17/03/2013

My Best Friend (Mini Fic Cap. 8)




(Muito linda !!! So Cute ♥)

Demi acordou sentindo a respiração de Joe em sua nuca.
Abriu os olhos e, percebeu que as mãos dele envolviam sua cintura e, o corpo colado nas costas dela.

Sentiu o estômago revirar e, sua respiração ficar ofegante.
Apenas uma aproximação dele era fatal, mesmo que ele estivesse dormindo!

- Ai meu Deusinho, não me tortura. (Demi sussurrou tentando se mexer na cama)

Mas era impossível, Joseph era muito maior que ela e, claro mais pesado.
Mas o fator principal era que ela não queria sair dali, de maneira alguma...
Conseguiu virar, ficando cara a cara com ele.
Passou o polegar por todo seu rosto, que ela julgava ser de um bebê...

Passou o nariz na bochecha dele, cheirou o pescoço e, atingindo o máximo de seu limite, deu um selinho, sentindo a forte aceleração de seus batimentos cardíacos!
Depois disso, levantou da cama respirando fundo, se espreguiçou e foi em direção ao banheiro.
Banho gelado seria a coisa que a impediria de ir fundo no que queria, por mais difícil que fosse resistir, teria que ser. Pelo bem dos dois, pelos anos de amizade e, pelo que ficou lá atrás.
Apenas lembranças...

Entrou debaixo do chuveiro e, se segurou pra não desabar mais uma vez em lágrimas.
Mas o choro teimoso e silencioso fez parte de seu banho.
Teria que esquecer de uma vez por todas essa ilusão imbecil de que um dia seria algo mais que uma amiga, tinha que se conformar antes que quebrasse ainda mais a cara.
Mas sabia que ela era a culpada.
A única!
Mais uma vez a respiração dele aproximava-se da nuca dela, o vapor do chuveiro e o calor que emanava do corpo dela camuflavam-se em sensações de prazer.

Demi fechou os olhos quando sentiu que ele abusava de beijos em seu pescoço e, as mãos possessivas que tomavam seus seios.
Ela já estava entregue, mesmo sem começar com nada!

Virou de frente e, se afogou em um beijo que exalava paixão, o encontro de seus lábios e o êxtase provocado pelo contato entre as línguas.
Estavam sem limite, queriam extravasar amor e prazer, sentiam o tesão aflorar-se a cada toque.

- J-Joe... (Demi sussurrou quando sentiu que ele aos poucos se encaixava nela)

Suspiros, gemidos baixos ao pé do ouvido!
Compartilhavam a mesma sensação, os mesmos movimentos e, o amor!
Cúmplices não somente na amizade, mas também na paixão.

- Demi, Dem!

E toda a explosão e ardência da paixão, fez com que ambos repousassem seus corpos lado a lado, compartilhando mais uma vez de um amoroso beijo e uma deliciosa troca de cari...

- DEMI, HEY MORREU? (Joe)

Demi arregalou os olhos enrolada em uma toalha, Joe a olhava sem entender, ela estava voltando do transe.
Aliás, estava frustrada quando se deu conta de que tudo era fruto de sua imaginação

- Está tudo bem? (Joe perguntou ao vê-la em choque)
- S-sim. (Demi gaguejou)
- Está pálida! (Joe exclamou tocando as costas da mão nas bochechas dela)
- É s-sono, cansaço. É i-isso. (Demi)
- Vai descansar pequena, ainda é cedo. (Joe)
- Não, vou ver se adianto umas plantas. (Demi)
- Mas hoje é domingo, vai descansar, dormir e amanhã você pensa em trabalho! Vai acabar doente. (Joe)

Médico?
Então seria interessante adoecer e tê-lo por perto...
Demi mais uma vez caiu do cavalo, isso já não era mais possível! Ele ao lado dela somente como amigo.

- Não vou ficar doente. (Demi)
- Eu estou aqui pra cuidar de você, afinal de contas eu cuido de pequenos e pequenas! (Joe exclamou sorrindo)

Como aquela palavra era boa aos ouvidos de Demi.
O jeito carinhoso sempre foi o ponto principal pra se apaixonar por ele!
A beleza interna e externa e, aquele sorriso perfeito que a deixava louca.
Claro que não vamos informar as preferências físicas.

Demi correu até o closet e, colocou um vestido branco.
Ele a esperava sentado na cama...

- Dem, estou indo embora... (Joe)

Até ia continuar a conversa, mas seus olhos foram rapidamente em direção do colo dela, pelo vestido ser branco e, seus cabelos estarem molhados, estava tudo transparente na parte de cima da roupa...
Ah tentação que assombra as pessoas que definitivamente não têm sangue de barata!
...

Alguns dias haviam se passado, Joe já havia começado sua residência no hospital que Paul, seu pai, era o diretor chefe.
Paul que havia sido um dos grandes conselheiros do filho pra seguir a mesma profissão que a sua, porém, ele sabia que Joseph tinha talento e amor pelo que fazia.

Selena e ele não estavam se falando ainda, nem mesmo o essencial. Apesar de que estavam loucos pra pedirem desculpas um ao outro, ainda mais Selena que estava carente devido à crise em seu relacionamento com
Justin.

- O Doutor Jonas está disponível? (Selena perguntou chorosa na recepção do hospital)
- Vou dar uma verificada, o que é dele? (a recepcionista)
- Prima. (Selena)
- Então é sobrinha do Doutor Paul? (a recepcionista)
- Sou sim. (Selena)
- Ok, só um instante, por favor. (a recepcionista respondeu depois de abrir um grande sorriso devido quem Selena era)

Na ala do pronto-socorro da pediatria, Joe atendia uma garotinha de quatro anos que, estava com desidratação.

- Aqui dói? (Joe perguntou apertando o abdômen da garotinha)
- D-dói! (a garotinha exclamou chorando)
- Dói mais algum lugar? (Joe)
- A-aqui! (a garotinha exclamou apontando a cabeça)
- O que ela tem, doutor? (a mãe da garotinha perguntou aflita)
- Desidratação, ela comeu algo diferente ou está sem alimentação? (Joe perguntou anotando algumas coisas no prontuário da garotinha)
- Fomos em uma festinha ontem, ela comeu muito brigadeiro. (a mãe)
- Pode ser isso, vou receitar uma medicação injetável e algumas horas no soro. Vou passar um antibiótico pra ela tomar em casa. (Joe)
- Não q-quero tomar injeção, dói o b-bumbum! (a garotinha exclamou aos prantos)
- Te garanto que não vai doer nada, princesa. Tem uma tia aqui que dá a injeção e a gente nem sente. (Joe afirmou sorrindo)
- Você c-chora quando toma i-injeção? (a garotinha)
- Quando essa tia aplica, eu não choro. Você vai ver. (Joe afirmou piscando pra garotinha que esfregou os olhinhos envergonhada)

Depois que atendeu a garotinha, foi verificar se havia mais algum prontuário em seu nome.
O hospital estava vazio e, seus atendimentos haviam chego ao fim.
Estava indo em direção da sala onde os médicos guardavam seus pertences, mas foi abordado pela recepcionista.

- Joe! (a recepcionista)
- Oi? (Joe)
- Sua prima está te esperando. (a recepcionista)
- Minha prima? (Joe)
- É, uma morena bonita, com o cabelo mais ou menos aqui! (a recepcionista afirmou passando a mão um pouco abaixo do ombro)
- O que a Selena quer, meu Deus. Ok, obrigado, vou pegar as minhas coisas e já estou indo pra lá! (Joe exclamou sorrindo)

Joe tirou o jaleco e, vestiu sua camisa branca.
Deu uma olhada no espelho e, pegou sua carteira e chaves do carro.
Fechou seu armário e foi até a recepção.
Selena estava sentada, quando ele apareceu, a morena deu um pulo da cadeira e o abraçou apertado.

- Sel, o que foi? (Joe perguntou estranhando o abraço dela, ainda mais que ela estava chorando)
- J-Joe! (Sel)
- Que foi? (Joe)
- O
J-Justin... (Sel exclamou aos prantos)
- O que tem ele? (Joe)
- M-me traiu, ele me traiu... (Sel)
- Como assim? (Joe)
- E-eu fui no apartamento d-dele, estava aberto e q-quando entrei no quarto d-dele, ele estava c-com outra na cama! (Sel exclamou entre soluços)

Joe nada disse, apenas abraçou a prima com carinho.
Mas em seu subconsciente, queria estrangular
Justin, já que nunca havia ido com a cara dele, ainda mais depois dessa...

Como Sel havia ido de táxi, voltou de carro com o primo.

- Quer ir comigo ver o estado do meu apartamento? (Joe perguntou bagunçando o cabelo da prima enquanto dirigia)
- Aquele no prédio da Dem? (Sel)
- Sim, vou só fazer uma faxina geral nele que, deve estar cheio de poeira e, vou morar lá! (Joe)
- Hum... (Sel sussurrou aérea)
- Sel, sei que é difícil essa parada de traição, mas não quero que fique assim, esse imbecil não merece uma lágrima sua. (Joe)
- J-Joe, deixa isso pra lá. Q-quero te pedir perdão, p-pelas coisas que te f-falei, por n-não estar f-falando com você há dias. (Sel afirmou chorando)
- Só te perdôo se você me perdoar. (Joe exclamou sorrindo e passando o polegar na bochecha da prima)
- P-perdôo... (Sel)
- Morena linda, eu te amo sabia? (Joe)
- Eu também m-meu bebê c-cheiroso. (Sel exclamou deitando a cabeça no ombro do primo)

Alguns minutos depois e, lá estavam abrindo a porta do apartamento.
Quando entraram, Joe começou a espirrar de tanta poeira que tinha...

- Parece que faz séculos que alguém não entra por aqui. (Sel)
- Pouco menos de um ano, atchin! (Joe)
- Saúde. (Sel)

sentaram-se no chão da sala, em frente a uma mesinha de vidro que ficava no centro...
Apesar da poeira excessiva, era visível o quanto o apartamento era luxuoso!

- Sabe do que eu me recordo nessa sala? (Sel)
- Do que? (Joe)
- Daquela vez que fizemos o streaper pôquer e ainda com Vodka e Tequila! (Sel exclamou rindo)
- Óbvio que a Dem ficou quase pelada e ainda bêbada. (Joe)
- A Dem é péssima com jogos de baralho, mas eu lembro muito bem como você ficou bravo porque ela teve que tirar a roupa. (Selena afirmou rindo)
- Claro que fiquei bravo, o Nick começou com brincadeirinhas ridículas. (Joe)
- Você ficou morrendo de ciúmes dela, isso sim. (Sel)



----------------------------------------------------------------------------

OIEEEE AMORES !! eu disse que ia postar e está aqui =))) OBRIGADA pelos comentários dos capítulos anteriores okay =)) 

Bom , não sei se a Leka vai postar hoje ... então se ela não postar , amanhã tem mais !!! bjsssssssssssssssssssssss minhas Pipoquinhas ♥



♥ 8 comentários para o próximo ♥


14 comentários:

  1. Bebe meu amorrr,<3<3<3<3<3<3<3<3
    Coitada da selena,traição deve ser horrível !!!!!
    Adorei o joe cuidando da menina,foi tão fofo,to até imaginando o joe sendo pai,deve ser tão coruja.
    Na hora que a demi tava imaginando ela e o joe,eu pensava que era verdade...kkkkkkk.
    ~lê eu sonhando~
    Tá muito perfeito,to mais do que amando,me apaixonei.....
    Posta logo amores !!!
    Não demore,vocês sabem o quanto eu sou ansioso....

    ResponderExcluir
  2. oxiiii
    tô cada dia mais ansiosaaaaaa
    coitada a Sel,ela nem fez barracoooo
    kkkkkkkkkkkkkk
    bjussss

    ResponderExcluir
  3. Como assim... Era a imaginacao da Demi... Poxa...
    Esses dois tem que se pegar logooo. tortura não...
    Postaaa hoje pleaseee

    ResponderExcluir
  4. Ta lindo! Parabenssssssssssssss

    ResponderExcluir
  5. Ta lindo ! Eu to esperando Jemi finalmente juntos ..... Mas até lá neh posta maisssss kk ! Bis

    ResponderExcluir
  6. Tb quero Jemiiii! Posta logo!!! Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Hey sweet. Posta logo! Faz alguma maratona, pq to viciada na fic oaskaosksoa !! Beijemi

    ResponderExcluir
  8. Meninas amadaaaaaaaaaaaaas

    eu cheguei agora em casa, to louca de tanto trabalho, e não deu pra postar hoje.. talvez amanhã eu poste a noite.. pq ainda tenho coisas pra fazer..ma stentarei ao máximo vir postar pra vcs ;)
    obrigada pelos comentarios ;)

    bju nas crianças!

    ResponderExcluir
  9. Como assim era imaginaçao da demi :/ eu pensei que era vdd! eck iweogpwjfowb
    O joe é tao fofo com as crianças <3
    Posta logo... Beijos

    ResponderExcluir
  10. NECESSITO DE JEMI jisufijdjfdaidja
    kkkkkkkkk ojoe com ciumess <333

    ResponderExcluir
  11. POOOOOOOOOOOOOOSTA!!! TO APAIXONADA PELA MINI... PLEASE POSTEM LOGO!!

    ResponderExcluir
  12. Pelo amorrr................

    Poooooosta.....

    <3

    Karen Lovato Jonas

    ResponderExcluir

Sem comentários ........... sem capítulos!