01/09/2012

Capitulo 26 (Epílogo)





Uma semana depois, foi a cerimônia de premiação. Aquela em que eu recebi minha
medalha presidencial. Sabe como é, de honra, e tudo o mais.
Eu não fui vestida de preto. Eu nem tive vontade de me vestir de preto. Eu não
estava dando a mínima para a minha roupa. Quando a gente está apaixonada, as
coisas são assim. Você nem liga para as coisas como roupas, porque só consegue
pensar no objeto da sua afeição.

Bom, a não ser que você seja a Dallas.

Mas apesar de eu não dar a mínima para a minha roupa, a minha mãe, a Helena e a
Dallas se asseguraram de que eu ficasse bonita. Vestiram em mim um outro terninho
(dessa vez, azul-claro). Mais tarde, depois da cerimônia de premiação, quando
estávamos todos comendo bolo no Salão da Prataria Dourada, o Joseph disse que a
cor combinava com os meus olhos.

Mas, bom, a cerimônia de premiação, como prometido, foi em frente à árvore de
Natal oficial da Casa Branca, no Salão Azul. Foi superbonita, com toda aquela
decoração, aquelas luzes e tudo o mais.

E também foi muito séria. Todo mundo importante estava lá, inclusive um monte de
coronéis de uniforme, senadores de terno, a minha família, a Helena, a Selena
e a família dela, a Candace Wu, o Logan, o Pete e a Sophia McDylan, a quem eu tinha
feito um convite especial.

O presidente fez um discurso falando de mim, e eu me senti superpatriótica. Foi
assim: “Demetria Lovato, eu lhe concedo esta medalha por sua coragem extrema
frente ao perigo pessoal...” blablablá. Na verdade, foi meio difícil prestar atenção
naquilo, porque o Joseph estava bem ali, do lado do pai, totalmente fofo.
Não dá para acreditar que houve um tempo em que eu achava que o Joseph ficava
com cara de CDF quando colocava gravata. Agora, quando o vejo com essa peça de
roupa, o frisson toma conta de mim. Bom, mas isso acontece quando eu o vejo
vestindo qualquer coisa, para falar a verdade.

Mas, bom, depois que recebi minha medalha (que era de ouro puro e maciço,
pendurada em uma fita de veludo vermelho), todo mundo aplaudiu, e precisamos
posar para mais ou menos um milhão de fotos, enquanto todas as outras pessoas já
iam se servindo de bolo. O Joseph, em vez de ir lá pegar o bolo dele, esperou por
mim e, quando as fotos terminaram, ele se aproximou e me deu um beijo na
bochecha. Um fotógrafo tirou uma foto daquilo também, mas não ficamos
envergonhados nem nada. Isso porquê, na semana anterior, nós tínhamos nos
beijado muito... e não só na bochecha, além do mais.

E deixa eu falar uma cosia: beijar é legal... e nem preciso dizer que isso era algo
com que, até àquela altura, eu não tinha tido muita experiência.

Mas bom, quando nos juntamos ao resto das pessoas para comer bolo, eu dei uma
circulada, tentando fazer com que os núcleos diferentes de pessoas que eu tinha
convidado se sentissem à vontade uns com os outros. Tipo, eu apresentei a Sophia McDylan e o namorado dela aos pais da Selena, e o Joseph apresentou o Logan e a
Dallas ao procurador-geral da República e à mulher dele e assim por diante.

E daí, quando todo mundo estava lá, trocando apertos de mão e dizendo como
estavam se divertindo e tudo o mais, o Joseph veio até mim com um daqueles
sorrisinhos secretos dele e cochichou no meu ouvido:

-Quero mostrar uma coisa.

Cochichei de volta:

-Tá.

Segui o Joseph até a sala no fim do corredor onde tínhamos comigo hambúrguer
juntos a primeira vez, que dava para o gramado de trás da Casa Branca.

E lá, no parapeito da janela onde ele tinha escrito meu nome, vi que tinha colocado
mais uma coisa. Um sinal de mais.

Então, tinha ficado assim:

Joseph
+
Demi

Que, se você pensar bem, não é assim um jeito tão mau de deixar sua marca na
história.

As dez principais razões por que eu fico contente por não ser, na verdade, a Gwen Stefani:

10. Eu não preciso fazer turnê. Posso ficar em casa com o meu cachorro. Além
disso, também posso ver meu namorado sempre que quiser... bom, até o limite de 11
da noite no fim de semana, dez da noite nos dias de semana e enquanto as minhas
notas de alemão forem boas.

9. Entre a escola, as aulas de desenho, minhas funções como embaixadora teen na
ONU e a minha vida social, não tenho muito tempo para ficar pensando no meu
guarda-roupa. Vestir-se de maneira singular, na verdade, é algo que exige muita
responsabilidade.

8. Não acho que cantar e compor música possa ser, nem de perto, tão
criativamente gratificante quanto desenhar um ovo excelente mesmo.

7. A Gwen precisa dar um monte de entrevistas, uma coisa com a qual eu me
identifico muito em minha posição de embaixadora teen na ONU. Mas a Gwen é
entrevistada por mais revistas de adolescentes bobas, que tipo ficam falando da
roupa que você estava usando durante a entrevista. Eu sou entrevistada por
publicações sérias como a revista do jornal The New York Times, que não dão a
mínima para esse tipo de coisa.

6. A Gwen usa um monte de roupas que deixam a barriga de fora; A minha barriga
não é o meu ponto forte. Ainda bem que meu pai disse que, se algum dia me pegasse
com a barriga de fora, ele me forçaria a trabalhar no escritório dele durante as
férias, em vez de me deixar desenhar ovos e ossadas de vaca o verão todo no
ateliê da Sophia McDylan.

5. De acordo com a Helena, cuja irmã é esteticista licenciada, se eu tingisse meu
cabelo tanto quanto a Gwen, ia ficar careca.

4. A Gwen precisa ficar o dia inteiro, todos os dias, com aqueles caras bagunceiros
da banda dela. Os únicos caras com quem eu passo meu tempo são meu namorado, o
namorado da minha irmã e o namorado da minha melhor amiga... e nenhum deles, até
hoje, demonstrou qualquer interesse em tocar bateria sem roupa nenhuma, que, se
você que saber a minha opinião, me deixaria completamente envergonhada.
Mas também, acho que todo mundo precisa se sacrificar pela arte.

3. A Gwen pode não estar ciente deste pequeno fato, pouco conhecido: os CDFs são
os melhores namorados. Parece surpreendente, mas é verdade. Sabe aqueles
sorrisinhos do Joseph, aqueles secretos, que ele sempre parecia dar? Ele diz que
aqueles sorrisinhos são por causa de mim. Porque, ele completou, nunca achou que
fosse conhecer uma garota tão legal quanto eu.

Além disso, existem muitas vantagens quando os seus pais gostam mesmo do cara
com quem você está saindo.

2. A irmã da Gwen, apesar de provavelmente ser legal e tal, não é, com certeza, tão
bacana quanto a Dallas que, apesar de às vezes ser um pé, na verdade é bem
boazinha todo o resto do tempo. Tipo assim, ela estava a fim de terminar com o
namorado por causa de mim. E isso significa alguma coisa.

E a razão número um por que eu fico contente por não ser a Gwen Stefani:

1. Porque daí eu não ia ser eu.

*******************************************************************

OBRIGADA A TODOS QUE ACOMPANHARAM A FIC ... VOCÊS FORAM ÓTIMASSS

ESSA FOI A PRIMEIRA FICQ EU POSTEI COMPLETA NESSE BLOG ... E ESTOU MUITO FELIZ POR ISSO ^^ 

AMO VOCÊS 

COM CARINHO .. JUH *-*

FANFIC ADAPTADA DO LIVRO DE MEG CABOT

Respostas do Capitulo 25 (ÚLTIMO)

6 comentários:

  1. Ameiii..
    Tipo,muuito perfeitooo..
    Own't...
    To louca pra outra fic..
    Beijinhoos

    ResponderExcluir
  2. awn!
    Primeira fic,parabens!*-*
    to louca pra proxima,quando vai ser?

    Humor:feliz!:)

    ResponderExcluir
  3. Caraaaaaa que lindo adorei a fic serio msm *ooooo* primeira fic,só to esperando pelas outras ;) parabéns flor!

    Beijonas ;)

    ResponderExcluir
  4. cap perfeito...fim explendido...qru a segunda temporada

    bjo bjo e posta logo

    ResponderExcluir
  5. eu sei lá o que falar eu to sem palavras. eu chorei. EU AMEI TUDO ATÉ AQUI SÉRIO! OBRIGADA! KK <3

    ResponderExcluir

Sem comentários ........... sem capítulos!