17/03/2013

My Best Friend (Mini Fic Cap 9 - Maratona)



If you just realize, what I just realized, That we'd be perfect for each other, and we'll never find another”





Era um sábado à noite.
Selena, Nick e Demi estavam assistindo um filme na casa de Joseph.
- O que acham de apimentar essa noite? (Sel perguntou sorrindo maliciosamente)
- Se for suruba eu estou dentro! (Nick afirmou rindo)
- Para de ser assanhado. (Sel)
- O que quer fazer? (Joe)
- Tem baralho e alguma bebida? (Sel)
- Tenho dois baralhos e, tem Tequila e Vodka. Por quê? (Joe)
- Pensei em brincarmos de Streep pôquer e, cada vez que a pessoa perder tira uma peça de roupa e, bebe um copo de Tequila ou Vodka, tanto faz. (Sel)
- Olha que safada. (Nick exclamou rindo)
- Ah não quero, sabem muito bem o quanto sou péssima pra jogos. (Demi)
- Pra fazer cálculos mirabolantes e plantas gigantescas você é boa, mas pra jogar não? (Sel)
- Não faço muitos cálculos, isso cabe ao engenheiro sua pamonha. Mas definitivamente não sei jogar quase nada. (Demi)
- Já que á assim, então fazemos duplas, eu e a Dem e a Sel com você! (Joe exclamou apontando Nick)
- Assim não tem graça. (Nick)
- Concordo, te passamos a regras e começamos a jogar, mas sem dupla. (Sel)
- Isso não vai dar certo. (Demi)

Joe tentou ao máximo passar as regras e como jogava, mas a morena parecia não entender nada...
Quanto mais explicavam, mais ela se confundia.
Até que ela fingiu que havia entendido, foi quando eles começaram as partidas de pôquer.

- Então vamos lá, a cada partida, a pessoa que tiver a menor pontuação tira uma peça e toma um copo das bebidas, se pegarmos algum truque ou se estiver roubando, tira duas peças e toma dois copos. (Sel)
- Podíamos fazer uma coisa, a pessoa que mais perder, vai pagar a pizza de amanhã! Concordam? (Nick)
- Concordo. (Joe)
- Fazer o que né. (Demi afirmou já pensando no dinheiro que tinha em sua conta bancária, pra poder bancar no dia seguinte a pizza)

Na primeira rodada, Demi pegou as cinco cartas na mão e, não sabia o que fazer.
Estava com quatro Azes e um rei, não fazia idéia de que estava com uma das maiores pontuações na mão.
Achou que o Az era ruim, mal sabia que era a carta mais valiosa do jogo!
Acabou trocando os Azes e, perdeu para os amigos.
- Pode começando, Lovato. (Selena afirmou rindo)
- Acho que devemos considerar a Dem como café-com-leite, ela não sabe jogar. (Joe)
- Nem vem defender cara-de-pau, ela aceitou então vai ter que cumprir com o prometido! (Nick)
- Não se preocupem, vou cumprir. (Demi)

Demi sentou no sofá e, tirou a bota sem salto preta de camurça, pegou um copo de Tequila e virou com tudo, tossindo em seguida.

- Arriiiiiba Dems, vamos continuar. (Nick falou rindo)

A sorte estava do lado da morena, mas como ela não sabia administrar, sempre trocava as cartas que eram de pontuação alta.

- Mais uma! (Demi exclamou rindo, já bêbada e, com apenas a saia jeans e uma frente-única preta)

Demi virou mais um copo de Tequila, sem deixar de gargalhar e ia desabotoar a saia quando Joseph levantou.

- Ela não vai tirar mesmo, olha aonde essa brincadeira foi parar. (Joe)
- Ah que saco, você sempre estraga as brincadeiras! (Sel)
- Isso é verdade, qual o problema hein? Somos todos amigos e, no seu caso e da Sel são primos. Não pega nada, fora que cortou bem a hora que íamos nos deparar com o corpo perfeito da morena. (Nick)
- Eu vou tirar hein! (Demi exclamava completamente bêbada, depois gargalhava sozinha)
- Olha o estado dela, não vou deixar que ela tire a roupa mesmo. Nem que essa brincadeira ridícula continue. (Joe)
- Aff quanto ciúmes, está com raiva porque vou vê-la sem roupa? Não se preocupe, respeito à Demi tanto quanto você, ou até mais. (Nick)
- Percebo o quanto você a respeita. (Joe exclamou bravo)
- Agora quem não quer mais brincar sou eu, vocês me irritam definitivamente. (Selena)
- Quer beber um pouquinho, bebê fofo. (Demi exclamou rindo e apertando as bochechas de Joe)
- Vou te fazer tomar café! (Joe)
- Café com Tequila ou com pitadas de Vodka? Será que é “Cafódka” ou “Tequilé”? (Demi afirmava entre gargalhadas e tentando ainda continuar com a brincadeira de tirar a roupa)


Mais uma vez Joe impedia que faltassem com respeito à Demi.
Por mais que estivessem entre amigos, sabia bem das intenções de Nicholas quanto às mulheres.
Não queria nem pensar na possibilidade de Nick estar com ela, se ele a fizesse sofrer, teria que matá-lo, sem sombra de dúvidas.

- Não foi ciúme, foi respeito. (Joe)
- Respeito? Joe, o Nick respeita mais a Demi que a própria mãe. (Sel exclamou rindo)
- Ok, sinto ciúmes dela mesmo. Qual o problema hein? Ciúme entre amigos existe! (Joe)
-
Sexo também? (Selena)...
- Que? (Joe)
- Como o que? Sexo entre amigos, sei que conhece o termo ‘amizade colorida’. (Sel)
- Aonde quer chegar com essa pergunta? (Joe perguntou erguendo uma das sobrancelhas)
- A Miley hoje em dia é sua amiga, mas já foi sua namorada e sei que transaram. Mas e quanto à Demi? (Sel)
- Quando vai perceber que entre eu e a Demi só rola amizade? (Joe)
- Nem depois da minha morte. (Selena exclamou rindo)
- Sel, a Dem é uma garota incrível, é inteligente, linda, sexy e de fato apaixonante, mas o carinho que sentimos um pelo outro é de amizade, de irmandade, igual entre eu e você! (Joe)
- Já parou pra perceber que a maioria das amizades entre homens e mulheres acaba de duas maneiras, na cama ou no altar. Isso é fato! (Sel)
- Na minha vida será diferente... (Joe exclamou mexendo na barra de sua camisa)
- É bom se apaixonar por um amigo, pelo menos ele é fiel a você. Diferente do Justin. (Sel afirmou suspirando)
- Esquece ele, aquele desgraçado não merece seu sofrimento, ele vai ter o que merece. (Joe)
- É, deixa pra lá não é mesmo? Já ouviu falar que até pé na bunda te empurra pra frente? (Sel)
- Só você mesmo pra fazer piadinhas da sua própria desgraça. (Joe afirmou rindo)
- Joe? (Sel)
- Sim? (Joe)
- Tem certeza que quer casar? (Sel)
- Vai voltar nesse assunto? (Joe)
- De verdade agora, sem discussões ou baixarias. Faz idéia de que sua vida nunca mais será a mesma? Joe, ela nem quer te dar um filho, algo que você sempre quis ter. (Sel)
- Com o tempo ela muda de idéia. (Joe)
- Pare de se enganar, meu primo. Pense bem antes de cometer uma besteira, tem uma vida pela frente e, um casamento com amor já não dá certo, que dirá sem... (Sel)
- Como assim sem amor? Claro que tem. (Joe)
- Tem certeza? (Sel)

Depois dessa pergunta, Joe ficou calado...
Será que gostava ou amava?
Aliás, será que amava ou estava fugindo de seus verdadeiros sentimentos?
Será que os fatos que passaram, ainda o afastavam pra nunca mais ir atrás do que verdadeiramente queria?
A data do casamento de Camilla e Joseph foi marcada pro dia do aniversário dele, 15 de agosto, assim como havia sido sugerido por Paul...
Faltava pouco menos de um mês e, os nervos começavam a ficar à flor da pele.

Estavam todos os padrinhos e os noivos reunidos na Catedral localizada no Up East Side, iriam começar o primeiro ensaio da cerimônia.
Miley seria madrinha junto com Danny, Selena com Nick já que ela não estava mais com Justin e Demi com Kevin, um dos melhores amigos de Joe.

Demi estava parada olhando a bela e doce imagem de Nossa Senhora.
Há alguns anos, estava desesperada e, foi levada até essa Catedral e, aquela imagem havia a tranqüilizado, mas claro com a presença de Joe, mais ainda.

Demi aos seus poucos doze anos, teve que se deparar com o fato de perder um ente querido...
Mais uma vez, contava com a amizade e o carinho de Joseph, que estava com treze anos.

- M-minha avó morreu! (Demi exclamava chorando)
- Dem, não fique assim, agora ela virou um anjinho! (Joe falava tentando acalmá-la)
- A minha vózinha, n-ninguém nunca mais vai m-me contar aquelas histórias de v-vida dela, de quando ela c-conheceu meu avô! Aquele jeito c-carinhoso que ela tinha, quando e-ela tricotava uma blusa nova p-pra mim. Eu q-quero minha vózinha de volta! (Demi afirmava aos prantos)
- Sei que é difícil perder alguém que você ame, mas infelizmente depois que morremos não temos como voltar. (Joe afirmou abraçando-a)




Era tão difícil vê-la sofrendo, vê-la chorar...
Joe ficava arrasado toda vez que via lágrimas naqueles belos olhos amendoados, da qual ele sempre foi fascinado.
O olhar dela, era o aconchego que ele sempre procurava e, vê-los tristes o levavam a mais profunda angústia.

- Quando eu era menor, pouco antes de te conhecer, eu tinha um cachorrinho que eu amava muito, mas ele acabou morrendo atropelado. Eu fiquei muito mal, mas minha mãe me levou em um lugar que me fez muito bem, sei que não se compara um cachorro com uma avó, mas eu sofri bastante e quero te levar lá! (Joe exclamou mexendo nos cabelos da amiga)
- A - aonde? (Demi perguntou esfregando um dos olhos)
- Vem comigo. (Joe)

Denise os levou de carro até a porta, ficou dentro do mesmo esperando e sorriu ao ver os dois descerem abraçados, admirava muito a amizade deles.

- U-uma igreja? (Demi perguntou entrando na catedral)
- Sim, é bom porque aqui você pode pedir pra Deus cuidar da sua avó! (Joe)
- Deus não vai me escutar, ele não me escutou q-quando eu p-pedi pra ele não d-deixar minha vózinha s-sofrer mais. (Demi)
- Ele escutou sim, do contrário ela ainda estaria viva e cheia de dores como estava. Agora ela está feliz e, tenho certeza que guiará sua vida, seu caminho. Ela vai ser seu mais novo anjinho da guarda. (Joe afirmou sorrindo)
- O-obrigada por e-estar a-aqui. (Demi exclamou chorando e abraçando-o forte)
- Obrigada você, pequena! (Joe)

Aquela era a primeira vez em que Joe havia chamado-a de pequena!

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Galera, perdão pela demora, é que tinha que terminar de editar, e por causa da chuva que caiu fiquei presa na igreja, mas vou tentar postar os 4 ou 5 capítulos da maratona que prometi ok? Obrigada pelos comentários, vcs são umas fofas =D
Bju nas crianças!


15 comentários:

  1. Maratonaaa \o
    posta por favor!

    ResponderExcluir
  2. Morro de rir com as partes da Demi bêbada,e o Joe tem se tocar logo,enfim esta perfeito e posta logoooooooooo

    ResponderExcluir
  3. Aaaaaahhhh perfeito !!!! Posta mais :)) quero jemi logo >< bjs

    ResponderExcluir
  4. Postaaa logo! Hey qto tempo pra acabar essa mini fics perfeita?? Bjs

    ResponderExcluir
  5. Lekinha,tá muito Perfeito,maratona tá maravilhosa.
    Adorei o momento do joe e da demi crianças foi fofo de mais <3<3<3<3<3<3<3<3
    Hum....joe com ciúmes da demi,aí eu piro ».«
    Concordo com a sel,casamento sem amor,não e casamento......
    Posta logoooo,
    Beijos ;)

    ResponderExcluir
  6. Tá perfeitoo amores tá maravilhossoooooooo agora só falta os Jemi se acertarem terem filhinhos e se casarem amoo fics com os jemi casados e com bebes kkkk dou muito palpite né bjs e POSTA LOGOO

    ResponderExcluir
  7. olhaaa a del ainda vai dar uns bufetes nesses dois...kkkkkk
    mais que chove num molhaaaa
    bjuss
    proximoooo por favor

    ResponderExcluir
  8. Postaaaaaaa logo,
    Queremos +++++++

    ResponderExcluir
  9. AII MINHA NOSSA SENHORINHA DA CHAPINHA NAO PARA NESSAS PARTES NÉ FIA É MUITO ARRISCADO DE EU MORRER ANTES DE VC TERMINAR ESSA MINI FIC

    ResponderExcluir
  10. Ta muito lindo! Posta mais! Não durmo cedo msm. Kk ! Bjs..

    ResponderExcluir
  11. Oooi fui eu que pedi a maratona , obrigada por esta fazendo ela , pq to mt viciada na fic oaskaosksoak ! Posta logo ! Beijocas...

    ResponderExcluir
  12. Vai postar ainda hj ? Posta mais logoooo! Beijemi

    ResponderExcluir
  13. POOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSTA!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Sem comentários ........... sem capítulos!