29/07/2012

Capitulo 16






-Ele aceitou!

Foi assim que Selena me cumprimentou na quinta-feira de manhã, na escola. Eu
tinha acabado de precisar abrir caminho através de uma multidão de cem
repórteres para ir do carro até a entrada da John Adams, de modo que, é preciso
admitir, meus ouvidos ainda estavam meio que apitando por causa de tanta gritaria
("Demetria, o que você acha da situação no Oriente Médio?", "Coca ou Pepsi,
Demetria?", etc.). Mas eu estava bem certa de que a Selena tinha dito aquilo
mesmo.

-Quem aceitou o quê? - perguntei quando ela começou a me acompanhar até o meu
armário.

-O Paul! - a Selena ficou meio ofendida por eu não ter lembrado. - Da Igreja! Ou
do Fliperama Beltway. Mas tudo bem, não faz mal. O negócio é que eu o convidei
para sair e ele aceitou!

-Uau, Sel - respondi. - Muito bem!

Só que eu não falei de coração. Bom, sim e não. E não foi nada muito legal da minha
parte, acho, e eu nunca teria coragem de dizer isso em voz alta, nem nada assim.
Mas a verdade era que, por mais feliz que eu estivesse pelo fato de a Selena ter
marcado um encontro com um cara, eu me sentia meio estranha em relação à coisa
toda. Tipo assim, aquilo que ela fizera (ligar para um cara e convidá-lo para sair)
parecia, para mim, muito mais corajoso do que o que eu tinha feito (tipo assim,
evitar que um cara assassinasse o presidente). Tudo que eu tinha arriscado era a
minha vida... que, se eu tivesse perdido, não seria lá grande coisa porque, sabe como
é, eu estaria morta e nem saberia do que aconteceu.

A Selena tinha arriscado muito mais do que eu: o próprio orgulho.
A verdade era que eu provavelmente nunca ia ter peito para convidar o cara dos
meus sonhos para sair. Tipo assim, para começar ele era namorado da minha irmã.
Além do mais, bom, e se ele não aceitasse?

-Tudo bem se eu falar para a minha mãe que vou dormir na sua casa? - Selena
quis saber. - Tipo assim, eu sei que eles gostam do Paul, tipo assim, minha mãe e
meu pai, mas eles acha, que 15 anos não é a idade certa para começar a sair com
garotos.

-Claro - respondi. - Depois que vocês terminarem o programa, você pode ir lá para
casa. E se você quiser alguma roupa emprestada... sabe como é, se você achar que
não tem nada legal no armário... passa lá antes de sair e a gente deixa a Dallas dar
um jeito no seu visual. Você sabe que ela adora fazer essas coisas.
O rosto da Selena brilhava. Nunca a vi tão feliz. Foi bem legal. Tipo assim,
apesar de eu estar com inveja e tal, não podia evitar estar feliz por ela.

-Ah, Demi, você está falando sério? - Selena gritou. - Seria maravilhoso!

-Vai ser legal. Então, o que é que vocês dois vão fazer? - perguntei. - Tipo assim, na
grande noite.
Selena olhou para mim como se eu fosse caso de internação.

-Nós vamos à festa da Megan, claro - respondeu. - Dãh. Para o que você acha que eu o
convidei?

Àquela altura, eu estava colocando a combinação para abrir o cadeado do meu
armário. Mas quando a Selena falou aquilo (sobre a festa da Megan) os números
(15, minha idade atual; 21, a idade que eu gostaria de ter; e 8, a idade que eu nunca
mais quero ter) sumiram da minha cabeça.

-À festa da Megan? - eu meio que me pendurei no cadeado e fiquei olhando para ela. -
Você vai levar o Paul à festa da Megan?

-Vou - confirmou Selena, ignorando alguém que tinha passado por ali e, ao ver a
saia comprida dela, gritara: "Ei, onde é que é a quadrilha?" -Claro que convidei, Demi - repetiu ela. - A gente vai, não vai? Você e eu e o Paul e o Joseph?

-O quê? - agora eu não tinha esquecido só a combinação do cadeado. Tinha
esquecido o meu horário de aulas, o que tinha comido no café da manhã, tudo.
Estava em estado de choque. - Selena, você está chapada? Eu nunca disse que ia
à festa da Megan. Na verdade, eu me lembro bem de ter dito que não iria bem se o
Larry Wayne Rogers quebrasse os meus dois braços.

O rosto de Selena, que um instante antes estivera brilhando igual a uma moeda
novinha, se contorceu de decepção e (acho que não estou errada ao dizer) de dor.
É, dor de verdade.

-Mas Demi - ela gritou. - Você tem que ir! Eu não posso ir à festa da Megan sem você!
Eu sei que a Megan só me convidou porque achava que você ia...

-É, e a Megan só me convidou porque ela acha que eu ia levar comigo um monte de
repórteres e que ela ia aparecer na TV. Sem contar que ela achou que eu ia levar o
Joseph - não dava para acreditar que a Selena estava tentando me aprontar uma
coisa daquelas. A Selena, minha melhor amiga desde a terceira série! - E eu não
vou fazer nada disso. Porque eu não gosto do Joseph desse jeito. Lembra?

-Demi, não dá para ir sem você -  choramingou. - Tipo assim, se eu aparecer na casa da Megan sem você, o pessoal vai ficar tipo: "O que é que você está fazendo aqui?"

-Bom, você deveria ter pensado nisso antes - respondi, escancarando a porta do
armário (eu finalmente tinha conseguido lembrar a combinação). - Antes de
convidar o Senhor Pontuação Mais Alta em Death Squad para ir com você.

-Death Storm - me corrigiu, com os olhos escuros brilhando. - E eu não
teria nem convidado se achasse que você falou sério quando disse que não ia.

-Eu disse que não ia. Está lembrada? E vê se se liga, a minha mãe e o meu pai
zicaram a festa total. Nem a Dallas tem permissão para ir.

-Eu sei - respondeu Selena. - Mas ela vai de qualquer jeito. Você sabe que ela
vai. Ela vai simplesmente dizer para eles que vai a outro lugar qualquer.

-Mas isso não conserta nada. Além disso, eu ainda estou a perigo por causa daquele
negócio de tirar nota baixa em alemão. Tipo assim, não acho que eles estão pegando
no meu pé totalmente...

-Demi - me interrompeu, com a voz meio esquisita, como se estivesse
entupida. - Você não saca? Por causa do que você fez... ter salvado o presidente
daquele jeito... agora tudo vai ser diferente para nós.

Ela olhou em volta para assegurar-se de que ninguém estava ouvindo, deu um passo
na minha direção e disse, com uma voz baixinha e aflita:

-Nós não precisamos ser rejeitadas. É a nossa chance de sair com os amigos da
Dallas. Finalmente temos a chance de saber o que é ser a Dallas. Você não quer que
isso aconteça, Demi? Você não quer saber como é estar na pele da Dallas?
Olhei para ela como se estivesse louca.

-Sel, você sabe muito bem o que é estar na pele da Dallas - respondi. - É ficar
dando saltos mortais de costas, na chuva, durante jogos de futebol americano; ler
só revistas de moda; e ficar separando os cílios com um alfinete.

Como eu já tinha pegado todos os cadernos de que precisava e tinha guardado meu
casaco, bati a porta do armário e conclui:

-Desculpa, mas tenho coisa melhor para fazer.

-Tá - Ela disse com os olhos tão brilhantes porque, eu afinal percebi, estavam cheios de lágrimas. - Tudo bem. Isso tudo é muito bom para você. Mas e eu, Demi? Tipo assim, a Megan nunca perdeu tempo para descobrir como é na verdade a garota que está dentro dessas roupas idiotas - Selena pegou a saia de florzinha. - Bom, essa é a minha chance, Demi. Minha chance de mostrar a todo mundo que existe uma pessoa de verdade aqui dentro. Essa é a única ver que eles podem prestar um pouco de atenção. Só estou pedindo para você me dar essa chance.

Fiquei olhando para ela. O sinal já tinha tocado, mas eu não me mexi. Eu estava
paralisada.

-Sel - comecei, mais chocada com o que ela tinha dito do que com as lágrimas
que acompanharam o discurso. - Você... tipo assim, você liga mesmo para o que eles
dizem?
Ela ergueu a mão para enxugar as bochechas com um lencinho rendado.

-Ligo - respondeu. - Tá bom? Ligo sim, Demi. Eu não sou igual a você. Eu não sou
corajosa. Eu ligo para o que as pessoas pensam de mim. Está certo? Eu ligo. E só
estou pedindo para você me dar essa chance de...

-Tudo bem - concordei, finalmente.
Selena olhou para mim, piscando os dois olhos cheios de lágrimas:

-O q-q-quê?
-Tudo bem - eu não estava nada feliz com aquilo, mas o que é que eu podia fazer?
Ela era a minha melhor amiga. - Tudo bem, eu vou. Tá certo? Se é tão importante
assim para você, eu vou.
Um sorriso foi se espalhando devagarzinho no rosto da Selena. Os olhos
castanhos dela estavam felizes de novo.

-É mesmo? - disse e deu um pulinho. - É mesmo, Demi? Você está falando sério?

-Estou - respondi. - Tudo bem? Estou falando sério.

-Ahhh! - Ela jogou os dois braços em volta do meu pescoço e me deu um
apertão de alegria. Então se afastou e disse: - Você não vai se arrepender! Você vai
se divertir muito, juro! Tipo assim, o Logan vai estar lá!

E daí saiu correndo pelo corredor, porque estava atrasada para a aula de biologia.
Eu também deveria ter saído correndo, já que estava atrasada para a aula de
alemão. Mas, em vez disso, só fiquei parada ali, pensando no que é que tinha me
metido.
Ainda estava perdida nos meus próprios pensamentos quando entrei no ateliê da
Sophia McDylan naquela tarde, sentei no meu banco e vi o que estava lá me esperando.
Isso porque havia, em cima do meu banco de desenho, um capacete militar escuro,
salpicado de margaridas de corretivo.

-Gostou? - Joseph quis saber. Ele estava dando aquele sorrisinho de novo. E, pela
segunda vez em dois dias, a visão daquele sorriso provocou algo em mim. Parecia
fazer com que meu coração pulasse dentro do peito. Frisson?
Ou será que era o burrito que eu tinha comido no almoço?

-Achei que uma garota como você precisava exatamente disso – Ele disse. - Sabe
como é, já que você está sempre sendo atacada por corvos e assassinos armados.

Não podia ser azia de estômago. Era muita coincidência que o meu coração tivesse
dado aquele pulo esquisito bem na hora que o Joseph sorriu para mim. Algo mais
estava acontecendo. E não era uma coisa de que eu não estava gostando nadinha.
Tentando ignorar o coração disparado, coloquei o capacete. Era grande demais para
mim, mas não fez mal, porque eu tinha muito cabelo para esconder.

-Obrigada - respondi, tentando enxergar por baixo da aba do capacete. Eu estava
emocionada (emocionada mesmo) por ele ter se dado ao trabalho de fazer aquilo.
Era quase tão legal quanto ter o nome gravado em um parapeito de janela na Casa
Branca. - Ficou perfeito.

E tinha ficado perfeito mesmo. Naquele dia, quando o Zac pulou no meu ombro para
interromper meu desenho eu nem liguei, porque dessa vez não me machucou. Na
verdade, ele só ficou parado lá, com uma cara meio atrapalhada, dando umas
bicadas no capacete e soltando uns assobios de interrogação. Daquela vez,
estávamos retratando uma peça de carne crua que a Sophia McDylan tinha trazido do
açougueiro, dizendo que, depois de ter encontrado as cores de um ovo branco na
terça-feira, nosso desafio de hoje era desenhar um objeto que contivesse todas as
cores do arco-íris, mas sem perder o todo de vista.

A turma inteira riu do pássaro, até o Joseph. Ele parecia ser o tipo de cara que não
deixava que nada o incomodasse. Parecia ser o tipo de cara que saberia lidar com
uma centena de Megan Parks.
Que é a única razão que eu consigo encontrar para explicar por que, logo antes de
nos levantarmos para colocar os desenhos na janela na hora da crítica, eu me
inclinei na direção dele e falei bem baixinho (tão baixinho que achei que ele não
seria capaz de me ouvir, com o meu coração batendo tão alto):

-Ei, Joseph. Você quer ir comigo a uma festa no sábado à noite?
Ele pareceu surpreso. Durante uma fração de segundo, achei que ele fosse dizer
não. Mas não foi nada disso que ele fez. Sorriu e disse:

-Claro, por que não?

As dez principais prováveis razões que me fizeram convidar o Joseph para a festa
da Megan Parks no sábado à noite:

10. Loucura total e completa por ter cheirado muita terebintina.

9. Solidariedade à Selena, que parece ter desenvolvido uma espécie de síndrome
de Estocolmo bem séria, já que, aparentemente, tem o desejo de estabelecer
relações exatamente com aquelas pessoas que passaram anos e anos atormentando
tanto que está se arriscando a sofrer a ira dos pais ao fugir de casa para ir a uma
festa, organizada pela líder de todo o complô, com um garoto que mal conhece.

8. Os olhos dele.

7. Como ele foi legal comigo naquela noite na Casa Branca, quando me contou da
Dolley Lovato. Além de me arrumar aquele hambúrguer. Ah, e de ter gravado o
meu nome no peitoril da janela.

6. Como ele estava bonito naquela noite na Casa Branca, com aquele cabelo meio
desarrumado, aqueles cílios compridos e aquelas mãos grandes.

5. Ele sabe desenhar. Sabe mesmo. Não tão bem quanto o Logan, mas quase tão bem
quanto eu. Talvez até melhor do que eu, só que com um estilo diferente. Além
disso, dá para ver que ele gosta mesmo de desenhar, que ele sente a mesma coisa
que eu e o Logan sentimos quando desenhamos, que isso o absorve como faz comigo
e o Logan. A maior parte das pessoas (como a minha irmã Dallas, por exemplo) nunca
se sente assim a respeito de nada.

4. O capacete de margaridas.

3. Como ele tem que ir a todo lugar acompanhado de agentes do Serviço Secreto,
isso significa que haverá adultos na festa, de modo que os meus pais vão ter que
deixar a gente ir.

2. Todo mundo já acha mesmo que estamos ficando.

E a razão número um (e mais provável) por que eu convidei o Joseph para ir à festa
da Megan:

1. Para beixar o Logan com ciúme. Porque era totalmente possível que, se ele me
visse com outro garoto, iria perceber que, se não agisse logo, poderia me perder, e
isso poderia forçá-lo a reconhecer, afinal, os verdadeiros sentimentos que tinha
por mim. Pelo menos, é o que esperava


Continua ...


Volteiiiiiiiiiiiiiiiiii !!! Cheguei ontem de viajem =)) estava cansada e não pude postar !!!!
Como PROMETI para vocês que iria postar hoje , AI ESTÁ !!!

Espero que gostem meus amores =))

Meninas .. se quiserem , deixem seus TWITTER ai nos comentários q eu sigo vcs =)))


Respostas dos Comentários anteriores !!!


NINA HAHA são sim =))) postei =)

Mah Jonas OMG jura que deixou seu livro pra comentar ... Meu Deus ... Obrigado bb !!! Nossa , seu comentário ta quase maior que o Capitulo hahahaha MAS EU AMOOOO , TODOS OS COMETÁRIOS , DE VERDADE !! ME SINTO BEM SABENDO QUE VC TA LENDO E GOSTANDO =))) Te falei que ia postar HOJE , então postei bb =))) Obrigado por todo seu carinho , é muito importante pra mim =)))

Cookie Obrigado fofa =))) espero mesmo que goste , e seja Bem Vinda !!!! 

That´s Just Me Eu tbm acho hahahaha postei =))






12 comentários:

  1. cap perfeito..

    imaginei o capacete na cabeça da demi e o passaro heheheh

    e jemi num encontro na festa?
    perfeito

    bjo bjo e posta logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk muito engraçado mesmo =)) Postei fofa !!

      Excluir
  2. rsrs tadinho do Zack, mas foi engraçado rs
    A Demi não se liga que o amor da vida dela é o Joe? Pra que fazer ciumes no Logan? u_u

    Gente, fiquei surpresa que nem a Demi quando vi a Selena chorar D':

    Posta logo!!!

    Jenny

    ResponderExcluir
  3. ok, respira... PARA DEMETRIA! MAS QUE SACO! O MOTIVO PRINCIPAL DE VOCÊ TER CONVIDADO O JOSEPH FOI PORQUE VOCÊ ESTÁ IN LOVE POR ELE. O SEU CORAÇÃO ACELERA QUANDO ELE SORRI, QUAL É O SEU PROBLEMA. POR FAVOR, CORTA O NÚMERO UM DA LISTA, VOCÊ NÃO ESTÁ QUERENDO PASSAR CIÚMES NO LOGAN. SE VOCÊ QUISER A GENTE ATÉ PODE FAZER UMA LISTA NOVA, EU TE AJUDO E AINDA PODEMOS REAPROVEITAR ALGUMAS COISINHAS:

    As dez principais prováveis razões que te fizeram convidar o Joseph para a festa da Megan Parks no sábado à noite:
    10. ELE É LINDO E PERFEITO.
    9. VOCÊ ESTÁ APAIXONADA POR ELE.
    8. OS OLHOS DELE (ÓTIMA ALTERNATIVA, PEQUENA).
    7. "Como ele foi legal comigo naquela noite na Casa Branca, quando me contou da Dolley Lovato. Além de me arrumar aquele hambúrguer. Ah, e de ter gravado o meu nome no peitoril da janela".
    6. Como ele estava bonito naquela noite na Casa Branca, com aquele cabelo meio desarrumado, aqueles cílios compridos e aquelas mãos grandes".
    5. "Ele sabe desenhar. Sabe mesmo". (SE VOCÊ NÃO TIVESSE COMEÇADO A FALAR DO LOGAN, PODERIA ATÉ SERVIR)
    4. O CAPACETE DE MARGARIDAS. (ELE TE DEU UM PRESENTE *-*)
    3. VOCÊ E ELE "tem que ir a todo lugar acompanhado de agentes do Serviço Secreto".
    2. "Todo mundo já acha mesmo que estamos ficando".
    1. O SORRISO DELE FAZ VOCÊ TER BORBOLETAS NO ESTÔMAGO, OS OLHOS DELE MECHEM COM VOCÊ... E... VOCÊ QUER!

    EU FIZ O COMENTÁRIO EM CAPS LOCK DEMI, VÊ SE PARA DE SER LERDA!

    AMEI O CAPÍTULO
    <3
    XX

    Mah Jonas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a sua LISTA kkkkkkkkkkkkkkk Mas calma amore , jajá a Demi acordar pra vida !!!!
      Postei =)))))

      Excluir
  4. lindo!
    A sua maneira de escrever é algo que eu nunca vi aqui no Blogger.posta logo!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Ta perfeitoo..
    Eu amoo o seu Blog..
    É muito lindoo..
    E eu concordo com a Mah Jonas,a Demi ta muito lerda em relação ao que ta sentindo pelo Joe..
    Então,deixa de ser lerda Demii..
    Posta Logoo amoreee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Mari (Posso te chamar assim ?? kkk ) kkkkkkkk Ela é Lerdatic gente .... kkkkk precisa de mais tempo .. mas ela vai acordar pra vida .. Postei =)))

      Excluir
  6. Awn, eu amei sua fic *---*
    Entrei hoje mas já tou conseguindo acompanhar, e agora tem uma nova seguidora e leitora chata, haha'
    Seus personagens são incríveis, e a história é muito boa de seguir ^^

    Beijos, linda!
    Posta logo ><

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ta gostendo \o/ Vocês não sabem como fico feliz !!!! Chata nada ... vocês são uns amores !!! Seja bem vinda =))) Postei *-*

      Excluir

Sem comentários ........... sem capítulos!