15/03/2013

My Best Friend (Mini Fic. Cap 6)




(ADORO ESSA FOTO! MEU BB LINDO♥)

Quando chegaram no hall...

- Olá! (Miley exclamou descendo as escadas e indo na direção dos dois)
- Oi Mi. (Demi falou beijando a bochecha da amiga)
- Oi loira. (Nick afirmou cumprimentando-a)
- Vamos subir pra convencer a morena folgada a descer. (Miley)
- O que? (Nick)
- A Selena não quer descer de maneira alguma, a tia está implorando pra conseguirmos convencê-la a vir. (Miley)
- A Sel não tem jeito, cadê o Joe? (Demi)
- Está na sala de estar com a tal da Camila e, com os pais dele e dela. (Miley)
- Mas por que a Sel não quer descer? (Nick)
- Ela não aceita esse casamento, acha que o Joe está sendo precipitado. (Miley)
- Errada ela não está. (Nick)
- Mas também não precisa fazer isso, ela tem que pensar na felicidade do Joe. (Demi)
- Enfim, vamos subir e conversar com ela antes que ela desça pra fazer escândalo. (Miley afirmou rindo)
- Antes eu vou lá falar com o Joe. (Demi)
Miley e Nick subiram as escadas e Demi, os observou.
Respirou fundo antes de ir pra sala de estar que, já sabia de cor onde era.
Estava apreensiva e nervosa, pra não dizer que estava triste!
Chateada, desamparada, amargurada.
Encalhada!
Palavra certa pra afirmar o que Demi sentia, estava pior do que a Free Willy no meio da areia, só faltava ela ganhar um pouco mais de peso, também não seria difícil já que os chocolates estavam fazendo parte de seu cotidiano alimentar.
Mas, iria transparecer toda a alegria que seria apenas da boca pra fora, ou melhor, dos dentes pra fora!

- Dem! (Joe exclamou feliz ao vê-la parada na sala)

Demi sorriu sem graça, seu olhar automaticamente foi na direção de Camila.
Morena, alta, bonita e a tal que carregaria no dedo anelar esquerdo, uma aliança que teria gravado o nome de Joseph...
Uma vadia desgraçada que tinha ousado beijá-lo na boca e, outras coisas mais.
Burra com certeza era, Demi tinha convicção quanto a isso.
Mas o fato era que se sentia um nada perto dela, Demi não tinha pele morena, preferência de Joseph, não era alta nem com salto agulha de Drag Queen e, jamais carregaria aquela aliança no dedo, a tão sonhada aliança.
Sentiu-se pior ao ver que Marcela lhe media de cima abaixo, seria por causa de seu vestido minúsculo ou, sua feiúra perante ela?
Decepção, frustração e uma imensa dor no coração.
Sua rival era uma linda mulher, aquela que roubaria sem dó nem piedade seu melhor amigo, seu grande amor...

- Querida, que bom que chegou! (Denise afirmou sorrindo e se aproximando de Demi que acabara de voltar de seu transe)
- Oi! (Demi sussurrou timidamente)
- Vem Camila, vem conhecer a minha pequena. (Joe exclamou puxando a noiva)
- Pequena? (Camila sussurrou de maneira inaudível)
Demi engoliu em seco ao ficar cara a cara com Camila.
Sorriu sem graça, e tentando evitar a tremedeira...

- Oi Dem, que bom que veio! (Joe exclamou abraçando-a) Camila, essa é a Demi, minha melhor amiga!

Melhor amiga...
Nada mais do que
 melhor amiga!

- Até que enfim conheço a famosa Demi! (Camila falou sorrindo e cumprimentando-a)
- Olá! (Demi exclamou tentando demonstrar uma enorme simpatia)
- Vejo que é mesmo bonita, assim como me falaram! (Camila)
- Também é muito bonita, formam um casal lindo falando nisso. (Demi)
- Como está Demi? (Paul, pai de Joseph se aproximou cumprimentando-a)
- Bem tio e o senhor? (Demi)
- Melhor agora que minha loira preferida chegou. (Paul)
- Nossa loira preferida. (Denise)
- Vem conhecer meus sogros, Dem. (Joe afirmou puxando Demi)

Conhecer, conhecer, conhecer...
Pra que se o que mais Demi queria era correr daquele lugar, de preferência que seja um lugar deserto e sem vestígio de seres humanos.
Por que os sogros de Joseph não eram Dianna e Eddie?
Alguém poderia arranjar uma gilete pra Demi cortar os pulsos ou, um pedaço de fio dental pra ela se enforcar?
Pra falar a verdade, nem conseguiu entender nada do que Joe lhe falava, também nem fazia muita questão de saber, somente de planejar como seria seu suicídio.

- Querida, convence a Selena a descer, por favor! (Denise sussurrou em seu ouvido)

Quando deu por si, estava subindo as escadas e indo ao quarto de Selena.
Só havia escutado o pedido de Denise, nada mais...

- Posso entrar? (Demi perguntou colocando a cabeça pra dentro do quarto de Selena)
- Pode. (Selena afirmou deitada na beira da cama e com a cabeça pra trás)
Nick e Miley estavam sentados no sofá ao lado da cama tentando em vão convencê-la.

- Se veio aqui pra tentar me convencer, pode dando meia-volta! (Selena)
- Nossa, boa noite pra você também. (Demi exclamou entrando no quarto e, fechando a porta)
- Já tentamos de tudo, Demi. (Nick)
- E podem ir tentando que, não vão conseguir me convencer! (Selena afirmou convicta)
- Sel, pense na felicidade do Joe. (Demi afirmou sentando na cama)
- E estou pensando, por isso não vou descer, quem sabe assim ele se toca da besteira que vai cometer! (Selena)
- Então desce pelo menos pra bater nela, ou então pra mostrar que é mais gostosa. (Selena)
- Não dá idéia Mi. (Nick)
- Se o Joe for quebrar a cabeça, deixe. Sel, ele precisa de apoio, de carinho, não podemos ir contra as decisões dele. Ele deve estar magoado com você. (Demi)
- Para de bancar a moralista, está morrendo de vontade de chorar que eu sei bem. Nem venha desmentir, te conheço Devonne. (Selena)
- Pense o que quiser Sel, mas, ele é seu primo, ou melhor, seu irmão. Faça um esforço. (Demi)
- A Dem tem razão. (Nick)
- Vou descer pra vocês não ficarem me enchendo, aviso logo. (Selena)
- Eu sabia que você ia fazer isso! (Demi exclamou beijando a bochecha da amiga)
- Mas vou descer com uma roupa bem vulgar, vou fazer maquilagem de biscate e ainda vou dar em cima do pai dessa mocréia! (Selena afirmou rindo)
- Misericórdia. (Miley)
- Não faz isso, Sel. (Demi)
- Deixa ela Dem, vem, vamos ligar pro Danny e ver se ele já está a caminho! (Miley afirmou puxando Demi pra fora do quarto)
- Ninguém merece essas duas. (Selena exclamou tirando as meias)
- Vou com elas... (Nick exclamou sem graça e levantando-se)
- Não, pode ficar aí. (Selena afirmou erguendo os braços e tirando a regata que usava)
- S-Sel, o que está fazendo? (Nick perguntou arregalando os olhos, ao vê-la de sutiã)
- Qual o problema? Você é quase um irmão pra mim... (Seçena exclamou desabotoando o sutiã)...

Irmãos?
Encesto seria o crime ideal para aquele momento.

- V-vou sair, preciso falar com o J-Joe! (Nick sussurrou desconcertado e em seguida saiu do quarto de Selena)

Respeito ele tinha, mas sangue de barata, não!
Limpou a testa devido aos pingos de suor que escorriam, respirou fundo sentindo todo o corpo formigar.
Selena era como um vulcão, sempre adormecido, mas quando entrava em erupção, provocava grandes tragédias... De fato ela explodia!

- Que isso m-meu Deus! (Nick exclamou se abanando e engolindo em seco)

Desceu as escadas e, foi até a sala de estar.
Disfarçou sua inquietude e, sorriu ao se deparar com seu grande amigo.

- Pensei que tivesse se perdido pela casa! (Joe exclamou sorrindo e indo na direção dele)
- Na verdade eu me perdi, mas deixe pra lá. Não pensei que um dia sentiria saudades de um homem, mas foi inevitável cara. (Nick afirmou rindo e abraçando o amigo)
- Lhe digo o mesmo, mas ninguém precisa saber. (Joe)
- Como vai Nick? (Denise)
- Tia, quanto tempo não lhe vejo. (Nick exclamou sorrindo e cumprimentando-a)
- Bastante mesmo. (Denise)
- Onde estão as meninas? (Nick)
- Estão no escritório com meu pai, as malucas foram fumar charuto com ele! (Joe afirmou rindo)
- Menos mal, pior se fosse maconha. (Nick)
- Com certeza... (Denise afirmou rindo)
- E sua noiva? (Nick)
- Está lá fora com os pais, vem comigo que vou apresentá-la! (Joe)
- Quem diria, Joseph Jonas casando, isso de fato é engraçado. (Nick)
- Todo garanhão um dia encontra sua alma gêmea. (Joe)
- Nossa Joe, que coisa mais gay. (Nick exclamou rindo)

No escritório, Demi e Miley gargalhavam com as histórias que Paul contava, enquanto se engasgavam na tentativa de tragar o charuto, coisa que não pode ser feita!
Victor sempre fora um palhaço inveterado e, tinha uma ótima relação com os amigos de Joseph por considerá-los como filhos.

- Tio agora responde pra gente, o que achou da sua futura nora? (Miley)
- Achei bastante simpática e bonita! (Paul)
- Ela é linda. (Demi)
- Não é pra tanto, fora que vi uns vinte quilos de corretivo no rosto dela. (Miley)
- Isso por acaso é ciúme? (Paul perguntou rindo)
- Tio, até confesso que é difícil ver seu ex com outra, mesmo você não gostando mais dele, mas nesse caso minha irritação é outra, mas enfim se eles não assumem as coisas, quem sou eu pra falar alguma coisa, não é mesmo? (Miley afirmou alfinetando Demi)
- Não entendi o que quis dizer. (Paul)
- Deixe pra lá, tio. (Miley)
- Eu estou preocupado, acho esse casamento muito precipitado, nunca vi o Joseph nessa sede de casar, por mais que ele sempre falava que queria casar, ter filhos e tal, mas não sei se meu filho está tomando uma decisão certa. Os dois mal se conhecem, são jovens. Acho que ele deveria passar por esses anos de residência pra depois optar por dividir a vida com alguém, ainda mais quando ele conhece a pessoa há dois meses. Mas já conversei com a Denise, não vou me meter. Ele é maior de idade e sabe cuidar do próprio nariz. (Paul desabafou)
- Ele está feliz tio, isso que interessa. (Demi)
- Ele vai é quebrar a cara, isso sim. (Miley)
- Sabe de uma coisa, Dem? Sempre achei que meu filho se casaria com você. (Paul)
- Comigo? (Demi)
- Sim, nunca acreditei nesse amor de amigos, sempre levei fé que vocês queriam se envolver! (Paul exclamou rindo e deixando Demi vermelha de vergonha)
- Tio, não é só você que pensa assim, qualquer um que olha pra esses dois tem essa plena certeza. (Miley exclamou botando mais pilha)
- Vocês viajam. (Demi afirmou desconcertada)
- Confessa aqui, nunca deu nem um beijinho nele? (Paul)
- Tio seja mais direto, por acaso já transaram? (Miley)
- Mi! (Demi exclamou completamente sem graça)
- Tem que ser direta. Se envolveu ou não se envolveu? (Miley perguntou rindo)
- Claro que não, sempre fomos amigos e, um respeita o outro, só que ninguém entende isso de jeito algum. Mas o fato é que nunca rolou nada entre  eu e ele e, não vai rolar. (Demi afirmou séria)
- É uma pena, gostaria de vê-los juntos, mas infelizmente nem tudo é como queremos. (Paul)
- Agora me respondam uma coisa, eu sou ou não sou a mulher mais sexy do mundo? (Selena perguntou abrindo com tudo a porta e parando no meio do escritório)

Selena usava um vestido verde militar decotado com o comprimento até metade das coxas, nas costas tinham pequenos detalhes bordados com paetês formando um decote nadador. Calçava uma fina e alta sandália preta, os cabelos soltos e levemente ondulados, uma maquilagem que acentuava seus traços e, o perfume Carolina Herrera que, por onde passava deixava o rastro.

- Uau, que coisa mais linda! (Paul afirmou assoviando)
- Tio, obrigadinha. (Selena agradeceu sorrindo)
- Veio pra matar? (Miley)
- Pra assassinar você quis dizer, cadê a bruaca, quero conhecer? (Selena)
- Sel, está linda, mas não faça nada contra o Joe, deixa-o ser feliz. (Demi)
- Ah que saco, pare de defendê-lo tanto, isso irrita. (Selena)
- Defendo sim, não quero vê-lo mal. Se vocês não se importam com ele, eu me importo. (Demi)
- Viu tio, to falando que ela se envolveu. (Miley exclamou rindo)
- Eu vou procurar o Nick que eu ganho mais! (Demi afirmou saindo do escritório)
- Sabem o que é isso? Está morrendo de ciúmes e finge que o apóia com todo o coração de amiga fiel e companheira, ela não me engana. (Selena)

Do lado de fora, Danny acabara de chegar e, estava sendo apresentado para Marcela.

- Olá Camila, quer dizer que você é a mulher que vai colocar juízo na cabeça do médico? (Danny brincou)
- Ele tem bastante juízo, não é bebê? (Camila exclamou beijando a bochecha do noivo)
- Tem até de sobra, mas o problema é que não usa. (Danny exclamou rindo)
- Muito amigo você, hein? (Joe debochou)
- Sempre meu caro, e aí como anda a vida? Voltou de vez pra Nova York ou vai voltar pra Londres? (Danny)
- Voltei de vez, consigo as mesmas residências aqui em Nova York. E também quero me casar aqui, no meu país. (Joe)
- E pra quando vão encomendar o primeiro rebento? (Nick)
- Não, Deus me livre. Não quero filhos por um bom tempo, pra falar a verdade acho que nem nasci pra ser mãe. (Camila exclamou com os olhos arregalados)
- Ah, mas pelo que eu sei, o Joe tem loucura pra ser pai. (Danny)
- Por isso escolhi Pediatria, sei que ela vai mudar de idéia. (Joe)
- Óbvio que não. (Camila)
- Minha Diva Loira. (Danny exclamou sorrindo ao ver Demi se aproximando)
- Oie. (Demi)
- Como está? (Danny perguntou abraçando-a)
- Bem. (Demi)
- Tem certeza? (Danny)
- Absoluta... (Demi)
- Dem escuta essa, a Camila não quer dar um filho pro Joe. (Nick alfinetou)
- O que? (Demi)
- A Camila não quer dar um filho pro Joe, esse é o sonho dele não é? (Nick)
- Mas de repente não é o sonho dela, oras. (Demi)
- Mas ela vai mudar de idéia, só nos casarmos e ela já vai querer ver um monte de crianças correndo pela casa. (Joe afirmou convicto)
- E destruindo minhas cristaleiras e meus móveis? (Camila)
- Só comprar outros depois. (Joe)
- Essa vontade do Joe ser pai, só não supera a da Demi de ser mãe. (Danny também alfinetou)
- Ah, nem é mais tanto. (Demi afirmou sem graça e percebendo a jogada dos amigos)
- Imagine, vive me falando que está desesperada pra casar e ter filhos antes dos trinta. Ainda me contou que quase foi naqueles bancos de espermatozóides, só pra engravidar. (Danny)
- Danny. (Demi exclamou envergonhada)
- Sério Demi? (Joe)
- Claro que não, ele é louco. (Demi)
- Nem faça isso, seu corpo é tão bonito, não o estrague! (Camila)
- O corpo não importa, o que vale de verdade é a alegria que deve ser carregar um bebê no ventre e, depois cuidar, proteger. Amamentar então, deve ser mágico! Isso não tem preço! (Demi exclamou sorrindo, Joe a observava em silêncio)
- Fala se essa mulher não é pra casar? Casa comigo Dem? (Danny brincou sorrindo)
- Sai fora que você não gosta dessa fruta, ela vai casar comigo, não é mesmo? (Nick)
- Parem com isso. (Demi)
- Espero que consiga achar alguém que te faça ser mãe, senti uma sinceridade nas suas palavras. (Camila)
- Obrigada. (Demi)
- Olá! Olá, onde está a minha futura cunhadinha? (Selena exclamou chegando perto deles e, sorrindo com toda simpatia do mundo)
- S-Sel? (Joe exclamou pasmo)
- Bebê, estou aqui. Não vai apresentar sua noiva pra mim? Como faz isso Jonas? (Selena perguntou colocando as mãos na cintura)
- Isso não vai prestar. (Danny sussurrou no ouvido de Demi)
- C-Camila, essa é Selena minha p-prima, irmã. (Joe afirmou ainda pasmo)
- Olá querida, como está? (Selena perguntou dando dois beijos em cada bochecha de Camila)
- Oi Selena, estou bem. É um prazer conhecê-la. (Camila)
- Comigo acontece o mesmo, não imagina como é um grande prazer te conhecer. (Selena)

Denise apenas observava, estava com medo de que sua sobrinha fizesse alguma besteira, aliás, já desconfiava disso.
Mas Selena demonstrava o contrário, provavelmente uma tática pra atacar em surdina!

Todos já estavam na ampla sala de jantar, desfrutavam de um delicioso e requintado menu escolhido por Denise que, sempre fora especialista nesse quesito...

- Deliciosa essa comida. (Camila exclamou limpando a boca com o guardanapo de pano)
- Obrigada! (Denise)
- Realmente é deliciosa, até nos faz esquecer que têm milhões de calorias. Ainda mais no seu caso que, em breve usará um vestido de noiva, imagine casar com gordurinhas? Seria um vexame, se quiser te indico uma ótima dieta. (Selena)
- Meu Deus! (Demi sussurrou temendo o pior)
- Dieta, mas estou gorda? (Camila perguntou assustada)
- Depois dessa refeição? Com certeza. (Selena)
- Não se preocupe, esse menu é bastante selecionado, têm vitaminas que só fazem bem a saúde, não engordam. (Denise exclamou olhando feio pra Selena)
- Além do mais você está ótima assim e, continuará sendo. (Joe)
- Ah gostaria de lhe parabenizar pela gravidez. (Selena)
- O que? (Camila)
- Gravidez? (O pai de Camila)
- Meu Senhor da bicicletinha. (Danny sussurrou segurando o riso)
- Não está grávida? (Selena)
- Selena, o que está perguntando? (Joe)
- Desculpe, mas quando vi essa barriguinha dela achei que era gravidez, que vacilo o meu. Perdoe-me de verdade. (Selena exclamou fingindo surpresa)
Joseph a olhou querendo esganá-la, Selena retribuiu o olhar com um sorriso de simpatia.
Todos estavam constrangidos na mesa, menos Selena.

- Me respondam, quem vão ser os padrinhos? O Papa Léguas ou o Coelhinho da Rayovac? (Selena)
- Que? (Joe)
- Pra acompanhar a pressa de vocês, têm que ser um dos dois. (Selena)

Miley soltou uma alta gargalhada, mas ficou sem graça quando todos a olharam e, em seguida fingiu ser uma tosse.

- Vou pedir a sobremesa, acho que já está na hora. (Denise afirmou sorrindo sem graça e tentando cortar Selena)

Paul tentou puxar algum assunto, mas Selena sempre alfinetava de alguma maneira. Aquilo estava irritando de maneira profunda Joseph.
Demi apenas o observava e, certas vezes ele a olhava suplicando ajuda.

- Quando vai ser a data do casamento? (Selena)
- Ainda não decidimos, mas será o quanto antes. (Marcela)
- Ah, isso nós já sabemos. (Selena)
- Ia ser legal vocês casarem no dia do aniversário do Joe, tem um pouco mais de um mês! (Paul)
- Mais de um mês? Não tio, é muito. Eu acho que vocês deveriam se casar nesse momento, o que acham? A família dos dois está aqui, Danny pode muito bem dar o sermão e o Nick abençoa as alianças, eu entro de dama com a Demi e assim vocês serão declarados marido e mulher até que a morte os separe. (Selena)

Demi não aguentou, tomando as dores de Joseph, levantou-se e encenou...

- Selena, esqueci de te falar uma coisa. É muito sério, vem comigo. (Demi exclamou puxando-a)
- O que foi? (Selena)
- Vem comigo, é sério mesmo. Não pode mais ficar aqui, tem que vir comigo... (Demi afirmou tirando-a de lá)

Mas talvez não adiantaria, o clima já estava bastante pesado e, o jantar já havia sido estragado!...
Demi conseguiu levar Selena até seu quarto, respirou fundo quando fechou a porta...
Selena espumava de raiva.

- Por que me tirou de lá? (Sel perguntou indignada quando Demi a trancou no quarto)
- Como por que? Já estava há um passo do barraco. (Demi)
- Era essa a minha intenção, armar um barraco gigante. (Selena exclamou furiosa)
- Por que não pensa um segundo sequer no Joe? (Demi)
- É óbvio que estou pensando, ele não vai ser feliz Demil, é ilusão da cabeça dele esse casamento relâmpago! (Sel)
- Não está pensando coisa nenhuma, está sendo egoísta Se,l se ele quebrar a cara é porque tem que ser assim, mas não faça essas coisas com ele, prefere vê-lo mal? (Demi)
- Você quer enganar a quem com esse discurso de que presa a felicidade dele? (Demi)
- Não quero enganar ninguém, preso sim a felicidade dele! Bem diferente de você que, só quer que façam seus caprichos. (Demi afirmou alterada)
- Caprichos? Não é capricho meu ver que meu primo está fazendo uma burrada e, estou tentando alertá-lo. (Sel)
- Você já alertou, fez sua parte. Ele não aceitou, então aceite você! Ele é maior de idade, vacinado, tem uma profissão, estabilidade financeira. Por Deus, não se meta na vida dele. (Demi)
- Sabe de uma coisa, você é uma completa imbecil. Não move uma palha pra de verdade ser feliz, só fica dizendo que quer vê-lo feliz, mas sabe muito bem que se ele for feliz com essa Camila, você será infeliz pra sempre. Acorda pra vida, Demétria, se você ama uma pessoa, corra atrás, não fique nessa de melhor amiga pra sempre. Encare a vida, não seja essa menininha estúpida que sempre bancou com relação ao amor que você sente pelo Joe, seja mulher, assuma de uma vez por todas que você abomina esse casamento tanto ou mais que eu! (Sel)

Demi engoliu em seco tentando digerir as palavras.
Selena sempre sabia tocar na ferida, talvez sua graduação em Psicologia fosse a grande resposta pra esse jeito dela lidar com as pessoas, mas o fato era que ela conseguia enxergar as coisas, mas na grande maioria das vezes, passava dos limites!

- Você não sabe de nada, Selena. Acha que é a dona da verdade, que só o que você diz é certo. (Demi)
- Eu posso ser tudo isso aí que você disse, mas sei perfeitamente o quanto você morre de amores pelo Joe e, acho que mais do que ter ciúmes de ver meu primo casando, é ver que a pessoa que está do lado dele não é você! (Selena afirmou sincera)
- Somos amigos, entenda isso! (Demi)
- Cacete, não estou falando que vocês têm um caso. ESTOU FALANDO QUE VOCÊ AMA ELE E ELE TE AMA, SERÁ QUE É DIFÍCIL ENTENDER OU PRECISO GRITAR BEM ALTO PRA TODO MUNDO OUVIR? (Selena explodiu)

- Para de gritar, ficou maluca? (Demie)
- FIQUEI. (Sel)
- Definitivamente você passou dos limites, por mais contra que esteja, não devia reagir dessa forma. Quer saber a real, o que parece é que você que é apaixonada pelo Joe. É uma crise de ciúmes por acaso? (Demi)
- Ciúme, óbvio. Ele é o meu primo caçula, meu irmãozinho bebê. Essa aprendiz de cortesã está tentando roubá-lo de mim, mas você não entende mesmo. ACHA QUE SOU MALUCA DE ME APAIXONAR POR MEU IRMÃO? (Selena mais uma vez explodiu)
- De você eu não duvido de mais nada. Quer saber de uma coisa? Vou embora que eu ganho mais. (Demi)
- Vai mesmo, vai embora e depois liga pro Joe dizendo que eu sou uma maluca despeitada, que ele será muito feliz com a Camila e você estará linda e ruiva no altar como madrinha, testemunhando a sua derrota, o seu fracasso. Sabe por que Demétria? Porque você tem a faca e o queijo na mão, mas prefere enfiar a faca no seu estômago, do que cortar o queijo! Vai sua idiota, vai correndo pra sua cama, chorar a noite inteira e no futuro ser uma mulher frustrada. (Selena)

Demi a olhou com os olhos cristalinos de lágrimas...
Selena havia sido ainda mais profunda, não apenas tocou na ferida. Também a cutucou com ponta de faca.
Demi deu um passo pra trás, mexeu na maçaneta ao mesmo tempo em que tentava controlar suas mãos que tremiam, sempre tinha isso quando segurava o choro.
Selena sentiu que, havia pegado pesado!

- Demi, espera. Desculpa, falei coisas demais. (Selena)

Demi continuou mexendo na maçaneta...

- Dem? (Selena)
- NÃO FALA COMIGO, ME DEIXE EM PAZ. (Demi explodiu destrancando a porta do quarto e, saindo feito um furacão)
- DROGA. (Selena gritou sentando na cama e sentindo os olhos ficarem levemente molhados)

Nunca havia tido uma discussão tão séria com Demi que, das mulheres era sua melhor amiga.
Já haviam brigado algumas vezes, mas sempre por motivos banais, coisas que não eram tão importantes.
Mas dessa vez, foi tocado em coisas que, machucavam e feriam os sentimentos, que frustravam ainda mais aqueles que já não acreditavam em uma solução.



---------------------------------------------------------------------------------------


OIE amoressssssss =))) SAUDADES DE MIM ??? ~não né kkk TÁ!

Mais e ai ?? gostando da fic ?? EU TBM =)) estou lendo na hora de editar e está bem legal *---------*  Bom , eu estava com saudades =)) LEKA ... diz que eu estou com ciúmes ... sqn , é apenas saudades!

BOM , postei agora pq daqui a pouco tenho curso e não sei se a LEKA vai poder postar hoje ... estão =) está ai.



♥ 6 comentários para o próximo ♥



25 comentários:

  1. MEU DEUS DO CÉU O.O
    QUE ISSO GENTE?
    Perfeito demais
    Poste logo por favor
    Xoxo
    Nathy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahsuhaushuahs Que bom que gostou =))

      postaremos logo logo XD

      bjssssss

      -Juh

      Excluir
  2. Cara serio a Selena e do bonde das maravilhas...
    Fode dançandooooo kkkkk
    ela tá pika na fic,posta mais um vai
    salva a nossa sexta feiraaaa
    tô morrendooooooo
    Bjus
    #Perfeitooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hauhsuahs está mesmo =))) Vamos salvar , logo logo tem outro =))

      bjsss

      -Juh

      Excluir
  3. ta muito bom*-* to com pena da Demi mas tudo vai dar certo! Posta mais um hj ou mais de um, por favor ! posta looooooo..bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma, é de dar pena mesmo mas tudo vai se resolver =)

      Vamos sim , daqui a pouco tem outro =)

      bjsss

      -Juh

      Excluir
  4. posta looogoooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. POSTA MAIS UM HJ! PLEASE! BEIJOCAS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vamos sim , espera só um pouco XD

      daqui a pouco tem cap novo =)

      bjsss

      -Juh

      Excluir
  6. Ei concordo com o povo ai, posta mais um hoje ja que e sexta! ou então faz uma maratona no fim de semana ! beijemi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vamos sim , espera só um pouco XD

      daqui a pouco tem cap novo =)

      bjsss

      -Juh

      Excluir
  7. Amando a fic comecei a ler hj o seu blog e ele e muito lindo ! posta maisss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado =)) espero que continue gostando da fic =)

      bjsss

      -Juh

      Excluir
  8. postaaaaaaaaaaaaaaa pleaseeeeee kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. bebê,morrendo de saudades de você!!!
    rir de mais da selena,gente do sel,mandou
    a ver,só exagerou um puco com a demi,mais
    foi engraçada,kkkk.
    ta muito perfeitooooooo,
    e não fique com ciúmes,kkkk,você e muito
    especial,a leka também,as duas estão empatadas,
    kkkk.
    posta looogoooo,
    ~lê eu ansiosa~
    beijos >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bebêeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee ... nem tem graça falar por aqui , to com vc no face hsuahsuahsuhas

      Sou ciúmenta mesmo haushuahsuahsuas mas to "RELAXE"

      BJSSS

      -Juh

      Excluir
  10. o nome da noiva do Joe é Camilla ou Marcela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é camila ... desculpa ... eu errei na hora de editar

      Excluir
  11. so ñ entendi uma coisa...é Camila ou Marcela o nome da noiva do Joe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é camila ... desculpa ... eu errei na hora de editar

      Excluir
  12. POOOOOOOOOOOOOOOOSTAAAAAA PLEASE TA PERFEITO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem q gosta XD Logo logo tem mais =))

      bjssss

      -Juh

      Excluir
  13. Eu amei. Seu blog e divo. Posta logo. Bjs.
    Iza.

    ResponderExcluir

Sem comentários ........... sem capítulos!