for pra me encherem o saco melhor irem embora. (Demi
 exclamou irritada)
- Não vou embora coisa nenhuma e, já que não foi educada a ponto de nos convidar pra entrar, eu mesma entro! (Selena exclamou entrando no apartamento de
 Demi)
- Somos dois! (Danny exclamou seguindo Selena)
- Como são atrevidos, dá licença viu! (Demi
 afirmou fechando a porta e entrando)
- Graças a Deus eu sou querida, muito atrevida e folgada. (Selena afirmou rindo e sentando no sofá)
- Vou ao banheiro retocar a maquilagem! Brincadeirinha vou fazer xixi... (Danny afirmou indo em direção ao banheiro)
- Dem me conta, quando vai ser sua formatura? (Selena)
- Em agosto, mas, nem estou animada pra isso... (Demi
 exclamou dando de ombros e sentando ao lado de Selena)
- Como assim não está animada? Por Deus Devonne, se matar por anos em uma faculdade e não receber o diploma vestindo uma beca, não é fazer faculdade! (Selena)
- Ah que exagero... (Demi)
- Exagero nada, é mágico, lindo, uma emoção enorme. (Selena)
- Vou fazer porque já paguei, mas, sem vontade alguma e, não adianta vir com seus discursos moralistas! (Demiafirmou arrumando os cabelos)
- Você só pode estar com TPM, não é possível... (Selena)
- Eu até poderia te xingar, mas, você está certa! Ressaca e TPM definitivamente acabam comigo! (Demi)
- Eu acho que precisa beijar na boca e outras coisinhas, isso faz qualquer pessoa ficar bem humorada. (Selena)
- Concordo plenamente, mas, minha maré não está pra peixe! (Demi)
- Então apele pra outro fruto do mar, eu, por exemplo, só gosto dos surfistas, o resto eu rejeito! (Selena exclamou rindo)
- Na onda de azar que me encontro, vou acabar sendo comida por um tubarão! (Demi)
- E se for um tubarão sexy? Se jogue de cabeça... (Selena exclamou rindo)
- Você fala assim porque tem namorado, já eu... (Demi)
- Tenho namorado porque fui atrás oras, agora se você ficar aqui se lamentando não vai conseguir nenhum... (Selena)
- Não fico me lamentando, pelo contrário, saio quase todas as noites com roupas extremamente decotadas e curtas, encho a cara até ficar fácil, a única coisa que não fiz até agora foi apelar pra prostituição e pegar um gigolô, mas, do contrário fiz tudo. Até me inscrevi em sites de relacionamento, fora que vivo ligando pro disk namoro! (Demi
 e confessou)
- Misericórdia, você está desesperada mesmo... (Selena exclamou arregalando os olhos)
- Estou me segurando pra não usar acessórios encontrados no sex shop! (Demi)
- NÃO, isso não... Até te empresto o Justin, mas, isso não amiga! Puxa, que situação difícil,
 Demi precisamos te desencalhar mulher... (Selena)
- E que de preferência eu case e tenha filhos, isso tem que ser antes dos trinta. Senão eu corto os meus pulsos. (Demi
 afirmou desanimada)
Já sei, vou ligar pra Londres!(Selena exclamou piscando e sorrindo)
- Há há, você é tão engraçada... (Demi)
- Querida, se um amigo é gay, o outro é galinha, então vamos apelar pro médico! (Selena)
- Sem viagens ok? (Demi)
- Ah sim claro! (Selena debochou e a campainha tocou)
- Ninguém merece, mais pessoas! (Demi
 falou levantando-se

- Olá minha loira mais linda e meiga! Que saudades! (Miley abraçou Demi quando esta abriu a porta)
- Está me apertando... (Demi)

Miley era outra amiga de
 Demi, no passado até se envolviam em fortes discussões por apenas um motivo, Miley namorou Joseph e nunca aceitou o jeito que ele tratava Demi, mas, depois do fim do namoro elas acabaram virando amigas e deixando os desentendimentos pro passado...
Miley tinha o mesmo pensamento que Selena quanto a ambos, talvez fosse esse motivo da briga quando namorava Joseph, talvez percebesse algo mais que uma simples amizade!

- Senhor amado, vou voltar pro banheiro! (Danny brincou virando as costas)
- Sei que ficou feliz, viu? (Miley falou correndo até o amigo)
- Anda sumida hein? (Danny falou abraçando Selena)
- Tive que viajar essa semana a negócios... (Miley)
- Clientes fora da cidade? Acho que vou entrar pro ramo da prostituição! (Danny afirmou rindo)
- Há há, que graça... Sel, querida! (Miley)
- Como está Quase loira? (Selena perguntou cumprimentando-a)
- Estou ótima, mas, pelo que essas olheiras indicam, quem não está nada bem é a
 Demi! (Miley)
- Nossa como você levanta a moral das pessoas... (Demi
 debochou)
- Levanto sua moral rapidinho, abro minha bolsa, pego minha nécessaire de maquiagens e te empresto meu corretivo, espere aí que ela está uma bagunça! (Miley afirmou jogando tudo que tinha na bolsa no chão)
- Olha a zona que você está fazendo na minha sala. (Demi)
- Mal agradecida, estou tentando te ajudar e ainda reclama? (Miley)
- Papai do Céu, só pedi um pouco de paz... (Demi)
- Ixi, não tenho maquiagem contra azedura! (Miley)
- Mas tem um artifício, pega o rímel, o batom ou o lápis e manda ela se masturbar com eles, com certeza melhora... (Danny)
- Que coisa mais baixa! (Selena afirmou rindo)
- Quero os três fora da minha casa, agora! (Demi
 exclamou apontando a porta)
- Nem em sonhos, vim aqui pra tomar chá das cinco, igualzinho como a gente toma em
Londres! (Miley exclamou rindo)
- Então pegue o chá na cozinha e vá pra Inglaterra, aproveite e mande lembranças pro príncipe Charles e para os filhos lindos dele! (Demi)
- Deixe-a resmungar... (Selena)
- É, ignora! (Danny)
- Ah que saco, odeio quando vocês me irritam, me tiram do sério! (Dulce)
- Sabe que é brincadeira loira, te amamos! (Miley)
- Fim de assunto, Dem o que acha de fazer um lanchinho pra nós comermos? (Selena)
- Concordo plenamente com a Sel... (Danny)
- Não estou com vontade. (Demi)
- Está sim, vamos que eu te ajudo! (Selena afirmou levantando e puxando a amiga)
- Também vou ajudá-las! (Danny)
- Eu não vou, sabem que não posso fazer nada que prejudique minhas unhas... (Miley)
- Aff... (Demi)

Enquanto os três preparavam os lanches na cozinha, Miley folheava algumas revistas na sala...

- Dem, vou ver meu e-mail no seu notebook ta? (Miley gritou da sala, mas, não obteve resposta) Ah, ela não vai ligar...

Miley abriu o notebook e já clicou no ícone da Internet...
Mas algo lhe chamou a atenção, estava minimizado um link, pois, o computador não havia sido desligado...

- Ah qual o problema de eu ver, fora que a Dem nem vai saber! (Miley clicou e logo viu a mensagem) Hum,
Joseph Jonas... (rindo)

Miley lia com os olhos e ria a cada pronome carinhoso...
- Ui pequena... (Miley) Ou então algum mal feitor roubou a minha amiga? (repetindo a mensagem) Que cínico, o certo seria, ou então algum mal feitor roubou a minha peguete? Nem dão na cara... Ai ai viu, o negócio é avisar aos dois... Seria tão legal se a Demi respondesse esse e-mail, ou então, a Miley se fazendo de Demi e respondendo! (rindo)
- Mi, você me chamou? (Demi e apareceu na sala e Miley assustada, fechou com tudo o notebook) O q-que estava vendo aí? (perguntou assustada)
- M-meu e-mail, isso, m-meu e-mail! (Miley respondeu sorrindo nervosa)
- Ah, vou levá-lo pro meu quarto porque a bateria precisa ser carregada! (Demi falou pegando o notebook)
- Ah claro, já tinha visto meu e-mail mesmo... Pequena! (Miley exclamou e Demi engoliu em seco)
- Ok... (Demi falou sem graça e foi em direção de seu quarto)
- Saco, nem deu tempo de responder... (Miley sussurrou sozinha)

Minutos depois, Selena e Danny levaram até a sala os sanduíches e refrigerantes...
Demi levou os copos e, pratos!

- Ainda bem que tem refrigerante light! (Miley)
- Não sei pra que isso, se você emagrecer nem precisa pedir pra abrirem a porta, dá pra passar por baixo. (Danny)
- Nesse dia eu serei a mulher mais feliz do mundo! (Miley)
- Mi, me passa o copo, por favor? (Demi)
- Claro pequena linda! (Miley afirmou cínica e Demi a olhou com os olhos arregalados) Aqui está! (sorrindo)
- O-obrigada... (Demi exclamou sem graça)
- Dem, como está a tia? Faz tempo que não a vejo... (Selena)
- Aposto que algum mal feitor a roubou! (Miley)
- Está bem. (Demi respondeu olhando pra Miley)
- E o tio? (Danny)
- Está ficando maluco com a residência, mas apesar do frio que ele anda passando, ele se aquece com as crianças! (Miley exclamou rindo)
- Sua cachorra, leu o meu e-mail... (Demi exclamou brava enquanto Miley gargalhava)
- Eu não li nada que o Joseph te mandou! (Miley debochou)
- Cínica... (Demi)
- Do que estão falando? (Selena perguntou de boca cheia)
- Eu estou falando pra essa loira que, não li nenhum e-mail que seu primo mandou pra ela! (Miley)
- O Joseph te mandou um e-mail? Aposto que quis economizar o dinheiro da ligação... (Danny afirmou rindo)
- Ah não acredito Miley Cyrus, sua fuxiqueira! Não tinha esse direito. (Demi)
- Qual o problema de eu ler um e-mail que seu a-mi-go mandou? Por acaso vocês têm algum segredo? (Miley perguntou erguendo uma das sobrancelhas)
- Claro que eles têm segredos, as várias noites de sexo selvagem que já tiveram! (Danny exclamou rindo)
- E os diversos sonhos eróticos... (Selena)
- Hoje vocês estão um saco, não tenho segredo algum com meu a-mi-go, apenas não gosto que mexam nas minhas coisas! (Demi)
- Eu que não mexo nas suas coisas mesmo, Deus me livre, mulheres me dão urticária! (Danny)
- Besta. (Demi)
- Desculpe Devonne, mas, o e-mail surgiu na minha frente, foi totalmente inocente! (Miley afirmou rindo)
- Nem vou te responder... (Demi)
- Falando nisso, vou chegar em casa e ligar pra ele. A tia andou falando umas coisas estranhas. (Selena)
- Que coisas? (Demi)
- Umas coisas, sei lá direito... (Selena)
- Que estranho. (Danny)
- Mas depois não se esqueça de nos contar, ok? (Miley)
- É fuxiqueira mesmo, viu! (Demi)
- Não sou fuxiqueira, apenas tenho necessidade de saber sobre a vida alheia. (Miley)
- Que se denomina, fuxico... (Demi)
- Informações, apenas isso. (Miley exclamou piscando)

Já à noite, na casa dos pais de Joseph...

- Espere aí, FICOU MALUCO? (Selena gritava no telefone com Joseph)
- Por que está gritando? (Jospeh perguntava não entendendo a reação da prima)
- Como por que estou gritando? AINDA PERGUNTA? (Selena)
- Não esperava isso de você, Sel. (Joseph exclamou chateado)
- QUE SE DANE, NÃO ACREDITO QUE FEZ ISSO. NÃO ACREDITO! (Selena esbravejou desligando na cara do primo e jogando o telefone na parede)
- O que aconteceu? (Denise, mãe de Joseph e tia de Selena entrou assustada no quarto da sobrinha)
- É tudo culpa do seu filho, viu a loucura que ele quer fazer? (Selena falou irritada)
- Querida, ele é maior de idade e, se essa foi à decisão dele e ele está feliz é o que interessa! (Denise afirmou suspirando)
- Mas é loucura tia. (Selena exclamou inconformada)
- Ele precisa do nosso apoio, não podemos reagir mal com isso... (Denise afirmou tentando apaziguar)
- Não apóio coisa nenhuma, ele vai acabar se ferrando. (Selena exclamou indo em direção do closet)
- Pior é que ela está certo, meu Deus ilumine a cabeça de meu filho! (Denise sussurrou preocupada)

Alguns dias se passaram...
Selena não havia contado pra Demi sobre a briga que havia tido com Joseph, briga que a fez não ligar mais pra ele.
Selena não aceitava aquilo, de maneira alguma...
Sabia que era uma loucura, algo tão rápido e que estava sendo por impulso!

Em Londres, Joseph insistia ligando pra prima, mas, Selena não atendia.

- Que gênio desgraçado, que raiva quando ela faz isso! (Joe sussurrou irritado)

Demi dormia tranquilamente, era manhã de sábado e, por fim mais um dia de descanso.
Havia trabalhado a semana inteira e, os projetos a deixaram louca!
Plantas detalhadas e elaboradas que a fizeram ter uma semana estressante.
Mas como boa profissional, terminou no prazo e de maneira impecável.

Mas como nada flui de maneira boa para a vida de Demi, a campainha tocava incessantemente fazendo-a pular da cama irritada.

- QUE INFERNO, O UNIVERSO CONSPIRA CONTRA MIM? (Demi gritou socando o travesseiro em seguida tampando os ouvidos)

Deitou novamente, mas, insistiam e ela se irritava ainda mais...

- Que saco, que saco! (Demi)

Como não tinha jeito, levantou da cama nervosa e foi em direção da sala.
Usava uma minúscula camisola branca e, uma meia colorida que ia até os joelhos...
Os cabelos estavam penteados por estarem com escova, porém, estava com um forte indício de mau humor...

- SERÁ QUE PODE ME DEIX... xar d-dormir. (Demi gritou, mas, ao se dar conta de quem era, parou na hora e arregalou os olhos)
- Desculpe te acordar, pequena... (Joe exclamou sorrindo encostado no batente da porta e, a medindo de cima a baixo, mas, de maneira disfarçada)...

- J-Joe?! (Demi perguntou paralisada)
- Hei, será que estou tão horrível assim pra me olhar com essa cara? (Joe brincou abrindo os braços)
- Ai meu Deus, meu Deus... Joe! Joooe! (Demi exclamou alto e pulando no colo dele)
- Que saudades de você, pequena! (Joe afirmou apertando-a nos braços)
- Eu também, muita! Meu bebê! (Demi)
- Desculpe novamente eu te acordar... (Joe)
- Não, esquece iss... AI MEU DEUS, ACORDEI AGORA! TENHO QUE LAVAR MEU ROSTO, ESCOVAR OS DENTES. QUE MICO! (Demi gritou assustada pulando no chão e disparando pelo apartamento, tomando um tropeção no tapete da sala)
- É, você não mudou nada, ESTOU ENTRANDO HEIN! (Joe gritou entrando no apartamento e fechando a porta)

Joe sentou no confortável sofá branco de Demi, colocou uma das almofadas coloridas no colo e ficou observando o bom gosto da amiga ao decorar o local!

- Apartamento de arquiteta é assim mesmo. (Joe falou sozinho)

Coçou o queixo e observou uma foto que ficava em uma das mesinhas de vidro na sala...
Demi em uma linda pose, pegou o porta-retrato nas mãos e ficou olhando cada detalhe da foto, aliás, em cada detalhe do rosto dela e dos cabelos que ele tanto gostava!


- Joe me perdoa, como pude te receber de camisola e descabelada? Ta, descabelada não porque estou com escova, mas... Hei se perdeu na minha foto é? (Demi apareceu na sala tagarelando e deixando Joe constrangido)

- É que está linda aqui! Aliás, sabe que é linda! (Joe exclamou piscando e deixando Demi sem graça)

Demi que havia colocado um vestido preto curto com decote nadador nas costas, por instinto puxou a barra do vestido pra baixo e pigarreou...

- Joe, você voltou! Quantas saudades de você! (Demi falou sentando no sofá e abraçando-o novamente) Hei, por que voltou? Não ia ficar mais tempo em Londres? (olhando-o)
- Um dos médicos responsáveis pela minha residência acabou abrindo o jogo comigo, que eu não iria ter tanta experiência como queria, até foi um bom aprendizado, mas, que eu conseguiria obter isso no meu país! (Joe)
- Então significa que você voltou de vez? (Demi perguntou abrindo um largo sorriso)
- Sim, além do mais posso conseguir uma residência no hospital de meu pai! Mas o importante é que estou em NY novamente! (Joe exclamou sorrindo)
- Sim, não gosto de ficar longe de você! Você faz tanta falta. (Demi afirmou deitando a cabeça no ombro dele)
- Você também, pequena! Agora me conte, como se sente sendo uma arquiteta formada? (Joe perguntou afagando as madeixas ruivas)
- Cada vez com mais trabalhos, plantas e malditos projetos pra fazer. Vou te falar viu, preferiria cortar o estômago de alguém que nem você faz do que desenhar um monte de casas! (Demi)
- Eu não corto estômago de ninguém! (Demi)
- Claro que corta, pior que são estômagos de criancinhas, você não tem coração Jonas! (Demi exclamou brincando)
- Saudades das suas brincadeiras Lovato!, agora vim aqui não somente pra falar que estava de volta! (Joe)
- Não? (Demi)
- Meus pais já sabem disso e, a Selena também, ela nem reagiu muito bem alegando que era muito precipitado, mas enfim, é isso que decidi. E quero compartilhar minha felicidade com você que é minha melhor amiga! (Joe)
- A Sel não aceitou uma felicidade sua? Do que está falando? (Demi perguntou e depois tomou um pouco de água que estava em uma garrafinha ao lado do sofá)
- Há uns dois meses eu conheci uma mulher muito especial e me apaixonei, sei que é loucura, pode ser cedo, mas, vamos nos casar! (Joe exclamou sorrindo tudo que Demi havia digerido de água, veio como uma cascata pra fora...
Demi cuspiu tudo e paralisou.
Demi, você está bem? (Joe perguntou assustado)
E-estou engasgada... V-vou ao banheiro! (Demi sussurrou engasgada e correndo da sala)
Demi.. (Joe falou tentando segura-la, mas ela foi mais rápida.)

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



É isso ae galere, espero que estejam curtindo, to adorando isso aqui =D ainda tem muito mais pela frente!


bjo nas crianças!



 6 comentários para o próximo 




18 comentários:

  1. vish.....ferrou não acredito joe voltou para se casar,triste :(
    mais ta perfeitooo,não tem como não rir da Danny,eu tenho um amigo gay e tipo e engraçado de mais...kkkk.
    to amando,você aqui,serio *---*
    uma pergunta,lekinha qual e o seu nome de verdade??
    tirar uma duvida.
    posta logoooo,
    lekinha ou bebê.
    beijos >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UAHDUSHDASUHSDUSHSAUDHASUDHASUDHAU eu tb tenho alguns que nem o Danny.. e choro de rir tb.

      own obrigada amor, eu tb to amando estar aqui ;)
      meu nome de verde é o mesmo que o seu, Alessandra.. sou sua chará ;) ausdusdhsaudhasd
      bom se tiver mais 6 comentarios eu posto mais um hoje ;) vo colocar isso la em cima pra galera ler kkkk

      por mim qualquer um dos dois ta valendo ausdhsauhsaduas ;)

      bjus

      Excluir
    2. Nem vem , que Bebê sou eu TÁ dona alessandra ... sou ciumenta ! muito

      Hummm ... to vendo como vai ser com 2 Alessandra's na minha vida kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Amo vcs

      Excluir
  2. NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
    ELE NAO PODE E CASAR :'(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eh, o que será que vai acontecer? ainda tem bastante agua pra rolar debaixo dessa ponte aí
      bjus

      Excluir
  3. COMO ASSIM ELE VAI SE CASAR??? NÃO PODE!!!
    Ainda sim adorei.
    Posta logo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não pode né? ausdhasuhdsa

      brigada amor!
      postarei
      bjus

      Excluir
  4. OH GOD!!!!!!!!! Que lokoooo! posta logoooo! bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ficar mais ainda kkkkkkkkkkk
      sim sim
      bjus

      Excluir
  5. eu não acredito q ele vai se casar esse doido! posta logo !

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. ele não pode fazer isso ! ele e da Demi! posta logo amore, #ansiosa

    ResponderExcluir
  8. haha...i'm waiting for the another chapter! posta log....postou kkk

    ResponderExcluir
  9. AI MEU DEUS! POSTA LOOOOOOOOGO!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Ameiiiii... Posta logo.
    Bjs. Iza.




    ResponderExcluir
  11. oxiiii casar o que...
    Não deixa Demizzzz
    Que seguencia de mini fics perfeitas heim...
    Essa tbm tá maravilhosa como a ultimaaa
    Bjus

    ResponderExcluir

Sem comentários ........... sem capítulos!