06/01/2013

Mini Fic - I Gotta Get Over You ( Parte 1 )




Capítulo 1 

Quando
 Demetria entrou no apartamento, suas amigas a esperavam ansiosamente, com expressões não muito boas em seus rostos. 
-
 Demi, é melhor você sentar... – sugeriu Selena. 
- Anh? Por que? Aconteceu alguma coisa? –
 Demetria perguntou sem em entender nada e obedecendo a amiga. 
-
 Demi, er... Primeiramente, eu quero que você saiba que a gente vai tá sempre aqui, certo? Para o que você precisar... – Miley falou, sentando do lado da amiga e segurando sua mão. 
- Ai
 Miley! O que foi?! Vocês estão me assustando! 
- Tá... Vou falar de uma vez, certo?
 
Quando
 Demetria concordou, Miley continuou: 
- O
 Joe 'tá namorando. 
Quando as quatro palavras soaram e invadiram a mente de
 Demetria, ela sentiu o velho e horrível calafrio que ela sentia toda vez que as antigas lembranças de seu namoro desmoronado com Joe passavam como um filme melancólico na sua mente. Precisava sair dali, ela precisava ficar só e talvez... Só caminhar no frio um pouco. 
-
 Demi? Você tá bem? – Danielle perguntou preocupada, quando viu que sua amiga estava pálida. 
Demetria acordou do transe e se deparou com suas três amigas olhando para ela cautelosamente.
 
- Anh? Ah... Tô sim... Eu só preciso sair... –
 Demetria falou atordoada, indo em direção a porta e pegando o seu casaco no cabide. 
-
 Demi! Não, é melhor você ficar aqui. Vem, te faço uma chocolate quente – Miley falou chamando a amiga com um pouco de preocupação na voz. 
- Não
 Mi, eu preciso mesmo dar uma volta... 
- Então eu vou com você!
 
- Só!
 Mi... Eu quero ir só! Por favor... 
- Tá... –
 Miley suspirou. – Mas qualquer coisa, liga! 
Demetria balançou a cabeça e saiu pela porta, fechando-a atrás de si. Foi em direção ao elevador e apertou o botão. Estava demorando muito... Olhou para o painel em cima e viu que já estava subindo. Ela estava se segurando ao máximo para as lágrimas não caírem; não podia acreditar que
 Joe estava namorando, isso queria dizer que ele a havia esquecido. 
- Oi –
 Demetria foi interrompida com seus pensamentos quando ouviu uma voz um pouco falha e conhecida. Levantou os olhos e se deparou com um par de olhos azuis, a encarando de um jeito triste. Demetria parou de respirar por alguns segundos quando percebeu que o garoto de cabelos bagunçados à sua frente que esperava por uma resposta, era Joe. 
- Ah... É, oi! –
 Demetria respondeu com um sorriso fraco. 
- Você... Vai sair?
 
- Ah é, vou sim, e tô meio apressada –
 Demetria respondeu com outro sorriso fraco, tentando esconder suas lágrimas que lutavam para cair. 
Joe balançou a cabeça em sinal positivo e saiu do caminho, deixando a garota ir embora no elevador.
 
Quando a porta do elevador fechou,
 Demetria respirou fundo, aliviada por estar sozinha em um elevador sem câmeras e desabou em lágrimas. O fato de ela ter encontrado com ele só tinha piorado tudo. Ela não podia negar de jeito nenhum, ainda sentia algo por ele, algo muito forte. 
A porta do elevador abriu e
 Demetria atravessou o saguão do condomínio rapidamente, antes que Nilton, o porteiro, pudesse perguntar o que havia de errado. Quando passou pela porta e sentiu o vento frio do outono de Londres cortando o seu rosto, Demetria respirou fundo, colocou as mãos nos bolsos de seu casaco e começou a andar. Enquanto andava, as lembranças de como ela e Joe tinham terminado voltavam à sua mente. 

Flashback on: 

- Não,
 Joe! Eu já falei pra você! Não posso sair hoje à noite! Eu tenho prazo pra entregar essas fotos! Ainda nem editei a metade! – Demetria falou quase berrando. 
- Você só dá atenção ao seu trabalho agora! A gente não sai há uma semana! –Joe argumentou gritando mais alto ainda.
 
- Caramba,
 Joseph! AH! Você é muito teimoso! Você me estressa muito! 
- É verdade
 Demi, você não tem mais tempo pra mim... Tem tempo pro Josh... Mas não pra mim... – Joe falou mais baixo e com uma voz triste. 
- Ah,
 Joe! Não começa tá?! 
- Não começa?! Você sabe que é verdade! –
 Joe voltou a gritar. 
-
 Joe! Eu só almocei com ele duas vezes! – Demetria gritou enfatizando o “duas”. – Ele é meu amigo de infância, caramba! 
- Então, você tem mais tempo pro seu “amigo” do que pra mim! –
 Joe falou fazendo aspas no ar na palavra “amigo”. 
Demetria não agüentou e começou a chorar de ódio e de indignação ao mesmo tempo.
 
- Caramba,
 Joe... Você não entende mesmo né? – Demetria falou entre soluços. 
- Não,
 Demi... Não te entendo... – Joe falou com os olhos cheios de lágrimas. 
- Não dá
 Joe, não quero continuar assim. 
- Então é melhor não continuar! –
 Joe gritou com ódio. 
- Ótimo!
 
- Ótimo! –
 Joe gritou de volta e saiu batendo a porta com toda a sua força atrás de si. Demetria se encostou à parede e escorregou até cair no chão, colocou seu rosto nos joelhos e chorou. 

Flashback off. 

Demetria afastou um pouco essas lembranças ruins da sua mente e piscou os olhos para as lágrimas que embaçavam a sua visão rolassem pelo seu rosto. Foi quando ela se viu em um lugar escuro, talvez só tivessem dois ou três postes acesos, ela conhecia aquele lugar... Era a pracinha que ela e
 Joe costumavam passear juntos; mas agora estava estranha e escura... Não era pra menos, tinham se passado dois anos depois que eles terminaram, provavelmente, a praça teria sido abandonada. Ela suspirou e foi se sentar em um banquinho, se encolhendo do frio, quando as lembranças voltaram... 

Flashback on: 

Joe desceu até o estacionamento e pegou o seu carro. Dirigiu até o pub mais próximo e tomou muitas cervejas; para ele, esse seria o melhor jeito de dormir aquela noite. Ele não podia suportar viver sem
 Demetria, nem um segundo. Foi quando uma loira se aproximou e começou a dar em cima dele. No começo ele ignorou-a, mas ela continuou insistindo, e como ele já não sabia o que tava fazendo, cedeu. 

Demetria abriu a porta do apartamento de
 Joe com a sua cópia da chave. Queria fazer uma surpresa para ele, queria pedir desculpas pela noite passada e tentar reatar. Eles já haviam brigado muitas vezes e sempre voltavam, não seria dessa vez que a briga duraria pra sempre. Ela entrou pelo corredor quando viu lingeries e roupas femininas jogadas pelo apartamento, e o pior: não eram dela. Ela já sabia o que ia encontrar se abrisse a porta do quarto de Joe, mas por um impulso involuntário ela girou a maçaneta, e quando abriu a porta, se deparou com a cena que ela mais temia: Joe estava dormindo ao lado de uma loira desconhecida.Demetria piscou os olhos para ver se era só ilusão, se era um pesadelo, mas para desespero dela, era totalmente real. Sem saber o que fazer, Demetria deu uma meia volta brusca e acabou esbarrando em um jarro com uma planta, que ela tinha dado de natal para Joe e que ficava no corredor; o jarro caiu no chão se partindo em mil pedaços e fazendo um enorme barulho que acordou Joe, mas não a tal loira. Demetria saiu correndo, e sem perceber, deixou sua chave cair no chão, ela só queria fugir dali e se enfiar dentro de algum cobertor e ficar lá, se deprimindo. 

Joe se levantou rápido com o susto e notou que sua cabeça estava doendo muito, foi cambaleando até alcançar o corredor e viu uma coisa grande e colorida no chão, era o chaveiro de
 Demetria, um dado de pelúcia enorme que tinha seis cores, foi andando pra poder pegá-lo quando pisou em um monte de terra, era do jarro quebrado no chão. Joe esfregou os olhos e achou aquilo tudo muito estranho, ele se lembrou que tinha tido um pesadelo muito horrível ontem, onde ele e Demetria terminavam com uma briga feia e ele tomava um porre e dormia com uma garota que havia conhecido no bar. Voltou ao quarto e viu uma loira estranha na sua cama, o que ela tava fazendo ali? Foi quando ele juntou todas as peças: ele tinha mesmo acabado com Demetria, não foi só um pesadelo. Deu um soco na parede com muita raiva, e foi se vestir rapidamente para poder procurar Demetria que, pra sua sorte, morava no mesmo condomínio que ele e no mesmo andar. 

Demetria entrou correndo pelo apartamento e se trancou no quarto. Seus amigos
 Miley, Nicholas, Selena, Brian, Danielle e Kevin, que estavam assistindo a um filme, levaram um susto e todos correram para tentar falar com ela. 
-
 Demi, você tá bem? O que houve? – Miley perguntou preocupada esperando uma resposta, mas tudo que ela ouvia era o choro de sua amiga, vindo de dentro do quarto. 
-
 Demetria! A gente quer falar com você! – Kevin disse, também preocupado. 
- Não quero falar com ninguém! –
 Demetria gritou de dentro do quarto. Foi quando Joe entrou pela porta do apartamento que estava aberta. 
- Cadê ela? –
 Joe perguntou. 
- O que você fez dude?! –
 Brian perguntou semi-cerrando os olhos. Joe suspirou e se sentou no chão, com os olhos cheios de lágrimas, contou toda a história, recebendo muitos esporros dos seus amigos. 
- É melhor você ir pra casa
 Joe, a gente vai com você e as meninas ficam aqui com Demetria – Nicholas disse sério. 
- Mas eu preciso falar com ela! –
 Joe falou entre soluços. 
- Precisa sim, mas não vai falar agora! Você fez uma idiotice, e vai esperar até ela se recompor –
 Nicholas falou mais sério ainda. Joe se convenceu de que isso era o certo e foi embora com Brian, Kevin e Nicholas. As meninas se despediram deles e foram consolar Demetria. 

Flashback off. 

Depois disso,
 Joe e Demetria nunca mais se falaram direito, ninguém tocou mais nesse assunto e todos conseguiram sobreviver a isso por dois longos anos. Agora tudo estava desmoronando de novo, com a mais nova e misteriosa namorada do Joe. Quem seria ela? Talvez fosse aquela tal de Amanda, que Joe tinha conhecido na festa de aniversário da Tia Jennifer, mãe do Nicholas. Demetria derramou mais litros de lágrimas ao se lembrar de tudo isso. Foi quando sentiu um movimento ao seu lado, um garoto de cabelos escuros e olhos castanhos havia se acomodado ali, era Josh, sem pensar duas vezes, Demetria deitou no seu ombro e chorou mais ainda, mas quando Josh a abraçou, Demetria sentiu aquele perfume maravilhoso dele que a confortou mais e, finalmente, parou de chorar. 
- A
 Mi me contou o que aconteceu, Demi... – Josh falou com sua voz calma. – Vai ficar tudo bem, tá? Eu to aqui com você. Vem, vou te levar pra casa. 



By : Hannah Agnes

---------------------------------------------------------------------------------


Espero que gostem ^^ 

Hoje é meu niver \o/  ... 18 anossssssss !!! estou muito feliz =)) 

e com saudades de vcs ^^ 

comentem =)) 



~5 comentários para o próximo ~



9 comentários:

  1. josh otario! sei que deveria cupar o joe e tals, mas na minha visão é cupa do josh, demi tem que almoça com o namorado dela não com um amiginho! ta perfeito posta logo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hey andy posta logo em lol em thogether por favor

      Excluir
  2. feliz aniversário ~
    posta logo lindo perfeito

    ResponderExcluir
  3. Primeiro Parabéns e segundo amei e espero que eles se entendam.

    ResponderExcluir
  4. Parabens, Feliz aniversario e tudo de bom pra vc ! Adorei o capitulo ta otimo ! vc andou sumida hein :/ posta logo ! bjs...

    ResponderExcluir
  5. 1.º Feliz aniversario
    2.º o capitulo esta perfeito
    Posta logo
    beijos

    ResponderExcluir
  6. parabéns bebê,que deus te ilumine e que você continue sempre assim.
    tá perfeitooo essa mini fic,to doida para saber quem foi a vadia,que o joe ficou.
    posta logoooooo.
    beijos.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns, tudo de bommmmm!
    Eu sei q tu n deve tá acostumada a me ver comentar, mas é porque eu leio pelo celular nesses últimos tempos. u.u
    Tá tipo PERFEITO demais, amei sério. Só que eu preciso da 2 parte u.u hdndkcndkmfp.
    Posta logo, viu?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. cap lindo amr *-* suas fic's são ótimas =D
    fa um favor? divulga pra mim ? http://jemiforlife.blogspot.com.br/2013/01/capitulo-2.html Obrigada =)

    ResponderExcluir

Sem comentários ........... sem capítulos!